Os Livros do Rei

FaceBook  Twitter  

 

 

Autor: David Machado
Ilustração: Gonçalo Viana
Género: Infantil
Edição: Mai/2017
Páginas: 32
ISBN: 9789896652364
Editora: Alfaguara

 

 

Os Livros do Rei é um inventário da luz e esperança encerrados nos livros e da lucidez contida no sonho de uma criança. Os Livros do Rei é a história de um jovem príncipe que se vê obrigado a suceder ao seu pai quando este morre no grande terramoto que deitou a cidade abaixo.

O rapaz fica com a importante mas ingrata tarefa de refazer uma cidade do zero. Além de grande leitor (foi graças aos livros que sobreviveu, pois tinha lido uma vez como actuar em caso de terramoto), o príncipe era um grande sonhador e inspirou-se nas histórias que tinha lido para projectar uma cidade onde todos pudessem viver, sobreviver, sonhar e ser felizes. Reuniu as melhores cabeças do reino para «construir casas com telhados da cor dos dias de sol» e «muralhas tão altas que chegassem tão longe quanto a imaginação de crianças».

Idade-alvo: 3 a 6 anos.

Autor:

David Machado é o autor dos contos infantis A Noite dos Animais Inventados (Prémio Branquinho da Fonseca, da Fundação Calouste Gulbenkian e do jornal Expresso), Os Quatro Comandantes da Cama Voadora, Um Homem Verde Num Buraco Muito Fundo, O Tubarão na Banheira (Prémio Autor SPA/RTP 2010 de Melhor Livro Infanto-Juvenil), A Mala Assombrada e Parece Um Pássaro.
Escreveu ainda os romances Índice Médio de FelicidadeDeixem Falar as Pedras (2011) e O Fabuloso Teatro do Gigante (2006) e do livro de contos Histórias Possíveis (2008). Os seus livros estão publicados em Itália, França, Brasil e Marrocos. Os seus contos foram publicados em antologias e revistas literárias em Itália, Alemanha, Noruega, Reino Unido, Islândia, Sérvia e Marrocos.

Autor:

Gonçalo Viana iniciou a sua carreira de ilustrador em 1983, aos oito anos de idade, com a ilustração do seu primeiro livro, O Super Papagaio. Depressa chegou à conclusão de que quando fosse grande queria ser, como lhe chamou na altura, um desenhista. As suas ilustrações são presença assídua em publicações portuguesas e internacionais, no New York Times e na revista HOW. Em 2004, recebeu um Award of Excellence da Society for News Design (SND) e, em 2008, foi premiado com o Grande Prémio Stuart de Desenho de Imprensa. Em 2011, foi incluído na selecção «200 Best Illustrators Worldwide» da revista Lüerzer’s Archive.

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • Pão de Açúcar
    Faz agora em fevereiro catorze anos que se deu um acontecimento que apaixonou o País e deixou os ...
  • 02.02.2020 22:44
  • Budapeste
    Este livro fala de uma profissão que muitos podem considerar ficção, mas é muito real e mais vulgar do ...
  • 18.01.2020 23:22
  • A Luz de Pequim
    Apesar de ter vários livros do autor na estante, ainda não tinha tido a oportunidade de ler qualquer ...
  • 15.01.2020 13:56

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

“Você deve escrever o livro que quer ser escrito. E, se for um livro muito difícil para crescidos, então escreva-o para crianças.” 
Madeleine L’Engle