Curar em Minutos

 

 

 

Autora: Louise Fannon
Edição: Ago/2013
Páginas: 208
ISBN: 9789898461643
Editora: Matéria Prima

 

 


Sente dores físicas recorrentes?
Quer emagrecer mas não consegue controlar o apetite?
Vive em ansiedade e stresse?
Tem dificuldade em falar em público?
Vive com medos e fobias que não consegue ultrapassar?
Não gosta da vida que tem mas não sabe como mudá-la?
Perdeu a esperança na sua capacidade de fazer a diferença?
Dominando a mente e equilibrando os fluxos do seu corpo, pode começar hoje a ter uma vida melhor.

«Com a ajuda deste livro pode tornar-se o seu próprio terapeuta… e talvez até ajudar outras pessoas a serem os seus próprios terapeutas, cada um respeitando a sua verdade e transformando o seu mundo à sua medida. As respostas estão dentro de si.»
Louise Fannon

Autora:

Louise Fannon, psicoterapeuta portuguesa de origem britânica, é pós-graduada em Relação de Ajuda e Intervenção Terapêutica, pela Universidade Autónoma de Lisboa. Especializou-se em Psicoterapia centrada na Pessoa e em Ludoterapia centrada na Criança. Tem formação em Desenvolvimento Transpessoal, Consciência e Espiritualidade.
Tem-se dedicado a ensinar as técnicas de libertação emocional (tapping ou EFT em inglês), a sua grande paixão. Aliás, Louise atribui à prática do tapping a mudança que operou na sua própria vida e que serve de inspiração para este livro.
Parte do seu tempo é ocupado pelos vários workshops que organiza e pelas investigações em torno deste tema.
Curar em Minutos é o seu primeiro livro.

Comentários  

 
#2 Helena 2013-10-10 13:44
Nestes tempos de incerteza e instabilidade, agradam-me livros que me transmitam serenidade e ordem e que tenham ensinamentos que complementem a minha experiência pessoal ou vão de encontro às minhas convicções. Não quero dizer com isto que sou muito dada a matérias místicas ou esotéricas, mas curiosa por natureza.

No essencial, todos focam os mesmos aspectos, mas o modo como estes são abordados difere. Este pequeno livro tem uma linguagem tão acessível e simples que clarifica aspetos que não tinha compreendido bem. Depois entra em alguma redundância que certamente auxilia quem é iniciado nestas matérias. Tapping pode ser um bom método de melhorar a nossa vida.

Um bom livro prático.
 
 
#1 sofia 2013-09-16 22:41
Realmente este não faz de todo o meu género de leitura habitual. No entanto, começando a ler, fiquei simplesmente fascinada e muito interessada no tema. Escrito de uma forma muito simples e com uma linguagem muito acessível, conseguimos acompanhar todos estes conceitos com bastante facilidade.

Um livro fascinante que me levou a conhecer o Tapping ou EFT; que nos permite conhecermo-nos a nós próprios e que nos ajuda a melhorar a qualidade da nossa vida de uma forma rápida e simples.
 

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • Crash
    Depois de ter lido "Arranha-Céus" de J. G. Ballard, um romance que me deixou a pensar seriamente nos ...
  • 10.07.2019 22:32
  • Amantes de Buenos Aires
    Amantes de Buenos Aires, o novo romance de Alberto S. Santos, baseia-se numa história real e segue a ...
  • 08.07.2019 16:24
  • 25 de Abril, Corte e Costura
    Este livro é exatamente o que eu esperava dele: uma sucessão de quadros em que se ridiculariza a ...
  • 28.04.2019 21:03

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"Algumas obras morrem porque nada valem; estas, por morrerem logo, são natimortas. Outras têm o dia breve que lhes confere a sua expressão de um estado de espírito passageiro ou de uma moda da sociedade; morrem na infância. Outras, de maior escopo, coexistem com uma época inteira do país, em cuja língua foram escritas, e, passada essa época, elas também passam; morrem na puberdade da fama e não alcançam mais do que a adolescência na vida perene da glória. Outras ainda, como exprimem coisas fundamentais da mentalidade do seu país, ou da civilização, a que ele pertence, duram tanto quanto dura aquela civilização; essas alcançam a idade adulta da glória universal. Mas outras duram além da civilização, cujos sentimentos expressam. Essas atingem aquela maturidade de vida que é tão mortal como os Deuses, que começam mas não acabam, como acontece com o Tempo."
Fernando Pessoa, in Heróstrato