Carta a El-Rei D. Manuel sobre o Achamento do Brasil

FaceBook  Twitter  

 

 

Autor: Pero Vaz de Caminha
Género: Juvenil
Coleção: Educação Literária
Edição: Ago/2019
Páginas: 80
ISBN: 9789720727473
Editora: Porto Editora

 

 

Já pensaste como seria fascinante para uma pessoa do século XVI entrar numa embarcação e ir conhecer realidades completamente novas? Este livro conta como foi a reação dos portugueses ao encontrar, pela primeira vez, terras brasileiras e os índios que lá viviam!
O talentoso Pero Vaz de Caminha conseguiu aliar, nesta obra, a fiabilidade de um relato histórico, contado na primeira pessoa, a um estilo de escrita verdadeiramente fascinante. Queres saber como foi o primeiro encontro do Capitão Pedro Álvares Cabral com os índios? Ou descobrir como é que estes se vestiam, onde dormiam e como se comportavam? Então não deixes de ler este surpreendente e interessante livro!

A coleção Educação Literária reúne obras de leitura obrigatória e recomendada no Ensino Básico e Ensino Secundário e referenciadas no Plano Nacional de Leitura.

Autor:

Pero Vaz de Caminha, nascido provavelmente na cidade de Porto no ano de 1450, era filho de Vasco Fernandes de Caminha, um cavaleiro do duque de Bragança e herdou de seu pai o ofício de escrivão da corte. Com o intuito de exercitar as suas capacidades para a escrita, ocupou vários cargos de responsabilidade na época como Mestre da Balança da Casa da Moeda, Tesoureiro e Vereador, funções desempenhadas sob o mandato dos Reis D. Afonso V, D. João II e D. Manuel I, o monarca que o enviou para a Índia na qualidade de escrivão da feitoria de Calecute. Por este motivo, embarcou na capitânia do comandante Álvares de Cabral e esteve presente na nau no momento da primeira visão do território atualmente conhecido como Brasil. Como escrivão e membro da tripulação, Pero Vaz de Caminha redigiu uma carta dirigida ao soberano português D. Manuel I, datada de 1 de maio de 1500, na qual testemunhou a descoberta, que possui no original vinte e sete folhas de texto e uma de endereço.
Do Brasil, a armada rumou à Índia e Pero Vaz de Caminha chegou finalmente a Calecute, onde exerceu as suas funções como cronista até morrer em combate contra os muçulmanos nos fins daquele mesmo ano.

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • A Dama do Quimono Branco
    Com este volume, termina a saga do Samurai Negro, constituída por uma trilogia de romances históricos ...
  • 29.07.2019 17:54
  • Crash
    Depois de ter lido "Arranha-Céus" de J. G. Ballard, um romance que me deixou a pensar seriamente nos ...
  • 10.07.2019 22:32
  • Amantes de Buenos Aires
    Amantes de Buenos Aires, o novo romance de Alberto S. Santos, baseia-se numa história real e segue a ...
  • 08.07.2019 16:24

Últimos Tópicos

    • Vídeo de promoção
    • O Cetro do Guardião, Fantasia https://www.youtube.com/watch?v=jyLhvh3HFno...
    • há 3 semanas 1 dia
    • Vídeo de promoção
    • Gratuito https://www.kobo.com/pt/pt/ebook/o-cetro-do-guardiao [...
    • há 3 semanas 1 dia
    • Ebook gratuito
    • "O cetro do Guarião", Teresa Durães, fantasia gratuito aqui "Olhei na...
    • há 3 semanas 2 dias

Uma Pequena Palavra...

"Quem escreve lembra-me o afogado que desesperado esbraceja para vir à tona. O escritor é isso que faz. Dentro de si, por uma razão qualquer, escasseia o ar. Então, ofegante, arruma o pensamento de acordo com o que as palavras lhe permitem, e assim respira e alivia a sua angústia."
Nuno Lobo Antunes