Grupo 20|20 Editora – Novidades de outono

O Grupo 20|20 apresentou as suas novidades para a rentrée deste outono das seis chancelas do Grupo - Booksmile (Infantojuvenil); Elsinore (Ficção e Não-Ficção Literária); Fábula (Infantojuvenil Literária); Nascente (Mente, Corpo e Espírito); Topseller (Ficção); Vogais (Não-Ficção) - e da distribuída Cavalo de Ferro. Entre setembro e novembro, serão muitas as obras de autores já conhecidos dos leitores, mas também de muitos autores que o Grupo vai editar pela primeira vez. Ainda não são muitos, mas há cada vez mais autores portugueses neste grupo editorial, o que muito nos apraz.

Continuar...

Porto editora apresenta novidades de outono

Adaptação gráfica do famoso Diário de Anne Frank, um novo romance de Isabel Allende e apostas na ficção nacional entre as novidades do grupo Porto Editora para os últimos meses do ano.

Continuar...

Alma Azul – Uma vida dedicada à Poesia

Pelo que temos observado ao longo dos 11 anos de dedicação a este projeto de divulgação literária e promoção da leitura, que é o Segredo dos Livros, Portugal tem, resumidamente, três tipos de editoras: 1) as grandes editoras que todos conhecem e têm sede na zona de Lisboa ou do Porto; 2) um leque de editoras mais pequenas que, embora sedeadas nos grandes centros, procuram imitar as grandes e aspiram a ser grandes; 3) depois, há uma infinidade de pequenas editoras, fundadas e dirigidas por “carolas” que prezam mais a edição do que o dinheiro e fazem da profissão uma paixão. É neste 3º lote que encontramos a Alma Azul.

Continuar...

Feira do livro do Porto casa cultura com animação

A Feira do Livro do Porto, que se realiza nos Jardins do Palácio de Cristal, abre na próxima sexta-feira, dia 1 de setembro, tem Sophia de Mello Breyner como homenageda e é novamente organizado pela Câmara Municipal do Porto.

Continuar...

Preço Fixo do Livro - uma lei necessária?

A Lei do Preço Fixo do Livro (LPFL) é, provavelmente, uma das leis mais mal interpretadas e ignoradas de toda a Legislação Portuguesa em vigor. Para além de dúvidas diversas que se prendem com a fixação do preço, promoções ou descontos, assim como quais são os livros abrangidos por esta Lei, o aspeto mais discutido e, apesar disso, mais mal conhecido é a definição do que é um "livro usado" e, consequentemente, qual o preço que pode ser praticado na venda de um  "livro usado". Pode, por exemplo, alguém que adquiriu um livro e o leu (ou não), vendê-lo como "usado"? Se sim, qual o preço mínimo dessa transação? Podem os livros usados ser vendidos através da internet? É obrigatória a intervenção de um comerciante autorizado (individual ou empresa) nessa transação, ou a venda de "livros usados" pode efetuar-se entre particulares?

Continuar...

Últimas Opiniões

  • A Noite em que o Verão Acabou
    Pedro Taborda era um adolescente cuja família, a exemplo de muitas famílias portuguesas, tinha uma ...
  • 10.12.2019 14:38
  • Imortal (José Rodrigues dos Santos)
    Compro e leio os livros de José Rodrigues dos Santos que considero de ficção científica, porque gosto ...
  • 15.11.2019 22:00
  • Autópsia
    Lê-se na contrapaca deste livro que se trata de "uma arrepiante distopia, retrato de uma humanidade náufraga".
  • 21.10.2019 22:21

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"Quase todos os homens vivem inconscientemente no tédio. O tédio é o fundo da vida, foi o tédio que inventou os jogos, as distracções, os romances e o amor."
Miguel de Unamuno