Aventuras radicais

FaceBook  Twitter  

  

 

 

Autor: Nuno Caravela
Série: O Bando das Cavernas (Vol. 2)
Edição: Out/2012
Páginas: 128
ISBN: 9789897071072
Editora: Booksmile

 

Este livro, vindo dos confins do tempo em época de férias, está cheio de gargalhadas e de partidas. Tudo por causa de um grupo muito especial de amigos: o Tocha, a Ruby, o Menir, o Kromeleque, o Tzick e o Sabre. Eles são o Bando das Cavernas!
Prepara-te para te divertires com as suas mil e uma peripécias: um dia de surf sem igual numa praia onde vivem um cágado-zorro e um megalodonte; um Natal radical nas nuvens, com vertigens e voos numa rena-lagarto; sustos sem parar no Dia das Bruxas da Pré-História; e uma aventura louca na neve, com a ajuda de um instrutor... Yeti!

 Idade alvo: a partir dos 7 anos

Autor:

Nuno Caravela nasceu em Lisboa a 1 de agosto de 1968. Frequentou o I.A.D.E e o AR.CO. Centro de Arte e Comunicação e iniciou a carreira de autor e ilustrador em 1992. Em paralelo exerceu funções de criativo durante seis anos em agências de publicidade, foi durante sete anos autor e coordenador de edição do projeto «Escola Global - A Tradição na Sala de Aulas», destinado à recuperação de Contos Tradicionais Portugueses. Desde então tem desenvolvido inúmeros projetos na área da literatura infantil, em parceria com algumas das mais conceituadas editoras portuguesas.
O Bando das Cavernas é a coleção de maior sucesso de Nuno Caravela, que soma 250 mil exemplares vendidos em Portugal (em nov/2017).

Saiba mais sobre o autor e a coleção em www.facebook.com/obandodascavernas

Vê aqui o booktrailer:

Comentários  

 
#1 Sebastião Barata 2012-12-21 17:33
Neste segundo volume de "O Bando das Cavernas" continuam as aventuras do Bando, desta vez nas férias. Claro que os mauzões do "Bando dos Que Têm a Mania Que São Bons" vai continuar a tentar sabotar todas as suas iniciativas e tentar colher os louros, mas, mais uma vez, os seus planos vão sair furados.

Gostei ainda mais deste volume do que o anterior. Tem piadas mais engraçadas e a imaginação ainda mais delirante. Por exemplo, a explicação para a expressão idiomática "vem lá de cascos de rolha" é simplesmente deliciosa. As personagens secundárias (tal como no volume anterior) ajudam à boa disposição do leitor, não só pelo seu aspeto, mas até pelo nome. Por exemplo, as renas-lagarto voadoras do Pai Natal são o máximo, para não falar nas formigas-buldog ue-gigantes, no cágado-zorro ou na alforreca-clara-de-ovo.

Uma série recomendável que, espero, continue a ser publicada com regularidade.
 

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • A Ilustre Casa de Ramires
    NOTA: Este comentário contém spoilers (*** não leia se pretender ainda ler o livro ***) Após 2 ou ...
  • 28.06.2020 09:42
  • Imortal (José Rodrigues dos Santos)
    Acabei (finalmente) de ler o mais recente livro de José Rodrigues dos Santos - Imortal que trata de um ...
  • 01.06.2020 23:30
  • O Túmulo do Mestre
    Ótimo livro para se ler num fim de semana! Li-o em duas tardes. Os capítulos não são grandes, pelo ...
  • 19.04.2020 19:03

Últimos Tópicos

    • Frecha Trailer
    • [image] Frecha, Teresa Durães, e-book gratuito para download na loja kobo.com
    • há 1 mês 2 dias
    • Há procura de opiniões
    • Boms dias a todos, Envio um inicio de livro que para aqui tenho já há talvez...
    • há 1 mês 3 semanas
    • o final tem um ritual
    • O meu ritual é uma tortura, mas pra um TOC. Eu tenho que ler o final várias e...
    • há 2 meses 2 dias

Uma Pequena Palavra...

"Quem escreve lembra-me o afogado que desesperado esbraceja para vir à tona. O escritor é isso que faz. Dentro de si, por uma razão qualquer, escasseia o ar. Então, ofegante, arruma o pensamento de acordo com o que as palavras lhe permitem, e assim respira e alivia a sua angústia."
Nuno Lobo Antunes