Portugal contado e cantado a quem só quer ser feliz

FaceBook  Twitter  

 

 

 

Autores: José Jorge Letria e Tozé Brito
Ilustração: Nuno Alexandre Vieira
Edição: Mai/2013
Páginas: 72
ISBN: 9789896476465
Editora: Areal Editores

 

 

Este livro conta e canta a História de Portugal, falando de personagens, de acontecimentos, de épocas, de heróis e de vilões. É um livro sobre o nosso país e sobre os seus mais de oito séculos de existência, sobre momentos de glória e de derrota. Nele encontrarão alunos, professores e o público em geral um olhar diferente sobre a longa viagem coletiva que fizemos desde a fundação do reino de Portugal no século XII.

O texto de José Jorge Letria, que inclui as letras das canções, e as músicas de Tozé Brito são uma espécie de banda sonora desta espécie de longa-metragem que conta quem somos, de onde viemos e para onde vamos, de forma acessível e motivadora. É um livro sobre o passado mas também sobre o futuro, pois nada termina só porque existe uma crise que nos compromete a soberania nacional. Na verdade, a nossa História recomeça em cada dia que passa, sem deixar nunca de haver lugar para a esperança.

Autor:

José Jorge Letria, nascido em 1951, autor de uma vasta obra literária que começou a ser publicada em livro em 1973, é um dos mais destacados criadores de livros para crianças e jovens em Portugal, com numerosos prémios recebidos. Traduzido para mais de dez idiomas, recebeu dois Grandes Prémios da Associação Portuguesa de Escritores, dois prémios Eça de Queirós - Município de Lisboa, o Prémio Internacional UNESCO, o Prémio Nacional «O Ambiente na Literatura Infantil» (três vezes), o Prémio Aula de Poesia de Barcelona, o Prémio da Associação Paulista de Críticos de Arte e ainda o Prémio da Fundação Nacional do Livro Infantil (Brasil).
Integrou, com José Afonso, Adriano Correia de Oliveira e Manuel Freire, entre outros, o movimento da canção de resistência, tendo sido agraciado em 1997 com a Ordem da Liberdade.
É presidente da Direção e do Conselho de Administração da Sociedade Portuguesa de Autores, presidente do Comité Europeu da Confederação Internacional de Sociedades de Autores e Compositores e membro da Direção do Grupo Europeu de Sociedades de Autores e do Comité Executivo do Writers and Directors Worldwide.

Saiba mais em www.josejorgeletria.net
Autor:

António José Correia de Brito nasceu a 25 de Agosto de 1951 na cidade do Porto. Desde muito cedo que o seu interesse se direcionou para o pop-rock, universo musical que explorou de modo autodidata. Criou ou participou, desde os 16 anos, em diversos agrupamentos musicais, como Grupo 4, Pop Five Music Incorporated, Quarteto 1111, Green Windows e Gemini.
Entre 1972 e 74 residiu em Inglaterra, onde estudou Psicologia e manteve alguma actividade musical. Em 1979, teve início a sua actividade como profissional da indústria musical, na editora Polygram.  A partir de 1990, foi diretor da BMG Ariola, durante oito anos. Criou depois a MAR, empresa de A&R e produção, em parceria com a EMI. Foi ainda Presidente do Conselho de Administração da Universal Portuguesa.
Tozé Brito foi também compositor de música para várias funções, desde teatro de revista, comédias musicais, cinema e televisão. Ao longo de uma carreira que conta já com 40 anos de actividade, as suas canções foram interpretadas por inúmeros cantores e grupos nacionais entre eles as Doce, Adelaide Ferreira, Lúcia Moniz, Marta Plantier, Paulo de Carvalho, José Cid, Quarteto 1111, Carlos do Carmo, Simone de Oliveira, Victor Espadinha, entre muitos outros.
Atualmente é assessor da Administração da SPA (Sociedade Portuguesa de Autores), Consultor da Administração da RTP e sócio fundador da MUV (Movimento de Ideias Criativas), empresa de Produções musicais.
A sua vasta e abrangente experiência fazem de Tózé Brito um dos mais importantes e conceituados profissionais da indústria da música em Portugal.

Visite o sítio do autor www.tozebrito.com

Delicie-se ouvindo o booktrailer:

Comentários  

 
#2 João Teixeira 2014-01-16 20:41
Não há muito a dizer sobre este livro.

Mesmo não tendo textos geniais, o livro cumpre bem a sua função de levar a um público infanto-juvenil as ideias-base da identidade e História de Portugal, desde as origens até aos acontecimentos mais recentes (incluindo nomeadamente a intervenção estrangeira da troika a nível económico e político, num país com quase 900 anos de História).

Aquilo que por acaso até gostaria mais de destacar nesta simples edição é mesmo o CD que acompanha o livro. As músicas são bastantes boas, num estilo pop-rock que não envergonha quem as compôs, nem quem as ouve. Os mais novos irão gostar, com certeza.

Enfim, um livro agradável, não propriamente memorável, mas ainda assim um bom presente para uma criança que goste de História e de música.

7 estrelas em 10
 
 
#1 Sebastião Barata 2013-11-28 10:48
Este é um livro de grande valor pedagógico e didático. E, note-se, adequado a todas as idades. Na minha opinião, a melhor prenda para o seu filho neste Natal. Tem também muito interesse para as escolas, desde o Jardim-escola ao 2º Ciclo do Básico, como material didático para apoio ao ensino da História e desenvolvimento de projetos ligados à cidadania, à música ou artes, em geral.

José Jorge Letria escreveu um texto em forma de diálogo entre pai e filho, no qual fala de personagens e acontecimentos que foram fulcrais na nossa História, uns pela positiva, outros pela negativa. Começa com D. Afonso Henriques e termina no 25 de Abril. Fala dos conquistadores que estruturaram Portugal; fala dos descobridores que levaram Portugal até aos confins da Terra; fala da tragédia de Alcácer-Quibir e da vergonha dos Filipes; fala do terramoto e da reconstrução; fala das guerras liberais e, passando pelo assassínio real, explica a génese da República; mostra o obscurantismo do regime de Salazar, da guerra colonial e da aurora de liberdade do 25 de Abril. Termina com uma mensagem de esperança das crianças para o futuro.

Paralelamente, José Jorge Letria escreveu um lote de canções que Tozé Brito musicou muito bem, como é seu timbre. Cada uma destas canções resume um dos temas tratados no livro. São interpretadas por músicos convidados, entre os quais os autores, e estão reunidas num CD que acompanha o livro. Os géneros musicais são diversificados e todos, crianças e adultos, vão ouvir com muito gosto e aprender com elas.

Tudo muito bem organizado, com boa escrita e música estimulante. E não quero deixar de referir as ilustrações de Nuno Alexandre Vieira, com um traço suave e cores vivas, que são de uma candura e uma beleza cativantes.

Em resumo, uma obra completa que tem todas as condições para ser um êxito de vendas neste Natal.
 

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • A Recriação do Mundo
    Não é segredo que a Alemanha e a URSS correram contra o tempo e contra os Estados Unidos da América para ...
  • 22.09.2019 13:21
  • Hugo Chávez, o colapso da Venezuela
    Gosto de estar bem informado e não fazer juízos sem conhecimento de causa. O governo da Venezuela tem ...
  • 02.09.2019 14:09
  • Autobiografia
    "Autobiografia" , o novo romance de José Luís Peixoto, é o 3º livro que leio deste autor. Os anteriores ...
  • 18.08.2019 17:41

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"Escrever um romance é um strip-tease invertido e todos os romancistas são exibicionistas discretos." Mario Vargas Llosa