Eu sou (Vol I e II)

 

 

 

 

Autor: Fernando Cardoso
Páginas: 62 páginas
Editora: PortugalMundo

 

 

Poesia, música e ilustrações numa obra recreativa e didáctica. É sobremaneira um pretexto para falar de 16 profissões.

Continuar...

O Meu Memorial

 

 

 

 

Autor: Fernando Cardoso
Páginas: 127 páginas
Editora: PortugalMundo

 

 

Trata-se de um livro muito especial, porquanto, para além de servir de Diário contém belos poemas e lindas ilustrações sobre os dias internacionais e feriados portugueses mais significativos.

Continuar...

Cantigas para Crianças


Autor:
IGNEZ MAZOLI e LUIZA DA GAMA SANTOS
Editora: PortugalMundo
Capa: Brochada
Páginas: 116 páginas
Formato: 25x16 cm

Cinquenta e duas canções originais, destinadas a crianças da pré – primária e do 1º ciclo do ensino básico e que constituem instrumento útil de trabalho para os professores.

Alunos Inteligentes

 

 

 

 

Autor: Fernando Cardoso
Páginas: 112
Editora: PortugalMundo

 

 

A obra «ALUNOS INTELIGENTES» contém nove textos dramáticos de temática diversificada e de alto valor pedagógico, quase todos com momentos poéticos, estando o elemento lúdico sempre presente.

Continuar...

Bendito Apagão

 

 

 

 

Autor: Fernando Cardoso
Páginas: 112
Editora: PortugalMundo

 

 

«BENDITO APAGÃO» é um texto dramático do maior interesse pedagógico por aflorar, de uma forma lúdica e informativa, o sentir de três distintas gerações que, as mais das vezes, se fecham em seus «casulos» por desconhecerem ser possível um diálogo divertido entre elas.

Continuar...

Últimas Opiniões

  • Crash
    Depois de ter lido "Arranha-Céus" de J. G. Ballard, um romance que me deixou a pensar seriamente nos ...
  • 10.07.2019 22:32
  • Amantes de Buenos Aires
    Amantes de Buenos Aires, o novo romance de Alberto S. Santos, baseia-se numa história real e segue a ...
  • 08.07.2019 16:24
  • 25 de Abril, Corte e Costura
    Este livro é exatamente o que eu esperava dele: uma sucessão de quadros em que se ridiculariza a ...
  • 28.04.2019 21:03

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"Não ler, pensei, era como fechar os olhos, fechar os ouvidos, perder sentidos. As pessoas que não liam não tinham sentidos. Andavam como sem ver, sem ouvir, sem falar."
Valter Hugo Mãe in Desumanização