A Cidade e as Serras (adaptação juvenil)

Autor: Eça de Queiroz
Género: Juvenil
Coleção: Tesouros da Literatura
Edição: Out/2020
Páginas: 304
ISBN: 9789896687779
Editora: Fábula

 


Uma obra magnífica de Eça de Queirós.

Neste romance é-nos contada a história de Jacinto, um jovem português, oriundo de uma família abastada, que vive em Paris rodeado de todos os luxos, das mais recentes descobertas da ciência e da mais moderna tecnologia.
Tudo à sua volta está abarrotado de Civilização, mas a sua insatisfação e o seu aborrecimento são permanentes. Até que decide ir até Tormes, terra natal dos seus antepassados. Para a viagem da capital francesa até à província portuguesa, são preparadas dezenas de caixotes e malas, mas inesperadamente acaba por chegar sem nada. Este acaso vai permitir-lhe experimentar as coisas simples da vida e é então que ocorre uma mudança profunda: privado das coisas materiais, o seu lado humano floresce e Jacinto torna-se uma pessoa diferente.
Um clássico sempre atual sobre o confronto entre bens materiais e espirituais.
Esta edição apresenta uma cuidada revisão de atualização e uniformização do texto, respeitando o novo acordo ortográfico, e é valorizada pelo prefácio do escritor José Jorge Letria.

«Um belo livro para descobrir Eça de Queirós no final da sua vida. Um romance que, neste tempo confuso, incerto e cada vez mais dividido entre a tecnologia e as coisas simples do quotidiano, mantém intacta a sua atualidade temática, sempre servida por um estilo de escrita único e inultrapassável. Para ler e reler.»
in Prefácio de José Jorge Letria

A Coleção Tesouros da Literatura, da qual este livro faz parte, oferece uma cuidada seleção de obras fundamentais da Literatura Universal, muitas das quais são recomendadas pelas Metas Curriculares de Português e pelo Plano Nacional de Leitura.

Extrato disponível aqui.

Deste autor no Segredos Livros:
A Relíquia
O Crime do Padre Amaro
O Primo Basílio
As Farpas
A Ilustre Casa de Ramires
Adão e Eva no Paraíso Seguido de o Senhor Diabo e Outros Contos
Civilização e Outros Contos (adaptação juvenil)
Os Maias (adaptação juvenil)

Autor – Eça de Queiroz

Autor:

José Maria Eça de Queiroz nasceu a 25 de novembro de 1845 na Póvoa de Varzim. Com 16 anos foi para Coimbra estudar Direito, tendo aí sido amigo de Antero de Quental. Os seus primeiros trabalhos, publicados publicados em fascículos na revista “Gazeta de Portugal”, apareceram como coleção, publicada depois da sua morte, sob o título Prosas Bárbaras. Em 1869 e 1870, Eça de Queirós viajou ao Egito e visitou o canal do Suez que estava a ser construído, o que inspirou diversos dos seus trabalhos, entre os quais o Mistério da Estrada de Sintra, de 1870, e A Relíquia, apenas publicado em 1887. Em 1871 foi um dos participantes das chamadas Conferências do Casino. Mais tarde, foi trabalhar em Leiria como administrador municipal, onde escreveu a sua primeira novela realista da vida portuguesa, O Crime do Padre Amaro, que apareceu em 1875. Eça de Queirós passou os anos mais produtivos de sua vida em Inglaterra, como cônsul de Portugal em Newcastle e em Bristol. Escreveu então alguns dos seus trabalhos mais importantes, como A Capital. As suas obras mais conhecidas, Os Maias e O Mandarim, foram escritas em Bristol e Paris, respetivamente. O seu último livro foi A Ilustre Casa de Ramires, sobre um fidalgo do séc XIX com problemas para se reconciliar com a grandeza de sua linhagem. Foi também o autor da Correspondência de Fradique Mendes e A Capital, obra cuja elaboração foi concluída pelo filho e publicada, postumamente, em 1925. Fradique Mendes, aventureiro fictício imaginado por Eça e Ramalho Ortigão, aparece também no Mistério da Estrada de Sintra.
Faleceu em 1900 em Paris. Os seus trabalhos foram traduzidos em aproximadamente 20 línguas.

0 comentários
0 likes
Anterior: PeríodoSeguinte: Amália, Ditadura e Revolução – Lançamento

Comentar

Siga-nos no Facebook
Facebook Pagelike Widget
Últimos Livros Comentados
Tópicos recentes