A República Nunca Existiu!

FaceBook  Twitter  

Autores:Bruno Martins Soares
Gerson Lodi-Ribeiro
João Aguiar
João Seixas

Chancela: Saida de Emergência / 2008
ISBN: 9789896370282
Formato: Capa mole
Dimensões: 16 x 23
Núm. páginas: 224

E se o Regicídio de 1 de Fevereiro, tal como o conhecemos, não tivesse acontecido?
E se a República nunca tivesse sido instaurada em Portugal, nem em 5 de Outubro de 1910 nem depois? Estas hipóteses constituem o ponto de partida para 14 «histórias alternativas», escritas por outros tantos autores, que aceitaram o desafio de imaginar um país distinto daquele que verdadeiramente existiu no século XX, e não só. Sempre um Reino, sempre uma Monarquia! Passado, presente e futuro de uma nação foram rescritos, e o resultado é um livro como nunca houve em Portugal. Entre numa dimensão diferente e seja bem vindo à «outra» costa mais ocidental da Europa, onde «A República Nunca Existiu!»

Comentários  

 
#1 Sebastião Barata 2008-01-28 19:15
Gostava de ler este livro. Para já não, por falta de tempo, porque tenho muitos na fila para ler.
Tenho o livro "Trono do Altíssimo" do João Aguiar (que também está na fila), cuja trama se situa no século V e é sobre a heresia do Priscilianismo, que se espalhou na Península Ibérica, especialmente na zona de influência de Braga. Durou vários séculos e ainda hoje se sente em muitas das lendas e tradições que persistem nas festas populares, especialmente nas aldeias do interior do nosso país. Estou ansioso por lê-lo e recomendo-o.
 

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • Pão de Açúcar
    Faz agora em fevereiro catorze anos que se deu um acontecimento que apaixonou o País e deixou os ...
  • 02.02.2020 22:44
  • Budapeste
    Este livro fala de uma profissão que muitos podem considerar ficção, mas é muito real e mais vulgar do ...
  • 18.01.2020 23:22
  • A Luz de Pequim
    Apesar de ter vários livros do autor na estante, ainda não tinha tido a oportunidade de ler qualquer ...
  • 15.01.2020 13:56

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"Vivemos de palavras. Vamos até à cova com palavras. Submetem-nos, subjugam-nos. Pesam toneladas, têm a espessura de montanhas. São as palavras que nos contêm, são as palavras que nos conduzem."
Raúl Brandão