Coleccionadores de Sonhos

Autor: António Oliveira e Castro
Género: Romance
Edição: Jan/2017
Páginas: 496
ISBN: 9789896167509
Editora: Gradiva

 

 

Este é um livro que viaja no tempo e no espaço, da agonia do império colonial ao auge das lutas liberais do século XIX, das chanas de Angola às noites chuvosas da cidade do Porto. Coleccionadores de sonhos? Sim, de sonhos de liberdade, de justiça, de felicidade. Mas também coleccionadores de pesadelos, de revoluções frustradas, de amores desabridos, de abismos mortais.

Às personagens principais, Artur e Cloé, e às outras que com elas se entrelaçam, junta-se um baú – «havia algo de estranho naquele baú» – ponto de confluência e de intersecção de geografias, histórias e paixões. Um baú pelo qual Artur se deixa enfeitiçar quando o descobre num antiquário da Rua da Cedofeita, no Porto. Aliás, com as suas memórias e segredos, tonalidades e rumores, a Cidade Invicta transforma-se em hiperpersonagem de Coleccionadores de Sonhos.

«Nesta ficção literária, de matéria consistente e flexibilidade formal notável, António Oliveira e Castro conduz os leitores numa acelerada, às vezes vertiginosa, viagem pela história portuguesa dos últimos dois séculos.» Viriato Soromenho-Marques

Autor – António Oliveira e Castro

Autor:

António Oliveira e Castro nasceu  em Angola, no Bongo Lépi, em 1951.  Entre 1969 e 1971 publicou alguns  contos no jornal ABC de Angola, um  dos quais foi premiado pela Câmara Municipal de Luanda.  Publicou o livro de poesia Eu, a minha terra e a minha gente.  Em 1974, publicou Canções clandestinas da revolta latente (poesia).  Livros do autor publicados em Portugal:  Houve mesmo um Dia de Desespero  em Que Se Cultivaram Campos de Cicuta (1985, Caminho – poesia)  As Planícies donde Vim (1987, Caminho – poesia)  A Especiaria (2007, Guerra e Paz – romance), Tambwe – A Unha do Leão (2011, Gradiva – romance) e Coleccionadores de Sonhos (2017, Gradiva – romance), que foi semifinalista do Prémio Oceanos 2018.

0 comentários
0 likes
Anterior: A Aluna que Bateu no ProfessorSeguinte: Fátima – Milagre ou construção?

Comentar

Siga-nos no Facebook
Facebook Pagelike Widget
Últimos Livros Comentados
Tópicos recentes