Aos Olhos de Deus

FaceBook  Twitter  

 

 

Autor: José Manuel Saraiva
Edição: 2008
Páginas: 256
ISBN: 9789895553648
Editora: Oficina do Livro

 

 

 

O Novo Romance do Autor de Rosa Brava.
A magnífica embaixada de D. Manuel I ao Papa Leão X. Os pecados que o Império não conseguiu esconder. Uma história de amor que venceu a fé dos homens.
1514. Na época áurea dos Descobrimentos Portugueses, D. Manuel I toma a decisão de enviar ao Papa Leão X uma grande embaixada, demonstração viva do seu poderio temporal.
D. Diogo Pacheco, fidalgo da corte, amigo pessoal do Rei Venturoso, é encarregado pelo monarca de compor e proferir a Oração de Obediência ao Sumo Pontífice, o momento alto da embaixada.

A comitiva parte de Lisboa em cinco embarcações com um tesouro valiosíssimo e animais exóticos trazidos de África e da Índia.
Após conturbada viagem o cortejo chega a Roma, onde o Papa preparara uma sumptuosa recepção com a presença das mais altas figuras profanas e religiosas da época.
No meio do fausto da corte portuguesa e da Cúria dos Medici, contrastante com a dor e a miséria do povo sofredor, ascende à figura de símbolo o amor regenerador de D. Diogo pela bela judia, Raquel Aboab, a quem aquele salvara da fogueira e da sanha intolerante do antijudaísmo reinante. A época de ouro da história do mundo esconde segredos e pecados inconfessáveis das grandes figuras que comandam os destinos do mundo. Entre a fé e a cegueira do poder, a aparência e a essência da condição humana, o sentido de missão e a vaidade só o amor poderá ser redentor. Aos olhos de Deus as personalidades da história não ficarão impunes. E Deus não jogará aos dados.

Autor:

José Manuel Saraiva (Santo António de Alva, 1946) foi jornalista, pertencendo aos quadros de O DiárioDiário de LisboaGrande Reportagem e Expresso.
É autor de dois comentários sobre a Guerra Colonial, produzidos pela SIC, um dos quais foi transmitido pelo canal Arte em França e na Alemanha. É sua igualmente a história que deu origem ao telefilme A Noiva, de Luis Galvão Teles.
Em 2001, publica a sua primeira obra, As Lágrimas de Aquiles. Seguiram-se os romances Rosa Brava (2005), Aos Olhos de Deus (2008) e A Terra Toda (2011), que o consagraram como um dos mais populares autores portugueses.

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • Hugo Chávez, o colapso da Venezuela
    Gosto de estar bem informado e não fazer juízos sem conhecimento de causa. O governo da Venezuela tem ...
  • 02.09.2019 14:09
  • Autobiografia
    "Autobiografia" , o novo romance de José Luís Peixoto, é o 3º livro que leio deste autor. Os anteriores ...
  • 18.08.2019 17:41
  • A Dama do Quimono Branco
    Com este volume, termina a saga do Samurai Negro, constituída por uma trilogia de romances históricos ...
  • 29.07.2019 17:54

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"É fácil que prefiras não escrever, mas sabes quantos olhos estão à espera que continues? É tarde para esses escrúpulos."
José Luís Peixoto, in Em Teu ventre