Bem-vindo, Visitante
Username: Password: Memorizar
  • Página:
  • 1
  • 2
  • 3

TÓPICO: D. Amélia, de Isabel Stilwell

D. Amélia, de Isabel Stilwell há 10 anos 4 meses #9367

  • vibarao
  • vibarao's Avatar
  • DESLIGADO
  • Administrator
  • Mensagens: 6991
  • Thank you received: 61

Integrado nas actividades de lançamento do livro D. Amélia, de Isabel Stilwell, a Esfera dos Livros vai fazer um evento diferente para dar a conhecer a rainha D. Amélia. Este evento consiste numa visita guiada ao Palácio de Belém, local onde D. Amélia viveu depois de ter casado com D. Carlos e será no dia 10 de Abril, às 11h.
Serão premiadas as primeiras 25 respostas certas às perguntas colocadas no site da Esfera dos Livros.
Fique a saber mais sobre esta iniciativa aqui.
Última Edição: há 10 anos 4 meses por vibarao.
O adminstrador desactivou a escrita pública.

Re:D. Amélia, de Isabel Stilwell há 10 anos 4 meses #9477

  • vibarao
  • vibarao's Avatar
  • DESLIGADO
  • Administrator
  • Mensagens: 6991
  • Thank you received: 61
A propósito desta bela iniciativa, veja a carta que Isabel Stilwell escreveu aos leitores e fique a saber como ela foi conhecer esta mulher.

Caro Leitor

Conheci Amélia na costa da Normandia. Enquanto percorria a praia de areia e seixos, banhada por um Atlântico azul escuro, de ondas altas e cheias de espuma, consegui vê-la chegar a França, com quase seis anos, os olhos cheios de curiosidade, o coração a bater a cem à hora. A filha mais velha dos condes de Paris regressava do exílio em Inglaterra, onde nascera.

Dali fui-lhe seguindo os passos, através de uma infância que os historiadores mais tradicionais tendem a esquecer, como se tanto daquilo que somos não fosse resultado da forma como aconteceram os nossos primeiros anos de vida, da forma como fomos ou não fomos amados, dos exemplos que recebemos. A princesa Amélia que chega a Portugal em Maio de 1886, com 20 anos, é já alguém com convicções profundas, valores marcantes, objectivos definidos. Quando eu «chego» com ela a Santa Apolónia, as rosinhas do Castelo d’ Eu entre as páginas dos meus cadernos de apontamentos, os painéis de vitrais de Chantilly reproduzidos a lápis num bloco de notas, a alegria das férias em Cannes nas fotografias a sépia que recolhi, as suas cartas e diários, tantas vezes relidas e sublinhadas, acredito que é pelos seus olhos que vejo o país que a acolhe, o noivo que a espera, os sogros que a recebem, o povo que grita vivas na rua.

E é com ela que continuo pelo Paço de Belém, pelo isolamento do Palácio da Pena, pelos corredores de Vila Viçosa, e é ao seu lado que vivo o nascimento dos príncipes, os seus medos, as suas desilusões, a dor da traição. E é também ao seu lado que admiro a determinação com que persegue os seus objectivos, a dor de perder um filho e a força de continuar a lutar pelo filho que está vivo e que vai ser rei.

Ao contrário do que aconteceu com Filipa, e mesmo com Catarina, no caso de Amélia, os seus papéis, os seus lugares, os seus objectos, as suas fotografias e até a sua roupa existem. Tudo pode ser lido, olhado, visitado, tocado. Aparentemente seria fácil chegar à rainha, mas não é. As divisões entre monárquicos, a implantação da República, e a complexidade do tempo em que viveu permitiram que a sua imagem fosse manipulada ao sabor de quem a pretendia usar para os seus próprios fins. Amélia foi rotulada de beata, perigosa liberal, santa, fria, leal, dominadora, lésbica até, tantos nomes quantas as cabeças que os pensaram. Era tempo de a olhar, sem preconceitos, e descobri-la. Foi isso que procurei fazer. Acredito que Amélia se reconheceria na «minha» Amélia.

Até breve,

Isabel Stilwell
Última Edição: há 10 anos 4 meses por vibarao.
O adminstrador desactivou a escrita pública.

Re:D. Amélia, de Isabel Stilwell há 10 anos 3 meses #10235

  • vibarao
  • vibarao's Avatar
  • DESLIGADO
  • Administrator
  • Mensagens: 6991
  • Thank you received: 61
Vejam a minha reportagem sobre a visita ao Palácio de Belém. Vale a pena ler :)
Leiam aqui.
Aqui fica mais uma foto, onde aparece Isabel Stilwell e o simpático guia do Palácio de Belém que nos acompanhou:
O adminstrador desactivou a escrita pública.

Re:D. Amélia, de Isabel Stilwell há 10 anos 3 meses #10446

  • vibarao
  • vibarao's Avatar
  • DESLIGADO
  • Administrator
  • Mensagens: 6991
  • Thank you received: 61
Amanhã, dia 14 de Abril, Isabel Stilwell fará uma apresentação do seu romance histórico "D. Amélia" na livraria Buchholz, em Lisboa, pelas 18h30. Após a apresentação, a autora estará disponível para responder às questões dos leitores e, certamente, dar autógrafos.
Para quem não sabe, a Buchholz fica na Rua Duque de Palmela, nº 4, ao Marquês de Pombal, a primeira rua paralela à Av. da Liberdade, entre a Rua Braancamp e a Rua Alexandre Herculano.
O adminstrador desactivou a escrita pública.

Re:D. Amélia, de Isabel Stilwell há 10 anos 3 meses #10459

  • Verasopa
  • Verasopa's Avatar
  • DESLIGADO
  • Platinum Boarder
  • Mensagens: 1854
  • Thank you received: 2
Gostaria imenso de ir mas não sei, se me é possível. Ainca assim, gostaria de saber se alguém do site vai estar presente.
Leio:
Mistério na Califórnia" de Elizabeth Adler

lerprazeradquirido.blogspot.com/
Última Edição: há 10 anos 3 meses por Verasopa.
O adminstrador desactivou a escrita pública.

Re:D. Amélia, de Isabel Stilwell há 10 anos 3 meses #10463

  • vibarao
  • vibarao's Avatar
  • DESLIGADO
  • Administrator
  • Mensagens: 6991
  • Thank you received: 61
Verasopa escreveu:
Gostaria imenso de ir mas não sei, se me é possível. Ainca assim, gostaria de saber se alguém do site vai estar presente.
Eu espero passar por lá.
O adminstrador desactivou a escrita pública.
  • Página:
  • 1
  • 2
  • 3
Moderadores: fbeatriz
Time to create page: 0.519 seconds

Uma Pequena Palavra...

"Não ler, pensei, era como fechar os olhos, fechar os ouvidos, perder sentidos. As pessoas que não liam não tinham sentidos. Andavam como sem ver, sem ouvir, sem falar."
Valter Hugo Mãe in Desumanização