Um Sonho de Gigante

Autor: Pedro Sena-Lino
Ilustração:
Sebastião Peixoto
Edição: Jun/2011
Colecção: Bau Das Lendas nº 2
Páginas: 44
ISBN: 9789896282325
Editora: Booklândia (uma chancela QuidNovi)

 

 

“Era uma vez um gigante assim, com dedos como árvores e braços como montanhas.” Nas lendas, os gigantes são seres muito fortes, mas também pouco inteligentes, o que faz com que sejam alvo habitual das maroteiras de um herói esperto. O seu papel é criar paisagens naturais ou transportar penedos para erguer construções colossais. Talvez por isso o arquétipo do gigante ainda se preste à criação de metáforas no imaginário moderno, como o escritor Pedro Sena-Lino nos sugere neste segundo volume da colecção Baú das Lendas.

Pedro Sena-Lino

Pedro Sena-Lino (Lisboa, 1977) é poeta e ficcionista. Cresceu em Paço d’Arcos, à sombra do palácio do Marquês de Pombal. Fundou e dirigiu a Companhia do Eu (2005-2013), uma escola de escrita criativa. Doutorou-se em Literatura Portuguesa do Século XVII na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. É professor assistente na Universidade de Gante (Bélgica) e vive em Bruxelas. Está a trabalhar no seu terceiro romance e numa segunda biografia de uma personagem portuguesa do século XVIII. Ainda escreve cartas.

Autor – Sebastião Peixoto

Autor:

Sebastião Peixoto nasceu em Braga, em 1972. É licenciado em Artes Plásticas – Pintura, pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Tem colaborado com várias editoras na ilustração de livros infantis, como O Avião Saltitão e O Chapéu Telepático, de Bénédicte Houart; O Homem da Nuvem Escura, de Inês Vinagre; Um Sonho de Gigante e A Árvore que não Sabia Sentir, de Pedro Sena-Lino; Quando eu for …Grande, de Maria Inês Almeida, A Lagarta Serafina, de Palmira Martins; O Palhaço Avaria, de Pedro Seromenho, entre muitos outros.
Além dos livros infantis (e outros, como Histórias Amorais para Crianças e Animais, de João Diogo Zagalo) tem publicado ilustrações na Revista Umbigo e na CRU. Tem realizado várias exposições dos seus desenhos e pinturas, sendo as mais
recentes as coletivas Sabichão, na Galeria Dama Aflita (Porto); Tornado, na Biblioteca Rocha Peixoto (Póvoa de Varzim); no GNRation (Braga) e What the hell is Bootsbau, na Galeria Bootsbau (em Berlim). É autor de dois blogues: Brufen 600 e Ritalina, este segundo dedicado aos trabalhos de ilustração infantil.

1 comentários
0 likes
Anterior: Histórias do Trasgo RasgoSeguinte: Jardim de Alfazema

Comentários

  • Fátima Rodrigues

    Julho 27, 2011 às 12:35
    Responder

    Eu e o meu filho de 2 anos adoramos este livro. Porquê? Muitos motivos: ele adora as ilustrações e os gigantes que fazem tantas coisas grandes! Eu, porque cria uma fábula, onde inclui elementos geológicos reais, como é o caso das Berlengas terem a mesma constituição geológica da Serra da Estrela, ou do grande lago que seria o Tejo até desgastar o que é hoje as chamadas "Portas de Ródão" e fluir até à foz actual, entre tantos outros pormenores. Para além disso, tem umas capas resistentes, muito importante para crianças destas idades manusearem. Muito interessante mesmo!

Comentar

Siga-nos no Facebook
Facebook Pagelike Widget
Últimos Livros Comentados
Tópicos recentes