Prémios PEN Clube Português 2016

FaceBook  Twitter  

Está a decorrer a fase de candidaturas à 38ª edição dos Prémios PEN. Os Prémios Literários do P.E.N. Clube Português destinam-se a galardoar anualmente as melhores obras publicadas no ano anterior, em língua portuguesa e em 1ª edição, nas modalidades de POESIA, ENSAIO e FICÇÃO. Haverá ainda um Prémio destinado a galardoar uma PRIMEIRA OBRA nas referidas modalidades. A edição deste ano contempla as obras publicadas em 2016 e o prazo para a submissão de obras a concurso termina a 31 de Maio (inclusive, com data de registo CTT).

Os Prémios do P.E.N. Clube Português são patrocinados pela Direção-Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas e têm o valor pecuniário de 5.000 euros em cada uma das 3 categorias; o valor pecuniário para o Prémio para Primeira Obra é de 2.500 euros. Podem candidatar-se autores de nacionalidade portuguesa ou residentes em Portugal e as obras serem originais de língua portuguesa, com 1ª edição no ano em apreço, neste caso editadas em 2016.

Para se candidatarem, as editoras devem enviar 3 exemplares do livro em papel (não são aceites obras em formato digital), para o seguinte endereço:

Prémios PEN
A/C Exmo. Senhor
Prof. Doutor João David Pinto-Correia
CTPP Pólo / CLEPUL
Faculdade de Letras - Universidade de Lisboa
Alameda da Universidade
1600-214 LISBOA

Para mais informações, pode consultar o website do PEN Clube Português.
Regulamento disponível aqui.

A Direção do PEN chama a atenção para o facto de que, no Prémio de Ensaio, são premiáveis ensaios tendo como tema central a literatura, embora em sentido lato, ou seja, permitindo a abordagem de outras áreas do saber (filosofia, ciências humanas, etc.), mas em estreita conexão com ela.

Na última edição, referente ao ano de 2015, foram distinguidas as seguinte obras:
- Na categoria de Poesia, a obra de Armando Silva Carvalho “A Sombra do Mar” (Assírio & Alvim);
- Na categoria de Narrativa, o romance “Biografia do Língua” de Mário Lúcio Sousa (D. Quixote);
- Na categoria de Ensaio, o Prémio foi atribuído ex-aequo a duas obras: “O Silêncio das Sereias: Ensaio sobre o Livro do Desassossego” de Paulo de Medeiros (Tinta-da-China) e “Emily Dickinson e Luiza Neto Jorge: Quantas Faces?” de Marinela Freitas (Afrontamento).
O P.E.N. Clube Português decidiu não atribuir o galardão na categoria de Primeira Obra, nesta edição.

O P.E.N. (Poetas, Ensaístas, Novelistas) Clube Português foi legalmente constituído em Portugal, em 1979 e faz parte do PEN Club Internacional, a maior e mais antiga organização de escritores de todo o mundo, criada em 1921 por autores ingleses, e cujo primeiro presidente foi John Galsworthy, prémio Nobel da Literatura em 1932.

Últimas Opiniões

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"Não ler, pensei, era como fechar os olhos, fechar os ouvidos, perder sentidos. As pessoas que não liam não tinham sentidos. Andavam como sem ver, sem ouvir, sem falar."
Valter Hugo Mãe in Desumanização