Big Mal & Companhia

FaceBook  Twitter  

 

 

Autor: Gonçalo Pereira da Rosa
Género: Desporto
Edição: Ago/2018
Páginas: 320
ISBN: 9789897771224
Editora: Planeta

 

 

 

A histórica época de 1981-1982, em que o Sporting de Malcolm Allison conquistou a Taça e o Campeonato.
A arrebatadora época de 1981-1982 — quando o Sporting ganhou a Taça, o Campeonato, e ainda a Supertaça, no arranque da temporada seguinte — é parte incontornável do património sentimental de qualquer adepto leonino.
Foram meses incríveis, que Gonçalo Pereira Rosa conta num registo vibrante, dando vida a muitas histórias de bastidores da equipa liderada pelo enorme Malcolm Allison — ou Big Mal.

Os leitores vão recordar momentos grandiosos e surpreender-se com pormenores esquecidos ou nunca contados. Os feitos de Manuel Fernandes, Jordo, António Oliveira e companhia não vão deixar nenhum sportinguista indiferente. Contando com a memória de quase todos os principais intervenientes, complementada por uma exaustiva investigação, o autor constrói uma narrativa que se lê compulsivamente.
Um livro inspirador e emocionante que reconstitui um importante pedaço da história de um dos maiores clubes de Portugal e, logo, do desporto nacional. Agregador e intemporal, este é um documento histórico que todos os sportinguistas devem ler.

Deste autor no Segredo dos Livros:
O Inspetor da Pide que Morreu Duas Vezes

Autor:

Gonçalo Pereira Rosa nasceu em Lisboa em 1975. Jornalista desde 1994, trabalhou na imprensa desportiva, passou pela Lusa e integrou a equipa fundadora da edição portuguesa da National Geographic Magazine, da qual é diretor desde 2001.
Mestre em Comunicação Social pela Universidade Católica Portuguesa (UCP) e doutorado em Sociologia pelo ISCTE, é investigador do Centro de Estudos de Comunicação e Cultura da UCP com trabalho publicado sobre Ambiente, Ciência e a História do Jornalismo português no século XX.
Publicou os livros ‘A Quercus nas Notícias’ (Porto Editora, 2006); ‘Parem as Máquinas!’ (Parsifal, 2015); ‘A Gripe e o Naufrágio' (Arranha-Céus, 2016) e ‘O Inspetor da Pide que morreu duas vezes’ (Ed. Planeta, 2017).
É autor do blogue Ecosfera e de guiões para banda desenhada, como a reconstituição da história de Diogo Alves, o assassino do Aqueduto.

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • Autobiografia
    "Autobiografia" , o novo romance de José Luís Peixoto, é o 3º livro que leio deste autor. Os anteriores ...
  • 18.08.2019 17:41
  • A Dama do Quimono Branco
    Com este volume, termina a saga do Samurai Negro, constituída por uma trilogia de romances históricos ...
  • 29.07.2019 17:54
  • Crash
    Depois de ter lido "Arranha-Céus" de J. G. Ballard, um romance que me deixou a pensar seriamente nos ...
  • 10.07.2019 22:32

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"Como um dia alguém me ensinou, os bons amigos são como os livros, nunca partem de vez. Sempre ficam no nosso coração."
Alberto S. Santos, in Para lá de Bagdad