Vinte Fábulas de La Fontaine

FaceBook  Twitter  

 

 

Autor: José Jorge Letria
Ilustração: Cátia Vidinhas
Género: Infantil
Edição: Mar/2018
Páginas: 64
ISBN: 9789897075797
Editora: Fábula

 

 

Vinte fábulas pequeninas para meninos e meninas.
José Jorge Letria reescreveu duas mãos cheias de Fábulas de La Fontaine com o seu estilo bem-humorado e desempoeirado. Conhecidas por muitos e transmitidas pela tradição oral, de geração em geração, estas histórias em que os animais são protagonistas principais desmascaram defeitos humanos de forma subtil e irónica.

Para este livro foram escolhidas algumas das mais famosas fábulas, tais como: A Raposa e a Cegonha, O Velho, O Rapaz e o Burro, A Cigarra e a Formiga, A Lebre e a A Raposa e as Uvas, entre outras.
Cátia Vidinhas deu vida a este universo fantástico, acrescentando beleza e originalidade à obra.
Perfeito para as crianças perceberem e explorarem a musicalidade e plasticidade da língua portuguesa, com muito espaço para a fantasia e a imaginação.

Idade alvo: a partir dos 8 anos.

Primeiras páginas disponíveis aqui.

Deste autor no Segredo dos Livros (só os infantojuvenis):
O Livro das Rimas Traquinas
Bichos do Avesso
Espreita a História de Portugal
Portugal contado e cantado a quem só quer ser feliz
A Minha Primeira República
Vamos a Votos
Galileu à luz de uma Estrela
Era Uma Vez Um Rei Conquistador

Autor:

José Jorge Letria, nascido em 1951, autor de uma vasta obra literária que começou a ser publicada em livro em 1973, é um dos mais destacados criadores de livros para crianças e jovens em Portugal, com numerosos prémios recebidos. Traduzido para mais de dez idiomas, recebeu dois Grandes Prémios da Associação Portuguesa de Escritores, dois prémios Eça de Queirós - Município de Lisboa, o Prémio Internacional UNESCO, o Prémio Nacional «O Ambiente na Literatura Infantil» (três vezes), o Prémio Aula de Poesia de Barcelona, o Prémio da Associação Paulista de Críticos de Arte e ainda o Prémio da Fundação Nacional do Livro Infantil (Brasil).
Integrou, com José Afonso, Adriano Correia de Oliveira e Manuel Freire, entre outros, o movimento da canção de resistência, tendo sido agraciado em 1997 com a Ordem da Liberdade.
É presidente da Direção e do Conselho de Administração da Sociedade Portuguesa de Autores, presidente do Comité Europeu da Confederação Internacional de Sociedades de Autores e Compositores e membro da Direção do Grupo Europeu de Sociedades de Autores e do Comité Executivo do Writers and Directors Worldwide.

Saiba mais em www.josejorgeletria.net

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • Hugo Chávez, o colapso da Venezuela
    Gosto de estar bem informado e não fazer juízos sem conhecimento de causa. O governo da Venezuela tem ...
  • 02.09.2019 14:09
  • Autobiografia
    "Autobiografia" , o novo romance de José Luís Peixoto, é o 3º livro que leio deste autor. Os anteriores ...
  • 18.08.2019 17:41
  • A Dama do Quimono Branco
    Com este volume, termina a saga do Samurai Negro, constituída por uma trilogia de romances históricos ...
  • 29.07.2019 17:54

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"Quem escreve lembra-me o afogado que desesperado esbraceja para vir à tona. O escritor é isso que faz. Dentro de si, por uma razão qualquer, escasseia o ar. Então, ofegante, arruma o pensamento de acordo com o que as palavras lhe permitem, e assim respira e alivia a sua angústia."
Nuno Lobo Antunes