Um Bom Filho Volta Sempre

 

 

 

Autor: Fernando Alberca
Edição: Set/2013
Páginas: 224
ISBN: 9789898461650
Editora: Matéria Prima

 

 


Como educar e deixar crescer um adolescente com tranquilidade e sabedoria

Um livro para eliminar velhos hábitos de relacionamento e chegar ao fundo dos problemas de uma forma prática e acessível.
O que pensa e sente o adolescente?
Porque tem certos comportamentos e como devem reagir os pais?
Como se aumenta a auto-estima de um adolescente?

Como podemos interpretar os seus gestos e palavras?
Como fazê-lo compreender que os seus pais não são o inimigo e estão do seu lado, mesmo quando o corrigem?
Descubra e aproveite a adolescência, aprenda a torná-la mais fácil (para si e para eles) e disfrute de uma fase decisiva na vida do seu filho.
Um livro de referência sobre a disciplina e psicologia na adolescência.

De acordo com Fernando Alberca a adolescência é uma das fases mais importantes na definição da personalidade do ser humano. É aqui, mais do que na infância, que os pais podem ter um papel determinante e decisivo no que será o adulto de amanhã.
Com este livro os pais irão sentir-se mais seguros e orientados na relação nem sempre fácil com o seu filho adolescente.

Autor:

Fernando Alberca nasceu em Córdoba, em 1966. É licenciado em Filosofia e Letras, doutorado em Psicologia e Mestre em Neuropsicologia e Educação. Foi membro do Conselho Escolar do Principado das Astúrias e é assessor em Rendimento Escolar e Relações Familiares, Conduta da Criança e do Adolescente. Trabalha principalmente áreas como a Estimulação e Motivação da Inteligência, Auto-estima, Concentração, Memória, Técnicas de Estudo e Vontade da Criança e do Adolescente.
Além da sua actividade como conferencista, colabora com os principais meios de comunicação social espanhóis.
É casado e pai de oito filhos, com idades entre os 4 e os 18 anos.

Saiba mais em fernandoalberca.com

Comentários  

 
#1 Sónia 2013-10-19 23:23
Antes de mais, tenho a dizer que este tipo de livros que "debitam" instruções para lidar com X, Y ou Z, nunca foram o meu forte. Sempre defendi que sermos nós próprios, ouvir o outro e seguir o nosso instinto, são determinantes em tarefas nem sempre fáceis, como a de lidar com um adolescente. Não há pessoas iguais e, como tal, não acho muito plausível estar-se a usar algo previamente formatado para, muitas vezes, fazer o que deveria ser inato.

Ora, a "chatice" é que este livro me veio dar (alguma) razão. Para quem tem filhos na faixa etária subjacente ao livro (ou mesmo para quem não os tem e que, de uma forma ou de outra, tem que lidar com adolescentes), este livro não acrescenta muito de novo. Mais que isso, achei que é um conjunto de frases feitas, muitas delas desenvolvidas após alguns depoimentos e que, certamente, farão parte do saber de experiência feito de que os progenitores dispõem. Esta é uma das facetas que encontrei no livro. Outra prende-se com alguns pensamentos defendidos pelo autor. Um deles passa pela "culpa" dos pais (e fiquei com a sensação de que os progenitores é que têm o grosso da "culpa"...) ao não saberem lidar com os filhos adolescentes. Para Fernando Alberca, os pais sentem que, com filhos adolescentes, perdem o protagonismo que os filhos bebés lhes davam, pela relação de "dependência" através da mudança de fraldas, preparação de biberões e afins... Diz ele que Acontec ia que o protagonismo dos pais era mais evidente e a solução mais imediata (página 33).

Em suma, não posso dizer que tenha apreciado esta obra por ali além. Não acrescenta muito de novo e, fora isso, não concordei com grande parte dos princípios que defende.
 

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • Deixem Passar o Homem Invisível
    Dez anos depois de ter vencido o Grande Prémio de Romance e Novela APE/DGLB 2009, regressa em nova ...
  • 25.03.2020 23:36
  • O Caçador de Brinquedos
    Se gosta de ficção científica, não deixe de ler este livro! João Barreiros é considerado um dos ...
  • 12.03.2020 16:59
  • A Morte do Papa
    Depois de ter lido todos os livros anteriores de Nuno Nepomuceno, este foi o primeiro em que tive ...
  • 24.02.2020 00:22

Últimos Tópicos

    • Frecha
    • - Frecha, toda a magia tem um preço, sabes disso. Tens a certeza que queres...
    • há 1 semana 1 hora
    • Espaço para livros
    • Uma maneira simples e barata é embrulhá-los em rolo autoaderente, daquele que...
    • há 2 meses 4 dias
    • Melhores Livros De Romance
    • Obrigado pela partilha! Diversos desses livros têm nomes diferentes na edição...
    • há 2 meses 5 dias

Uma Pequena Palavra...

"A literatura é como as mulheres: quando não presta, nem vale a pena perder tempo."
Charles Bukowski