A PALAVRA DO ANO ® 2018 é "enfermeiro"

FaceBook  Twitter  

Votação recorde com 226 mil votos registados. «Professor» ficou apenas a 4 pontos percentuais da palavra vencedora.

Após uma participação verdadeiramente histórica, que decorreu no site www.palavradoano.pt durante todo o mês de dezembro, foi anunciada hoje publicamente, num evento organizado pela Porto Editora para assinalar os 10 anos desta iniciativa, a escolha dos portugueses: «enfermeiro» é a PALAVRA DO ANO ®2018 , recolhendo 37,8 % dos votos. A uma curta distância ficou a candidata «professor», com 33,4%, enquanto «toupeira» obteve 10,6%.

De uma lista que incluía palavras de grande relevância e atualidade, como «populismo», «extremismo» e «sexismo», a escolha dos portugueses poderá refletir uma preocupação acentuada quanto à situação que envolve a classe dos enfermeiros, algo que poderá ser extensível aos professores, atendendo à elevada votação que a respetiva palavra registou.

Merece especial destaque o excecional nível de participação que esta edição registou, pois comprova que esta iniciativa está definitivamente consolidada no calendário dos portugueses. A PALAVRA DO ANO ® foi criada com o objetivo de sublinhar a importância e a força das palavras na construção e interpretação do nosso quotidiano, bem como a riqueza lexical e o dinamismo criativo da língua portuguesa. As conversas, os debates e a participação crescente das pessoas ao longo dos anos comprovam isso mesmo.

Os resultados obtidos por cada uma das candidatas a PALAVRA DO ANO ® 2018 apresentam-se da seguinte forma:

«enfermeiro» — 37,8%
«professor» — 33,4%
«toupeira» — 10,6%
«privacidade» — 3,1%
«assédio» — 2,9%
«populismo» — 2,8%
«extremismo» — 2,6%
«paiol» — 2,5%
«sexismo» — 2,3%
«especulação» — 2,0%

A palavra «enfermeiro» junta-se assim à lista das vencedoras da iniciativa PALAVRA DO ANO ® , onde constam esmiuçar» (2009), «vuvuzela» (2010), «austeridade» (2011), «entroikado» (2012), «bombeiro» (2013), «corrupção» (2014), «refugiado» (2015), «geringonça» (2016) e «incêndios» (2017). 

Últimas Opiniões

  • Deixem Passar o Homem Invisível
    Dez anos depois de ter vencido o Grande Prémio de Romance e Novela APE/DGLB 2009, regressa em nova ...
  • 25.03.2020 23:36
  • O Caçador de Brinquedos
    Se gosta de ficção científica, não deixe de ler este livro! João Barreiros é considerado um dos ...
  • 12.03.2020 16:59
  • A Morte do Papa
    Depois de ter lido todos os livros anteriores de Nuno Nepomuceno, este foi o primeiro em que tive ...
  • 24.02.2020 00:22

Últimos Tópicos

    • Frecha
    • - Frecha, toda a magia tem um preço, sabes disso. Tens a certeza que queres...
    • há 21 horas 55 minutos
    • Frecha (Saga "Os castros")
    • "- Frecha, toda a magia tem um preço, sabes disso. Tens a certeza que queres...
    • há 21 horas 57 minutos
    • Espaço para livros
    • Uma maneira simples e barata é embrulhá-los em rolo autoaderente, daquele que...
    • há 1 mês 3 semanas
    • Melhores Livros De Romance
    • Obrigado pela partilha! Diversos desses livros têm nomes diferentes na edição...
    • há 1 mês 4 semanas

Uma Pequena Palavra...

"Como um dia alguém me ensinou, os bons amigos são como os livros, nunca partem de vez. Sempre ficam no nosso coração."
Alberto S. Santos, in Para lá de Bagdad