333

FaceBook  Twitter  


Autor:
Pedro Sena-Lino
Edição/reimpressão: 2009
Páginas: 184
Editor: Porto Editora

É a história secreta do impacto de um livro na vida de cada um dos seus leitores, e de como um rectângulo de papel pode transformar uma vida.

Sobre o autor:

Pedro Sena-Lino é poeta, com sete livros publicados, donde se destacam Biofagia (2003), Deste Lado da Morte Ninguém Responde (2005) ou Livro de Albas (2007); encontra-se integrado em várias antologias, em Portugal e na Croácia, França e Bulgária. É formado em Estudos Portugueses, tendo concluído um Mestrado sobre José Régio. É também crítico no Público, desde 2001. Desenvolveu um curso específico de escrita criativa, que ministra desde 2000. Em 2005 fundou a Companhia do Eu, um centro de escrita e criatividade, onde ministra mais de doze cursos, desde oficina de personagens a autobiografia. Prepara o seu primeiro livro de contos e o seu primeiro romance. Prepara o seu primeiro livro de contos e o seu primeiro romance.

Comentários  

 
#2 Sandra 2009-08-25 12:53
Um livro mágico com uma escolha de palavras que fez com que fossem criadas frases maravilhosas como as descritas acima.
Não vou revelar muito sobre do que trata este exemplar uma vez que grande parte do prazer de o ler advém da surpresa do inesperado. Apenas digo que é a estória dos 333 exemplares de um livro. Cada um destes 333 livros envolve quem o possui e amaldiçoa e influencia o seu destino. O resto é para cada um descobrir.
Um bom livro
 
 
#1 Lígia Teixeira 2009-06-21 18:08
Finalmente, um livro que me encheu as medidas! É tão bom ter assim surpresas inesperadas… Apesar de já suspeitar que um livro sobre livros me agradaria, nunca pensei que me deliciasse assim.

A sinopse é parca para a riqueza da história e da escrita. É daqueles livros que apetece ler com um caderninho ao lado, tal é a beleza de determinadas passagens que, a cada passo, apetece transcrever.

Não seguimos apenas as histórias e o impacto (ou falta deste) dos 333 exemplares de uma colectânea de cartas escritas por uma freira portuguesa e impressas em livro em Milão, no século XVI, na vida dos seus leitores. Somos também envolvidos pela magia das palavras de Pedro Sena-Lino, que, sendo nós leitores, nos suga para dentro do seu “333”, onde os traços poéticos se fundem com a mestria narrativa e o encanto da nossa língua.

Um livro belíssimo que fui saboreando devagarinho, para que o encantamento durasse mais tempo. Li-o por empréstimo, mas vou querer adicioná-lo à minha biblioteca pessoal, pois é daqueles que vale mesmo a pena reler.
 

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • Autópsia
    Lê-se na contrapaca deste livro que se trata de "uma arrepiante distopia, retrato de uma humanidade náufraga".
  • 21.10.2019 22:21
  • A Recriação do Mundo
    Não é segredo que a Alemanha e a URSS correram contra o tempo e contra os Estados Unidos da América para ...
  • 22.09.2019 13:21
  • Hugo Chávez, o colapso da Venezuela
    Gosto de estar bem informado e não fazer juízos sem conhecimento de causa. O governo da Venezuela tem ...
  • 02.09.2019 14:09

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"Árvores são poemas que a terra escreve para o céu. Nós as derrubamos e as transformamos em papel para registar todo o nosso vazio."
Khalil Gibran