A Lista dos Meus Desejos

 

 

 

Autor: Grégoire Delacourt
Edição: Out/2013
Páginas: 192
ISBN: 9789896721985
Editora: Suma de Letras

 

 


Uma história tocante sobre a felicidade das coisas simples da vida.

O meu nome é Jocelyne. Quando era jovem, sonhava trabalhar no mundo da moda em Paris e conhecer um Príncipe Encantado. Mas a vida foi passando e, afinal, tenho uma retrosaria, o meu marido pouco ou nada me liga e os meus filhos já deixaram o ninho.
Mas a sorte mudou e, agora, posso ter tudo o que sempre desejei.

A lista dos meus desejos:
Ir de férias sozinha com o Jo
Cortar o cabelo
Mudar a decoração da sala
Comer foie gras com pão de especiarias
Passar uma semana em Londres com a Nadine
Fazer um tratamento num SPA
Comer melhor
Que me digam que sou linda
Estes são apenas alguns dos meus desejos. No fim de contas, agora posso ter tudo o que sempre desejei.
Mas começo a duvidar se, agora que posso ter tudo, não terei mais a perder do que a ganhar… O que quero é ser feliz.
Uma história luminosa, comovente e divertida que já inspirou mais de meio milhão de leitores em todo o mundo a procurar a verdadeira felicidade.

Autor – Grégoire Delacourt

Autor:

Grégoire Delacourt nasceu em 1960 em Valencienne, França. É profissional de publicidade e já fez inúmeras campanhas publicitárias para importantes multinacionais. O seu primeiro romance, L’Écrivaint de la famille (Prémio Marcel Pagnol, Prémio Rive Gauche e Prémio Coeur de France, entre outros) alcançou grande sucesso. A Lista dos Meus Desejos, um grande êxito comercial e aclamado pela crítica, consagrou o autor internacionalmente e será publicado em mais de 30 países.

Saiba mais em www.gregoiredelacourt.com

5 comentários
0 likes
Anterior: O Diário de um Banana 8: Ora Bolas!Seguinte: Fadas e Princesas & Coisas de Rapazes – Lançamento

Comentários

  • Sónia

    Abril 15, 2014 às 10:53
    Responder

    [b]Pequeno em tamanho, mas grande em conteúdo[/b]. Seria assim que resumiria esta obra.A estória de uma Mulher como tantas outras, com a sua vida rotineira, dedicada à família e ao seu pequeno negócio, mas que sonha. Um dia, o inesperado acontece e fica sem saber o que fazer. Isto depois de tanto sonhar... Mas o ainda mais inesperado foi a "traição" daquele que foi seu companheiro durante quase uma vida inteira. E é aqui que a mensagem deste livro se torna tão especial: o poder do dinheiro, face àquilo que construímos durante uma vida inteira.Apesar da repugnância que a atitude […] Ler Mais...[b]Pequeno em tamanho, mas grande em conteúdo[/b]. Seria assim que resumiria esta obra.A estória de uma Mulher como tantas outras, com a sua vida rotineira, dedicada à família e ao seu pequeno negócio, mas que sonha. Um dia, o inesperado acontece e fica sem saber o que fazer. Isto depois de tanto sonhar... Mas o ainda mais inesperado foi a "traição" daquele que foi seu companheiro durante quase uma vida inteira. E é aqui que a mensagem deste livro se torna tão especial: o poder do dinheiro, face àquilo que construímos durante uma vida inteira.Apesar da repugnância que a atitude do marido de Jocelyne suscitou em mim, acreditem que também deu para sentir alguma "pena" dele. É estranho sentir "pena" por alguém que rouba, mas é aí que reside o busílis da questão. Esse acto mais não é do que a demonstração da insatisfação e solidão em que vive. Tocante, envolvente e com uma dimensão profundamente humana. Pese, embora, o final do livro ter ocorrido de forma algo abrupta que, da forma como está escrito, pode suscitar uma continuação. Eu gostaria... Read Less

