As Estradas São para Ir

Autora: Márcia
Género: Poesia
Edição: Out/2020
Páginas: 216
ISBN: 9789897774256
Editora: Planeta

 

 

Numa altura em que ficou sem poder cantar, devido a um problema numa corda vocal, Márcia encontrou, no meio do seu silêncio, um outro som precioso: a poesia.
Este livro é um encontro íntimo com esta voz interna de Márcia. Um conjunto de poemas, de pensamentos soltos anotados ao longo dos tempos, de trechos de canções cantados por todos, acompanhados por ilustrações da autora.
Uma espécie de autorretrato que a autora espera que encontre os recantos mais escuros e iluminados no coração de quem a lê.
Inclui ilustrações a cores da autora.
Prefácio de Catarina Furtado.

Márcia

Márcia é seguramente um dos talentos maiores da composição em língua portuguesa. Os seus discos atestam isso mesmo. Ao EP A Pele Que Há em Mim, seguiu-se Dá, Casulo, Quarto Crescente e Vai e Vem editado em 2018. Este último registo é o mais recente trabalho da viagem da compositora de excelência, que já escreveu para artistas como Ana Moura, António Zambujo e Sérgio Godinho, entre outros. Foi precisamente com o último disco que conquistou o Prémio José da Ponte da Sociedade Portuguesa de Autores e celebrou a sua década de trabalho no Coliseu dos Recreios, Lisboa. Nomeada duas vezes para os Globos de Ouro da SIC/ Caras com os temas A Pele Que Há em Mim e Tempestade, Márcia iniciou o seu percurso formando-se em Pintura pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa e relata, no seu primeiro livro, alguns dos caminhos que a levaram a ser hoje uma das artistas mais reconhecidas no panorama nacional.

0 comentários
0 likes
Anterior: Sem MáscaraSeguinte: O Urso Tobias queria ver a lua de perto

Comentar

Siga-nos no Facebook
Facebook Pagelike Widget
Últimos Livros Comentados
Tópicos recentes