O dia em que o meu bairro ficou de pantanas

FaceBook  Twitter  

  

Autora: Rosário Alçada Araújo
Ilustrador: Afonso Cruz
Coleção: Gramofone
Edição: 2009
Páginas: 32
Consultoria pedagógica: Maria da Conceição Vieira da Silva
Editora: Texto Editores 
Tema gramatical: FAMÍLIAS DE PALAVRAS | PALAVRAS PARÓNIMAS, HOMÓGRAFAS, HOMÓFONAS e HOMÓNIMAS  

 

Um pequeno mal-entendido dá lugar a uma série de episódios hilariantes num bairro que, durante algumas horas, fica de pantanas.
Neste livro, Rosário Alçada Araújo revela tudo o que se passou nesse dia no bairro de um menino de 9 anos, incentivando as crianças, através da leitura do texto, a descobrirem as palavras parónimas, homógrafas, homófonas e homónimas e as famílias de palavras que existem ao longo da história.

No final, as crianças poderão procurar em www.junior.te.pt/gramofone a solução deste desafio.

Autora:

Rosário Alçada Araújo nasceu em Lisboa em 1973. Licenciou-se em Direito na Universidade de Lisboa, mas cedo deixou a vida de jurista, rumo a Londres, onde realizou um mestrado em sociologia da comunicação e frequentou um curso de escrita criativa para crianças. Gosta de histórias e da arte de as contar, tendo feito diversos cursos nesta área. É autora de livros para a infância, tendo a sua primeira obra, A História da Pequena Estrela, sido recomendada para publicação pelo Prémio Branquinho da Fonseca Expresso/ Gulbenkian - 2003. Alguns dos seus livros estão incluídos no Plano Nacional de Leitura. É igualmente editora infanto-juvenil.


Autor:

Além de escritor, Afonso Cruz é também ilustrador, cineasta e músico da banda “The Soaked Lamb”. Nasceu em 1971, na Figueira da Foz, e viria a frequentar mais tarde a Escola António Arroio, em Lisboa, e a Escola Superior de Belas Artes de Lisboa, assim como o Instituto Superior de Artes Plásticas da Madeira e viajar por mais de cinquenta países de todo o mundo. Já conquistou vários prémios: Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco 2010, Prémio Literário Maria Rosa Colaço 2009, Prémio da União Europeia para a Literatura 2012, Prémio Autores 2011 SPA/RTP; Menção Especial do Prémio Nacional de Ilustração 2011, Lista de Honra do IBBY – Internacional Board on Books for Young People, Prémio Ler/Booktailors – Melhor Ilustração Original, Melhor Livro do Ano da Time Out 2012 e foi finalista dos prémios Fernando Namora e Grande Prémio de Romance e Novela APE, conquistou o Prémio Autores para Melhor Ficção Narrativa, atribuído pela SPA em 2014 e o Prémio Literário Fernando Namora, em 2016, pelo romance Flores.

Comentários  

 
#1 Fátima Rodrigues 2009-07-11 14:28
Gostei imenso do livro! As ilustrações estão girissimas, o texto em balões de fala ficam muito apelativos e a página final com a gramática é muito educativa e ajuda os mais esquecidos a relembrarem-se e a rever o tema com os mais pequenos.
 

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • Deixem Passar o Homem Invisível
    Dez anos depois de ter vencido o Grande Prémio de Romance e Novela APE/DGLB 2009, regressa em nova ...
  • 25.03.2020 23:36
  • O Caçador de Brinquedos
    Se gosta de ficção científica, não deixe de ler este livro! João Barreiros é considerado um dos ...
  • 12.03.2020 16:59
  • A Morte do Papa
    Depois de ter lido todos os livros anteriores de Nuno Nepomuceno, este foi o primeiro em que tive ...
  • 24.02.2020 00:22

Últimos Tópicos

    • Frecha
    • - Frecha, toda a magia tem um preço, sabes disso. Tens a certeza que queres...
    • há 6 dias 20 horas
    • Espaço para livros
    • Uma maneira simples e barata é embrulhá-los em rolo autoaderente, daquele que...
    • há 2 meses 4 dias
    • Melhores Livros De Romance
    • Obrigado pela partilha! Diversos desses livros têm nomes diferentes na edição...
    • há 2 meses 5 dias

Uma Pequena Palavra...

"Cada livro, cada volume que vês, tem alma. A alma de quem o escreveu e a alma dos que o leram e viveram e sonharam com ele. Cada vez que um livro muda de mãos, cada vez que alguém desliza o olhar pelas suas páginas, o seu espírito cresce e torna-se forte."
Carlos Ruiz Zafón in A sombra do vento