  • Catia Silva

    Fevereiro 6, 2014 às 10:56
    Responder

    Um livro que me emocionou, de cuja história não estava à espera. O título levou-me a pensar que seria alguém que estivesse gravemente doente e fizesse uma lista com os seus desejos. Não foi nada disso e gostei muito mais do enredo.Alguém simples, com uma vida simples, que ganha o Euromilhões. Sabe o que faria com o dinheiro, mas também sabe que a vinda do dinheiro para o seio da família iria destruir o que era mais importante para ela: o amor que tinha pelo seu marido e pelas coisas simples da vida.Decide ocultar do seu marido o prémio que […] Ler Mais...Um livro que me emocionou, de cuja história não estava à espera. O título levou-me a pensar que seria alguém que estivesse gravemente doente e fizesse uma lista com os seus desejos. Não foi nada disso e gostei muito mais do enredo.Alguém simples, com uma vida simples, que ganha o Euromilhões. Sabe o que faria com o dinheiro, mas também sabe que a vinda do dinheiro para o seio da família iria destruir o que era mais importante para ela: o amor que tinha pelo seu marido e pelas coisas simples da vida.Decide ocultar do seu marido o prémio que ganhou, com a ilusão de que ele, não o sabendo, continuaria a gostar dela, pelo simples facto de ela ser ela e não por ser milionária. Mas o que acontece é que vai mesmo perder o amor do seu marido.Será que o dinheiro traz felicidade? Bem, neste caso definitivamente o dinheiro acabou com o casamento. Mas seremos felizes com o dinheiro? Claro que não. Temos o dinheiro, mas estamos sozinhos, não temos o amor da nossa vida, deixamos de ter amigos e rodeamo-nos de bens materiais que o dinheiro nos permite comprar, mas são coisas mortas, inanimadas que não nos dão calor nem carinho. Temos dinheiro, mas perdemos o mais importante que é a felicidade de ter as pessoas que amamos ao nosso lado.Por estranho que pareça, chorei pela pessoa que não merecia ser chorada. Chorei pelo ladrão, estranho, não?! A maneira como foi descrita a sua tristeza, a sua solidão, o seu arrependimento pelo ato tão vil de roubar a mulher, deixou-me triste. Por outro lado, a mulher dele, por ser forte (apesar de ela pensar que não é) e achar que o dinheiro não é importante e conseguir, na mesma, ser feliz e realizar os seus sonhos, com coisas simples da vida (como comprar um descascador de batatas e um ferro), fez-me sentir por ela uma grande alegria, apesar de ela ter sido abandonada e roubada e traída. Estranho, não?!Gostei muito do livro. Com uma escrita simples e fluída, prende-nos logo desde as primeiras palavras. Read Less

  • Clarinda Cortes

    Janeiro 26, 2014 às 17:32
    Responder

    A história de uma mulher que, no seu dia-a-dia “corriqueiro”, é feliz e sonha. Mas um dia ganha milhões e tudo muda. Para melhor? Para pior? Não, mas para totalmente diferente!Numa escrita simples, quase poética, “A lista dos meus desejos” convida-nos a refletir sobre os nossos valores e as nossas escolhas. Todos temos sonhos e desejos que, por vezes, dependem simplesmente da nossa forma de estar e encarar a vida, não de dinheiro, para os concretizar, e este livro prova isso mesmo. Não é fácil compreender alguém que, com tanto dinheiro na mão, nada faz. Esta leitura tenta provar-nos que […] Ler Mais...A história de uma mulher que, no seu dia-a-dia “corriqueiro”, é feliz e sonha. Mas um dia ganha milhões e tudo muda. Para melhor? Para pior? Não, mas para totalmente diferente!Numa escrita simples, quase poética, “A lista dos meus desejos” convida-nos a refletir sobre os nossos valores e as nossas escolhas. Todos temos sonhos e desejos que, por vezes, dependem simplesmente da nossa forma de estar e encarar a vida, não de dinheiro, para os concretizar, e este livro prova isso mesmo. Não é fácil compreender alguém que, com tanto dinheiro na mão, nada faz. Esta leitura tenta provar-nos que é na simplicidade que, na maioria das vezes, reside a felicidade. A leitura é deveras cativante, a escrita é como música, uma harmonia para os nossos ouvidos. Mas tem um senão: quando estamos embalados nessa melodia, ela acaba abruptamente. Deixa-nos um sabor a pouco, um querer mais e mais… Read Less

  • Helena

    Janeiro 15, 2014 às 21:58
    Responder

    [b]Um pequeno bonito livro. [/b]Pequeno, porque se lê num ápice, devido a uma narrativa fluída e tão realista; e bonito, porque o exterior assim o é, mas o interior / conteúdo acompanha-o. Jo, uma mulher generosa e afetuosa que partilha num blogue (dezdedosdeouro) o seu sentir entre linhas, tecidos e fitas, consegue sem deslumbres um considerável número de admiradoras, que a consideram como amiga e, ainda assim, cala os seus reais sentimentos, ressentimentos e perdas. Tocante e profundamente humana, esta história leva-nos a refletir sobre os sonhos e desejos que nos fazem prosseguir contra todas as expetativas, bem como o […] Ler Mais...[b]Um pequeno bonito livro. [/b]Pequeno, porque se lê num ápice, devido a uma narrativa fluída e tão realista; e bonito, porque o exterior assim o é, mas o interior / conteúdo acompanha-o. Jo, uma mulher generosa e afetuosa que partilha num blogue (dezdedosdeouro) o seu sentir entre linhas, tecidos e fitas, consegue sem deslumbres um considerável número de admiradoras, que a consideram como amiga e, ainda assim, cala os seus reais sentimentos, ressentimentos e perdas. Tocante e profundamente humana, esta história leva-nos a refletir sobre os sonhos e desejos que nos fazem prosseguir contra todas as expetativas, bem como o que é realmente importante e o que se pode realizar quando se ganha um avultado prémio num súbito golpe de sorte. Uma conversa tão banal que faz parte do quotidiano das pessoas e, ainda assim, tem consequências devastadoras na vida de tão afortunadas pessoas que podem, ou não, encontrar a felicidade.Afinal, quantas vezes percebemos que, apesar de invejadas e poderosas, se sentem solitárias e desprotegidas e sem saber como obter o que realmente desejam.Gostaria que o epílogo fosse mais desenvolvido, mas, como toda a narrativa, é simplicista e conciso. Um livro a reter. Read Less

