Bem-vindo, Visitante
Username: Password: Memorizar
  • Página:
  • 1

TÓPICO: O cetro do Guardião (ebook gratuito)

O cetro do Guardião (ebook gratuito) há 4 meses 3 dias #87735

  • terduraes
  • terduraes's Avatar
  • DESLIGADO
  • Junior Boarder
  • Escritora e poeta
  • Mensagens: 38
“O cetro do Guardião”, Saga “Os castros”, #2,Teresa Durães
Gratuito https://www.kobo.com/pt/pt/ebook/o-cetro-do-guardiao

“Subitamente ouvi um grito, virei-me e fiquei petrificada, ao longe, a invadir o carreiro que dava acesso ao castro, o mar lambia furioso o caminho, ondas violentas vinham, uma e outra e outra destruindo o que apanhavam pela frente. Comecei a vê-las na minha direção e a fugir vinha Telgio a gritar para mim.
O corvo anão lançou-se no ar e começou a grasnar, Perdida desatou a ladrar e começou a correr em direção do Guardião. Foi nessa altura que consegui reagir e segui a minha cadela o mais depressa que consegui, sem olhar para trás, sem querer ver aquelas ondas gigantes que se aproximavam vindas do outro extremo da praia, do lado errado, sem razão aparente, fugir de uma morte certa, eu que nem sabia nadar. “

Este é o segundo livro da saga "Os castros" tendo sido o primeiro "O encantamento do vento"



OcetrodoGuardio.jpg
"O fantástico não está fora do real, mas no sítio do real que de tão visível não se vê.", Vergílio Ferreira
O adminstrador desactivou a escrita pública.
  • Página:
  • 1
Moderadores: fbeatriz
Time to create page: 0.482 seconds

Últimas Opiniões

  • Autópsia
    Lê-se na contrapaca deste livro que se trata de "uma arrepiante distopia, retrato de uma humanidade náufraga".
  • 21.10.2019 22:21
  • A Recriação do Mundo
    Não é segredo que a Alemanha e a URSS correram contra o tempo e contra os Estados Unidos da América para ...
  • 22.09.2019 13:21
  • Hugo Chávez, o colapso da Venezuela
    Gosto de estar bem informado e não fazer juízos sem conhecimento de causa. O governo da Venezuela tem ...
  • 02.09.2019 14:09

Uma Pequena Palavra...

"Vivemos de palavras. Vamos até à cova com palavras. Submetem-nos, subjugam-nos. Pesam toneladas, têm a espessura de montanhas. São as palavras que nos contêm, são as palavras que nos conduzem."
Raúl Brandão