Novos livros da Stephenie Meyer a publicar em Portugal em Março e Junho de 2009

  

Acompanhando a tendência internacional, também em Portugal os livros da saga “Luz e Escuridão”, de Stephenie Meyer, estão a liderar as tabelas dos mais vendidos. Hoje, o Top FNAC tem nos três primeiros lugares os três primeiros livros desta série

Os quatro livros da saga “Luz e Escuridão”, que gira em torno do amor entre um vampiro (Edward) e uma jovem  (Bella), já venderam mais de 17 milhões de cópias em todo o mundo, estão publicados em 37 países e ocupam alguns dos principais tops de vendas mundiais – como o da Amazon ou o do jornal USA Today, cujos leitores elegeram Stephenie Meyer como “autor do ano 2008” e “Breaking Dawn”, o último da saga (e que chegará a Portugal em Junho deste ano) como “livro do ano”.

O reconhecimento do livro “Crepúsculo” gerou mais de 350 sites de fãs em todo o mundo, incluindo os blogs portugueses. Por cá, os fãs, podem visitar crepúsculo.blogs.sapo.pt e twilightportugal.blogs.sapo.pt – este último que em apenas oito meses atingiu mais de 200 mil visitas e tem sido o ponto de encontro para milhares de fãs que partilham a mesma paixão pelos livros de Stephenie Meyer.

Em Março, a Gailivro publicará “Nómada” (The Host), novo livro de Stephenie Meyer que não está incluído na famosa série mas que já está entre os mais vendidos nos EUA, e em Junho é a vez da versão portuguesa de “Breaking Dawn”, o quarto volume da série “Luz e Escuridão”, chegar às livrarias portuguesas.

 Sobre o livro “The Host”:

Melanie Stryder refuses to fade away.

Our world has been invaded by an unseen enemy. Humans become hosts for these invaders, their minds taken over while their bodies remain intact and continue their lives apparently unchanged. Most of humanity has succumbed.

When Melanie, one of the few remaining “wild” humans is captured, she is certain it is her end. Wanderer, the invading “soul” who has been given Melanie’s body, was warned about the challenges of living inside a human: the overwhelming emotions, the glut of senses, the too vivid memories. But there was one difficulty Wanderer didn’t expect: the former tenant of her body refusing to relinquish possession of her mind.

Wanderer probes Melanie’s thoughts, hoping to discover the whereabouts of the remaining human resistance. Instead, Melanie fills Wanderer’s mind with visions of the man Melanie loves—Jared, a human who still lives in hiding. Unable to separate herself from her body’s desires, Wanderer begins to yearn for a man she has been tasked with exposing. When outside forces make Wanderer and Melanie unwilling allies, they set off on a dangerous and uncertain search for the man they both love.

“Stephenie Meyer is an amazing phenomenon—out of the brightness of her mind and spirit comes the illuminated darkness of her stories. For no matter how much pain her characters suffer, Meyer infuses the tales with light and hope.” —Orson Scott Card, author of the Ender Saga

“A fantastic, inventive, thoughtful, and powerful novel. The Host will keep you reading well into the wee hours of night, and keep you thinking, deeply, hauntingly, well after the final word.” —Ridley Pearson, author of Killer Weekend

Já tive oportunidade de ler ambos os livros e são fantásticos! O “Breaking Dawn” é incrivel, suroreendendo-nos a cada página e o “The Host” traz-nos uma história bem construida e cativante, misturando romance com acção e ficção.

 

0 comentários
0 likes
Anterior: “Comer, Orar, Amar” em Edição de BolsoSeguinte: A Árvore dos Segredos

Comentar

Siga-nos no Facebook
Facebook Pagelike Widget
Últimos Livros Comentados
Tópicos recentes