  • Vera Neves

    Janeiro 2, 2014 às 15:25
    Responder

    "A Lista dos Meus Desejos" é um livro pequeno mas cheio de emoções. Uma estória que, à partida, tem pouco para nos fazer pensar, mas que de facto o faz. Quantos de nós não imaginaram já como seria ganhar um grande prémio e aquilo que poderiam fazer com ele? Se calhar, nunca imaginaram que ficariam tão angustiados que manteriam esse acontecimento em segredo, até resolver qual seria o melhor caminho a seguir. Foi isso que aconteceu a Jocelyne. A narrativa vai-nos dando a conhecer a protagonista e o seu percurso desde criança, os planos e sonhos que tinha para o […] Ler Mais..."A Lista dos Meus Desejos" é um livro pequeno mas cheio de emoções. Uma estória que, à partida, tem pouco para nos fazer pensar, mas que de facto o faz. Quantos de nós não imaginaram já como seria ganhar um grande prémio e aquilo que poderiam fazer com ele? Se calhar, nunca imaginaram que ficariam tão angustiados que manteriam esse acontecimento em segredo, até resolver qual seria o melhor caminho a seguir. Foi isso que aconteceu a Jocelyne. A narrativa vai-nos dando a conhecer a protagonista e o seu percurso desde criança, os planos e sonhos que tinha para o futuro e a sua realidade actual: o casamento, os filhos, a loja, o blog, os amigos... até ao dia em que ganha o euromilhões e não sabe bem o que fazer. Começa por criar uma Lista de Desejos que lhe parece estranha perante a magnitude do prémio, mas são pequenas as coisas que realmente deseja. A retrosaria e o seu blog enchem-na cada vez mais de satisfação e nem sempre aquilo que pensamos desejar, é realmente aquilo que nos irá satisfazer. Jocelyne consegue perceber que tem muita coisa que o dinheiro não pode comprar (embora haja outras em que ajuda muito) e vai adiando levantar o cheque com o prémio, até que percebe que o cheque desapareceu. Esta foi uma reviravolta com que eu não contava, estava ansiosa para ela contar aos filhos, amigos e marido e ver o que acontecia a seguir. Mas a realidade foi muito diferente.Não vou explorar muito mais o que aconteceu, pois iria revelar demasiado para quem vai ler o livro. Tive sentimentos ambíguos por Jocelyne. Por vezes, achava que era uma desistente, que não foi capaz de lutar pelos seus sonhos e que se conformou com o que a vida lhe deu, sem dar luta. Outras vezes, pareceu-me que ela era na realidade feliz com a sua vida e uma mulher realizada com o que conseguiu alcançar. Daí, não ser assim tão estranho ela não saber bem o que fazer quando ganha o prémio. Condiz com a natureza da personagem. Eu teria gostado de ver algum impulso, algum “agir sem pensar” por parte desta mulher que pensa demais e depois... depois acaba por ir adiando, adiando... por ter tanto medo de arriscar. Até que é surpreendida da pior forma e a sua vida muda drasticamente, embora não por decisões que tenha tomado. E, desta vez, perante a nova oportunidade que lhe é dada, ela não acaba por se deixar ir, mas vai aproveitar um pouco melhor e perceber que vale a pena arriscar um pouco na vida!A escrita é fluída e o livro lê-se rapidamente, terminando com um epílogo que eu desejava que tivesse sido explorado mais um pouco em meia dúzia de capítulos. Fez-me lembrar um pouco as novelas que andam meses e meses a protelar situações e, no último episódio, acontece tudo. Gostava que todos os acontecimentos relatados no final tivessem sido mais bem explorados, para que o choque do dramático fosse lentamente digerido. Read Less

Comentar

Siga-nos no Facebook
Facebook Pagelike Widget
Últimos Livros Comentados