Bem-vindo, Visitante
Username: Password: Memorizar
  • Página:
  • 1

TÓPICO: A Luz da Princesa - Saga Os 5 Elementos

A Luz da Princesa - Saga Os 5 Elementos há 4 anos 1 semana #87350

  • CarinaSapateiro
  • CarinaSapateiro's Avatar
  • DESLIGADO
  • Fresh Boarder
  • Mensagens: 4
  • Thank you received: 1
Boa tarde!!

No domingo passado foi lançado o meu primeiro livro de género fantástico, podem adquiri-lo contactando-me através da minha página de autora: www.facebook.com/aluzdaprincesa
O valor do livro é de: 15 euros.

Sinopse:

Diz a lenda que uma terrível guerra entre mundos ameaça causar o fim do Universo. Fairyland, o reino das fadas, encontra-se desprotegido devido ao desaparecimento misterioso da rainha. Aos poucos, o rei dos vampiros vai adquirindo mais e mais poder, corrompendo todas as criaturas dos diversos mundos. A jovem princesa Alexia, abandonada no reino dos humanos ainda em bebé, é a única capaz de salvar o Universo e todas as suas criaturas. Para isso, ela vai contar com a ajuda dos cinco cristais mágicos e de todos os aliados que encontrar pelo caminho.

Katherine nunca acreditou em lendas ou histórias mitológicas. Para ela, tudo isso não passavam de invenções sem sentido. Desde pequena que fora educada a acreditar apenas naquilo que era visível aos seus olhos. Porém, de um momento para o outro, a vida dela muda drasticamente e, ela vê-se forçada a enfrentar uma nova realidade. Uma realidade assustadora que, até então, ela desconhecia ser possível. Ninguém é quem ela pensava ser, nem mesmo os seus amigos e familiares. Como tal, Katherine inicia uma busca pela sua verdadeira identidade. Mas estará ela preparada para saber toda a verdade?

Última Edição: há 4 anos 1 semana por CarinaSapateiro.
O adminstrador desactivou a escrita pública.
  • Página:
  • 1
Moderadores: fbeatriz
Time to create page: 0.743 seconds

Uma Pequena Palavra...

“Em geral quando termino um livro encontro-me numa confusão de sentimentos, um misto de alegria, alívio e vaga tristeza. Relendo a obra mais tarde, quase sempre penso: não era bem isto o que queria dizer.”
Érico Veríssimo