As Classes Médias em Portugal - Quem são e como vivem

FaceBook  Twitter  

 

 

Autores: Francisco Louçã, João Teixeira Lopes e Lígia Ferro
Género: Política / Sociologia
Edição: Set/2019
Páginas: 192
ISBN: 9789722537872
Editora: Bertrand

 

 

 

Nenhum discurso político contemporâneo prescinde de referências à classe média. Ora em tom encomiástico, apologético e até messiânico, elogiando as suas virtudes de empenho, talento e mérito; ora realçando o seu papel de articulador da estrutura social, espécie de modelo para a mobilidade social e pivô das mudanças societais; ora como estabilizador, árbitro e nó central das dinâmicas políticas; ora como conjunto de camadas a serem conquistadas para a obtenção de maiorias aritméticas e políticas; ora, em sentido contrário, para enfatizar a quebra do elevador social, a sua crescente vulnerabilidade à desclassificação social, pauperização e precarização.

Mas quem é a classe média, ou as classes médias? Pois é toda a gente, ou pelo menos quase toda a gente assim responderá. Mas, sob este manto comum de identidade, convivem posições e representações sociais muito distintas. Tem de haver um plural para classe média: a de cima, que se cola e projeta na burguesia, e a de baixo, pauperizada e comprimida às classes populares; a do público e do privado, a das áreas metropolitanas e a do rural em transição; a tradicional e a nova.
Neste livro partiremos de estatísticas, relatos biográficos e análise de discurso para conhecermos um pouco melhor a classe média portuguesa. Como vive, como se reproduz, que dificuldades enfrenta, como se mobiliza politicamente, que estilos de vida desenvolve. Mostraremos como é frágil e assustada, espremida e comprimida, em particular após a grande crise.

Este livro termina uma trilogia. Volumes anteriores:
Os Burgueses - Quem são, como vivem, como mandam
As Classes Populares - A produção e a reprodução da desigualdade em Portugal

Autor:

Francisco Louçã é economista, professor catedrático no ISEG e investigador na área da macroeconomia, finanças e história das ideias económicas. Foi um dos fundadores e coordenadores mais carismáticos do Bloco de Esquerda, deputado entre 1999 e 2013 e é membro do Conselho de Estado. Mantém-se uma das vozes mais relevantes do comentário político e social em Portugal.

Autor:

João Teixeira Lopes é doutorado em Sociologia e professor catedrático da FLUP. Foi deputado do Bloco de Esquerda (2002-2007) e mandatário distrital, pelo Porto, da candidatura de Fernando Rosas à Presidência da República.

Autora:

Lígia Ferro é licenciada em Sociologia e doutorada em Antropologia Urbana. É investigadora do ISUP e do CIES-IUL e é docente auxiliar convidada do Departamento de Sociologia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • A Recriação do Mundo
    Não é segredo que a Alemanha e a URSS correram contra o tempo e contra os Estados Unidos da América para ...
  • 22.09.2019 13:21
  • Hugo Chávez, o colapso da Venezuela
    Gosto de estar bem informado e não fazer juízos sem conhecimento de causa. O governo da Venezuela tem ...
  • 02.09.2019 14:09
  • Autobiografia
    "Autobiografia" , o novo romance de José Luís Peixoto, é o 3º livro que leio deste autor. Os anteriores ...
  • 18.08.2019 17:41

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"A melhor receita para o romance policial: o detetive não deve saber nunca mais do que o leitor."
Agatha Christie