Ciúme - O medo do abandono provoca a perda

 

 

Autor: Augusto Cury
Género: Psicologia
Edição: Mar/2019
Páginas: 120
ISBN: 9789896874872
Editora: Pergaminho

 

 

 

Durante muito tempo, o ciúme era visto como um sinal de amor, mesmo quando era doentio e causava apenas sofrimento - tanto para quem o sentia como para quem dele era vítima. Chegou a dizer-se: «O ciúme é o tempero da relação.» Mas os tempos mudaram, e hoje sabemos reconhecer que o ciúme não é sinal de uma relação emocionante, mas de uma relação doente. À pessoa que sente ciúme falta uma coisa essencial, algo que a completa e lhe permite ser feliz sem outra pessoa: a autoestima.

Ao longo destas páginas, o psiquiatra e escritor Augusto Cury traz à tona as várias facetas desse sentimento que divide opiniões e ressalta que, embora exista um ciúme sadio - caracterizado pelo desejo de estar próximo de quem se ama -, é ténue a linha que divide o amor ao próximo e a falta de amor-próprio.
A pessoa que sente ciúme abandonou-se a si própria, e por isso procura no outro aquilo que não é capaz de dar a si mesma. Com lições simples como «Tenha um romance com a sua história antes de se relacionar com outra pessoa», «Seja transparente» ou «Não seja um carrasco de si mesmo», o leitor aprenderá a proteger a sua emoção e criar uma relação saudável consigo próprio, em primeiro lugar, e só depois com todos os que o rodeiam. Afinal, o ciúme não está restrito apenas aos casais; pais, filhos, amigos, todos podem ser afetados por esse sentimento que encarcera as relações.

Deste autor no Segredo dos Livros:
O Homem Mais Feliz da História
Maria, a Maior Educadora da História
O Mestre dos Mestres
Gestão da Emoção
Autocontrolo
Petrus Logus - O Guardião do Tempo
O Homem Mais Inteligente da História
Inteligência Multifocal
Pais Inteligentes Formam Sucessores, não Herdeiros
Felicidade Roubada
O Mestre da Vida
O Vendedor de Sonhos e a Revolução dos Anónimos
A Sabedoria Nossa de Cada Dia
A saga de um pensador

Autor:

Augusto Cury é psiquiatra, psicoterapeuta, cientista e escritor. Desenvolveu o conceito de inteligência multifocal, uma perspetiva inovadora do funcionamento da mente e da construção do pensamento. É investigador na área de qualidade de vida e de desenvolvimento da inteligência, abordando a natureza, a construção e a dinâmica da emoção e dos pensamentos. Os seus livros ocupam os lugares cimeiros nas listas de livros mais vendidos em todos os países onde são publicados. É considerado o autor mais lido do Brasil dos últimos anos e um verdadeiro fenómeno editorial, com mais de 20 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo.
Dirige o Instituto Academia de Inteligência, que dá formação a executivos, educadores, médicos, psicólogos, advogados, universitários e a qualquer pessoa interessada em expandir os horizontes da sua mente, em educar a sua emoção e em melhorar a sua qualidade de vida.
O Dr. Cury é patrono da Universidade da Criança em Portugal e doutor Honoris Causa da universidade Unifil, assim como membro de honra da academia de génios do Instituto da Inteligência, no Porto.

Saiba mais em grupoaugustocury.com.br/augustocury

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • 25 de Abril, Corte e Costura
    Este livro é exatamente o que eu esperava dele: uma sucessão de quadros em que se ridiculariza a ...
  • 28.04.2019 21:03
  • A Aluna Americana
    Este é o mais recente romance de João Pedro Marques, autor de, entre outros, "Uma Fazenda em África" ...
  • 25.04.2019 20:42
  • O Último Cabalista de Lisboa
    Consegui, finalmente, ler este livro que foi o primeiro romance de Richard Zimler. Publicado em 1996 ...
  • 07.04.2019 23:56

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

“Ler um livro é para o bom leitor conhecer a pessoa e o modo de pensar de alguém que lhe é estranho. É procurar compreendê-lo e, sempre que possível, fazer dele um amigo.”
Hermann Hesse