A Dieta Anticancro

 

 

Autora: Magda Roma
Edição: Set/2014
Páginas: 224
ISBN: 9789896682606
Editora: Vogais

 

 

 

Tudo sobre os alimentos que previnem e combatem o cancro.
Magda Roma, nutricionista especializada em alimentação Anticancro, desmistifica neste livro os principais mitos associados às doenças oncológicas, revelando os alimentos que previnem o seu aparecimento e as combatem. Sabia, por exemplo, que a forma como confeciona certos ingredientes pode provocar cancro? E que a ingestão exagerada de açúcar pode acelerar o processo oncológico?

Com informação detalhada sobre cada um dos alimentos anticancro e 40 deliciosas receitas para utilizar no dia a dia, este livro irá permitir-lhe planear as suas refeições e seguir um plano de nutrição infalível que revolucionará a sua vida.
As revelações que apresenta irão surpreendê-lo e mostrar-lhe que as soluções da medicina tradicional devem ser acompanhadas por uma alimentação anticancro. No fim, irá conseguir viver mais e melhor.

  • Conheça os alimentos que aumentam as suas defesas
  • Reduza as probabilidades de desenvolver cancro
  • Fique a par dos números reveladores
  • Conheça histórias reais e inspiradoras
  • Siga o plano de alimentação para ter uma vida saudável

Inclui uma lista de compras destacável para o ajudar na ida ao supermercado.

Autora:

Magda Roma é licenciada em Nutrição e Engenharia Alimentar pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz e pós-graduada em Saúde e Envelhecimento pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.
Fundou a Clínica FEM, em Mafra, que também presta serviços em todo o país através das farmácias, e a empresa Wellmeconcept, que atua em clínicas e ginásios. Juntamente com uma equipa de profissionais de saúde das mais diversas áreas — nutrição, fisioterapia, osteopatia, naturopatia, medicina quântica, medicina tradicional chinesa, entre outras —, a autora dá consultas de nutrição e promove novos regimes e estilos de vida a bem da saúde dos seus pacientes.
Entre outros locais, dá consultas na clínica FEM, em Mafra, na Clínica Rio e na CoreClinic, em Lisboa, e na HaloTorres, em Torres Vedras. Escreve regularmente em revistas e sites da área da saúde e bem-estar, como a Prevenir e o Sapo Saúde.

Saiba mais em www.facebook.com/dietaanticancro.

Veja aqui o booktrailer:

Comentários  

 
#1 Sónia 2014-10-17 21:13
No decurso da doença oncológica da minha Mãe, foram várias as vezes que questionámos o médico que a seguia sobre a alimentação que era mais adequada para ela. À pergunta "Doutor, há alguma coisa que a minha Mãe não deva ingerir?", a resposta era invariavelmente esta "Pode e deve comer de tudo. O que interessa é que coma.". Nada mais falso, como vim a saber posteriormente. O açúcar (o que mais "apetece a doentes oncológicos", por exemplo, é terrível para a propagação de células cancerígenas.

A medicina convencional basicamente trata; as terapias alternativas, além de também tratarem, ajudam a prevenir certas patologias, como a oncológica. Então porque não aliar esforços e trabalhar conjuntamente em prol do paciente? Essa é uma das mensagens que este excelente livro nos transmite. E aqui o enfoque é dado à forma como a alimentação pode ser conduzida, seja na prevenção da doença, seja no decorrer do seu tratamento. Isto sempre aliado à terapêutica indicada pelos médicos que seguem esta patologia.

É de senso comum que tratamentos como a quimioterapia e radioterapia têm efeitos secundários terríveis, além de que não atacam apenas as células malignas. Uma alimentação correcta, além de atenuar esses efeitos secundários, faz com que os "estragos" não vão para além do desejado.

Sustentado por uma ampla e credível bibliografia, este é um livro que deveria ser lido por toda a gente. Por "curiosos", pelos que estão nos grupos de risco, por quem padece de cancro ou, simplesmente, por quem pretende adoptar um estilo de vida mais saudável. E, contrariamente ao que se possa pensar, é escrito numa linguagem acessível e de forma bastante assertiva.

Uma leitura que recomendo em absoluto e que considero de leitura obrigatória!
 

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • Hugo Chávez, o colapso da Venezuela
    Gosto de estar bem informado e não fazer juízos sem conhecimento de causa. O governo da Venezuela tem ...
  • 02.09.2019 14:09
  • Autobiografia
    "Autobiografia" , o novo romance de José Luís Peixoto, é o 3º livro que leio deste autor. Os anteriores ...
  • 18.08.2019 17:41
  • A Dama do Quimono Branco
    Com este volume, termina a saga do Samurai Negro, constituída por uma trilogia de romances históricos ...
  • 29.07.2019 17:54

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"Algumas obras morrem porque nada valem; estas, por morrerem logo, são natimortas. Outras têm o dia breve que lhes confere a sua expressão de um estado de espírito passageiro ou de uma moda da sociedade; morrem na infância. Outras, de maior escopo, coexistem com uma época inteira do país, em cuja língua foram escritas, e, passada essa época, elas também passam; morrem na puberdade da fama e não alcançam mais do que a adolescência na vida perene da glória. Outras ainda, como exprimem coisas fundamentais da mentalidade do seu país, ou da civilização, a que ele pertence, duram tanto quanto dura aquela civilização; essas alcançam a idade adulta da glória universal. Mas outras duram além da civilização, cujos sentimentos expressam. Essas atingem aquela maturidade de vida que é tão mortal como os Deuses, que começam mas não acabam, como acontece com o Tempo."
Fernando Pessoa, in Heróstrato