Academia de Vampiros

FaceBook  Twitter  


Autor:
Richelle Mead
Editora: Contraponto
Páginas: 246

Leia aqui um excerto do livro

Lissa Dragomir é uma princesa Moroi – um vampiro mortal com um laço inquebrável com a magia da Terra – e deve por isso ser protegida dos Strigoi, os vampiros mais ferozes e mais perigosos – os que nunca morrem.

Rose Hathaway, a melhor amiga de Lissa, é uma Dhampir – nas suas veias corre uma poderosa mistura de sangue de ser humano e de vampiro. Rose tem como missão proteger Lissa dos Strigoi, que tentam por todos os meios tornar Lissa uma deles.

Após dois anos de uma liberdade proibida, Rose e Lissa são apanhadas e arrastadas de volta à Academia São Vladimir, escondida nas profundezas da floresta de Montana. Aí, Rose deverá continuar a sua educação de Dhampir, enquanto Lissa será educada para se tornar a rainha da elite Moroi. E ambas voltam a quebrar corações na Academia. No entanto, é dentro dos portões de ferro de São Vladimir que a segurança de Lissa e Rose está mais ameaçada.

Os horríveis e sanguinários rituais dos Moroi, a sua natureza oculta e o seu fascínio pela noite criam um enigmático mundo repleto de complexidades sociais. Rose e Lissa vêem-se forçadas a deslizar por este perigoso mundo, resistindo à tentação de romances proibidos e nunca baixando a guarda, ou os Strigoi farão de Lissa um deles para a eternidade...

Comentários  

 
#8 Fátima Rodrigues 2011-02-20 12:15
Quando comecei a ler este livro, foi apenas para o chamado "matar tempo" em filas ou salas de espera, mas depressa fiquei rendida. Realmente, é mais um livro de vampiros e em mais uma escola, mas está escrito de uma forma que nos prende e com algumas inovações face ao habitual mundo vampírico que vamos lendo em outros livros.
Rose é uma futura guardiã, futura? Bem, na minha opinião ela já é uma guardiã. É forte e determinada, não olhando a meios para proteger a sua melhor amiga Lissa, uma princesa Moroi, cuja família morreu toda num acidente de viação.
Mas Lissa é mais que isso, ela tem um dom especial e que já não surgia faz tanto tempo que já estava esquecido: ela consegue curar e trazer à vida seres mortos. Este dom revelou-se quando reanimou a sua amiga Rose no acidente de viação fatal à sua família. Mas este dom tem consequências graves para a saúde e sanidade mental dela e mesmo para a sua segurança, já que começa a ser perseguida, mas por quem? Com que intentos? Haverá mais pessoas como ela?
Como se fosse pouco, ainda iremos acompanhar o romance de Lissa com Christian e a paixão fulminante de Rose pelo seu belo tutor russo.
Já estou a ler o segundo volume e igualmente cativada!
 
 
#7 Sandra Nunes 2010-05-13 00:24
Li este livros há uns meses quando a minha irmã o ganhou num passatempo e devo confessar que me prendeu do início ao fim. Tenho consciência que sou um pouco suspeita para falar sobre um livro com vampiros, porque geralmente adoro-os. Este tem uma inclinação para o juvenil, até porque a história passa-se numa academia, recheada de adolescentes. Achei particularmente interessante o "quase" romance entre Rose e Dimitri. Espero sinceramente que este seja desenvolvido no próximo livro da saga! Recomendo!!
 
 
#6 Tanea Lopes Costa 2010-01-10 17:40
Aqui está uma abordagem diferente ao mundo dos vampiros!

Achei o livro interessante e meio juvenil mas uma boa leitura.
 
 
#5 Catia Silva 2009-12-28 12:29
Para mim, o livro Academia de Vampiros é uma junção entre Harry Potter e a Saga Luz e Escuridão. Este livro retrata o dia-a-dia numa escola para Vampiros adolescentes e os seus respectivos Guardiões. É uma nova e refrescante perspectiva, que esta escritora nos traz sobre esta actual “vampiro - mania”.
Temos romance (entre Rose e Dimitri), acção, suspense e drama, para quem gosta de livros sobre vampiros, aqui fica uma nova saga a que vou ficar atenta aos próximos volumes.
 
 
#4 Ataner 2009-11-30 12:02
Tal como a Maria João disse, ainda há livros de vampiros que nos surpreendem.

Gostei das personagens e da história. De início pensei que se revelasse uma típica história de vampiros, com muitas mordidelas à mistura. Mas o facto é que a história se centra essencialmente nas relações que se formam entre as várias personagens. Sem se tornar monótono, apesar de ser narrado por uma personagem e com um ritmo adequado, este é um livro que nos prende do principio ao fim.

Aguardo pelos próximos capítulos com muita curiosidade.
 

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • O Ano da Dançarina
    Antes de entrar na análise do livro, desejo fazer a ressalva de que, em minha opinião, este não é um ...
  • 17.04.2017 22:59
  • Uma Questão de Fé
    Uma Questão de Fé é um livro poderoso pela mensagem que nos transmite, que deve ser lido com tempo ...
  • 16.04.2017 22:37
  • Pensar como Stephen Hawking
    A primeira pergunta que se pode pôr quando se fala de Stephen Hawking é: - se não fosse a pessoa ...
  • 27.03.2017 21:45

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"O livro, por aquilo que promete, não deixa de ser um conceito que ciclicamente surge como uma ameaça à harmonia pública, pelo conluio que estabelece com quem o lê."
João Paulo Borges Coelho, in Rainhas da Noite