Voltar a ti

 

 

Autor: José Rodrigues
Fotografia: Sara Augusto
Género: Romance
Edição: Dez/2017
Páginas: 272
ISBN: 9789897661525
Editora: Coolbooks

 

 

«O amor não é sentimento para repousos longos e confiantes, mas, como acontece com todas as coisas intensas deste mundo, é uma das fontes maiores da felicidade humana.»
Constança divide os seus dias entre dois mundos. Na cidade grande do Norte, o trabalho e Guilherme, o companheiro com quem reparte os planos para o futuro. Na sua pequena aldeia do interior, encontra a doçura das memórias de infância e o carinho dos pais, enquanto apoia e conforta o irmão mais velho, Luís, recentemente regressado a casa, onde procura recuperar de um profundo desgosto.

Continuar...

Comer / Beber

 

 

Autores: Filipe Melo e Juan Cavia
Género: Banda Desenhada
Edição: Dez/2017
Páginas: 64
ISBN: 9789896714093
Editora: Tinta da China

 

 

Comer / Beber: Uma refeição de BD servida pelos multipremiados criadores da saga Dog Mendonça e Pizzaboy, e da novela gráfica Os Vampiros.
Numa história, há uma tarte de maçã que se revela. Na outra, há uma garrafa de champanhe que se esconde. Um destes relatos é completamente ficcional; o outro é baseado em factos verídicos. De um lado o «comer», do outro lado o «beber».

Continuar...

Piadas Ribeirinhas - O Compêndio Possível

 

 

Autor: Pedro Ribeiro
Género: Humor
Edição: Dez/2017
Páginas: 152
ISBN: 9789898886118
Editora: Cultura

 

 


As 101 piadas mais secas de sempre

Ao longo dos anos, Pedro Ribeiro espalhou pelas ondas da rádio, nas ruas, nos bares de strip e nas paragens de autocarro a sua obra completa. Mas agora os clássicos do cancioneiro Ribeirinho foram compilados para esta obra-prima do trocadilho e do humor descabido. Com as piadas deste livro, podes brilhar na festa de Natal do escritório e durante o jantar de turma da faculdade. Se todos estiverem bêbedos, também ajuda.

Continuar...

Caso Sócrates - O Julgamento do Regime

 

 

Autores: Joaquim Vieira e Felícia Cabrita
Género: Jornalismo de Investigação / Política
Edição: Dez/017
Páginas: 416
ISBN: 9789896268534
Editora: A Esfera dos Livros

 

 

A detenção do ex-primeiro-ministro José Sócrates, a 21 de novembro de 2014, constituiu um facto histórico sem precedentes em Portugal e definiu a dimensão de um escândalo de gigantescas proporções. Não estava só em causa a eventual prevaricação de um agente político (entretanto acusado de corrupção passiva, evasão fiscal e branqueamento de capitais), mas sim a insinuação de enriquecimento ilícito de um dos mais destacados titulares de um órgão de soberania, lançando uma sombra de suspeição sobre todos os detentores de poder, à esquerda ou à direita, e sobre os seus partidos.

Continuar...

Deixem-nos Sonhar

 

 

Autor: João Tomaz e Pedro Adão e Silva
Género: Memórias / Futebol
Edição: Dez/2017
Páginas: 344
ISBN: 9789896714109
Editora: Tinta da China

 

 

Tudo o que nunca se soube sobre a insurreição de jogadores do México 86, conhecida como o 25 de Abril do futebol português.
«Deixem-me sonhar», clamou José Torres, o «Bom Gigante» do futebol português, antes do jogo de apuramento decisivo entre Portugal e a República Federal Alemã. Quem viveu, não esquece: Jaime Pacheco cortou uma bola, passou-a a Carlos Manuel, que rematou para o fundo da baliza. O jogo ia no minuto 53. Daí até ao final, Bento ficou a defender e o país a sofrer, mas aconteceu.

Continuar...

Últimas Opiniões

  • Limões na Madrugada
    Carla M. Soares fez uma pausa nos romances históricos (que espero não passe de uma breve pausa) para ...
  • 02.12.2017 13:57
  • Ramalho Eanes: O Último General
    Para comentar este livro, tenho de distinguir o tema e a fidelidade à realidade histórica, da forma como ...
  • 28.11.2017 22:57
  • Bala Santa
    A nova edição foi o pretexto para, finalmente, conseguir arranjar tempo para ler este livro do saudoso ...
  • 24.11.2017 17:01

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

“E desde então decidi que a POESIA é a forma mais curta, mais doce, mais explosiva. Para que escrever um romance se é possível dizer o mesmo em dez linhas?”
Charles Bukowski