Fernando Alagoa

Fernando Alagoa nasceu em Azeitão e cresceu em contacto com a natureza. Em criança, vagueou pela serra da Arrábida, onde "cada gruta e cada canto [lhe] aguçavam o imaginário". Estudou Direito em Lisboa, mas tem trabalhado em áreas diversas, dedicando-se atualmente ao turismo. Assume sentir-se "incapaz de permanecer muitos anos a fazer o mesmo ou a desenvolver uma carreira para toda a vida numa só área".
Tem preocupações de índole social, tendo, nomeadamente, desenvolvido o projecto «Sesimbra Jovem», com o objectivo de divulgar os trabalhos de mérito que se vão fazendo pelo concelho de Sesimbra, em várias áreas da cultura e do saber.
Começou a escrever aos 47 anos, embora a escrita «sempre tenha existido duma forma imaterial». A propósito do lançamento do seu novo livro "Os Senhores do Universo e a Princesa Demónio" publicado pela Alphabetum, acompanhado da republicação do seu livro anterior "Os Senhores do Universo e o Milagre de Fátima" em edição revista, apresentámos ao autor algumas questões com o objetivo de o dar a conhecer aos nossos leitores.
Agradecemos a sua disponibilidade para satisfazer a nossa curiosidade.

Continuar...

Paulo M. Morais

Revolução Paraíso”, o primeiro romance de Paulo M. Morais, acaba de ser dado à estampa pela mão da Porto Editora. Movidos por esta efeméride, fomos à fala com o autor e quisemos saber o que o levou a escolher este tema para a sua primeira obra, ele que era uma criança na época em que os acontecimentos narrados se situam. Licenciado em Jornalismo, trabalha em imprensa e multimédia, o que terá contribuído para situar a ação do romance numa tipografia entre São Paulo e o Cais do Sodré. Ali se movimentava um conjunto de personagens bem caracterizadas pelo autor que sintetizam o ambiente revolucionário dos primeiros anos do pós-25 de Abril.
Viajante e especialista em gastronomia, o Segredo dos Livros quis também saber até que ponto essa experiência influencia a sua escrita.

Continuar...

Jean M. Auel

A editora Clube do Autor publicou recentemente A Mãe Terra, 6º volume da magistral série Os Filhos da Terra, que a autora Jean M. Auel demorou 30 anos a escrever e foi a obra de uma vida.
Jean Marie Untinen Auel é uma escritora norte-americana, nascida em 1936, em Chicago, no estado do Illinois. Originária de uma família pobre, de imigrantes finlandeses, terminado o curso secundário, casou e foi mãe de cinco filhos. Mas não desistiu de estudar e exerceu diversas profissões para financiar os seus estudos universitários, que concluiu aos quarenta anos de idade. Apaixonada pelos tempos pré-históricos, decidiu então dedicar-se inteiramente à escrita. Após dois anos de pesquisas pormenorizadas, escreveu o livro O Clã do Urso das Cavernas, que foi publicado em 1980 e constituiu um sucesso imediato.

Continuar...

José Miguel Parra Ortiz

Natural de Madrid, José Miguel Parra Ortiz dedica a sua vida ao estudo da civilização egípcia há quase vinte anos. Graças ao insaciável fascínio que nutre pelo Antigo Egipto, são já vários os trabalhos que o autor nos presenteou sobre esta época e cultura. Em Portugal, a Esfera dos Livros não deixou de satisfizer a curiosidade dos leitores, pelo que podemos desde já contar com “A Vida Amorosa No Antigo Egipto”, à venda nas livrarias desde Março de 2010. Depois de uma aventura à descoberta dos segredos que se escondem por detrás desta civilização de elite, José Miguel Parra Ortiz veio a Lisboa para participar no IV Congresso Ibérico de Egiptologia e aproveitou a oportunidade para nos falar mais do seu trabalho numa entrevista exclusiva ao Segredo dos Livros.

Continuar...

Luís Miguel Raposo

Apaixonado pelo mar, conquistou Portugal com a sua primeira obra – marés de inverno -, numa homenagem a toda a magia que envolve o surf, desporto que tem vindo a praticar toda a vida. Através da melancolia e de um estilo de escrita alternativo, lida com a realidade e demais variantes das relações humanas em cada um dos seus três romances já publicados. Embora fã de romances históricos e intrigas policiais, só escreve sobre o que o incomoda e fascina. Nostálgico por natureza, anseia por uma sequela de marés de inverno. Ainda assim, para já, é altura de presentear os já fiéis seguidores com mais um perturbador e extraordinário romance – o teu relâmpago na minha paz. Numa entrevista ao Segredo dos Livros, Luís Miguel Raposo conta o mais que está por detrás do surfista que já conseguiu um lugar de destaque nas prateleiras das livrarias portuguesas.

Continuar...

Últimas Opiniões

  • A Profecia de João XXIII
    O mito da Atlântida tem apaixonado a humanidade desde o tempo de Platão, um filósofo grego que viveu ...
  • 18.06.2017 09:45
  • O Homem Domesticado
    E se os papéis se invertessem e passasse a ser a mulher a mandar? Se o homem fosse inferior à mulher ...
  • 06.06.2017 09:33
  • Convergente
    Convergente foi, até agora, um dos melhores livros que jamais li. O enredo é viciante e nada do ...
  • 26.05.2017 21:01

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"Como um dia alguém me ensinou, os bons amigos são como os livros, nunca partem de vez. Sempre ficam no nosso coração."
Alberto S. Santos, in Para lá de Bagdad