Conspiração 365 - Setembro

FaceBook  Twitter  

conspiracao365setembrojpg

 

 

 

Autora: Gabrielle Lord
Coleção: Conspiração 365 (Vol. 9)
Edição: Set/2011
Páginas: 200 
ISBN: 9789896661021
Editora: Contraponto

 

 

Convencido de que Oriana esteve por trás do rapto da sua irmã, Cal junta-se a Boges para arquitectarem um plano a fim de conseguirem obter as informações de que tanto precisam. Para isso, introduzem um aparelho de escuta na casa de Oriana, disparando-o através da janela. Será que espiar esta mulher irá revelar a localização da Jóia e do Enigma ou, em contrapartida, colocar Cal na linha de fogo? 

Com os seus inimigos a aumentarem à velocidade que diminuem os seus dias, Cal arrisca quase tudo para permanecer vivo e recuperar a sua antiga vida. O relógio não pára… Cada segundo pode ser o último… Uma aventura de cortar a respiração!

 Consulte os volumes anteriores desta série (Janeiro a Agosto) no Segredo dos Livros.

Autora:

Gabrielle Lord, autora premiada e uma das romancistas de thriller australianas de maior sucesso, começou a dedicar-se à escrita por volta dos trinta anos. Apesar do fracasso dos seus primeiros livros, as obras seguintes alcançaram reconhecimento a nível internacional e foram adaptadas à televisão, o que lhe permitiu passar a escrever a tempo inteiro. Dedicou-se a acompanhar cientistas, detectives e antropologistas forenses e a trabalhar numa empresa de segurança privada para se inspirar na sua escrita.
Conspiração 365, uma série de 12 volumes, é o seu maior sucesso.

Visite o site da coleção: http://www.conspiracy365.com/
Mais informações em: http://conspiracao365.blogspot.com

Comentários  

 
+1 #1 Patrícia Matos 2011-10-24 22:06
Após o rapto da irmã e da última tragédia, Cal perde a esperança de voltar a ter a sua vida como antes. Mas um milagre acontece e Cal ganha forças para enfrentar os seus inimigos. A esperança é a última a morrer e os milagres acontecem. Cal assim acredita desde o início do ano e continuar ainda vivo, mesmo depois do que tem passado, é de facto um milagre. Cal crê que foi a Oriana que esteve envolvida no rapto da irmã. Decide juntar-se ao seu amigo Boges e arranjar um plano para obter mais informações. Com algum esforço, introduzem uma escuta na casa de Oriana. Pretendem descobrir a localização da Jóia e do Enigma, mas será que conseguem? Não será fácil e, se for descoberto, Cal poderá arriscar mais uma vez a sua vida. O desespero para recuperar a sua vida e voltar para junto da sua família dá lhe coragem para se aventurar, pois o tempo que lhe resta é cada vez menos.
Conspiração 365 – Setembro é mais um volume surpreendente da série Conspiração 365 da autoria de Gabrielle Lord.
Neste volume os perigos e as perseguições continuam a atormentar a vida de Cal. A autora traz-nos momentos emocionantes e completamente imprevisíveis, sempre com muita acção e suspense. Todas as personagens que surgiram ao longo da série têm se revelado aos poucos, de forma cativante e intrigante. Desta vez, a Winter desvenda-nos um pouco mais a sua vida e a morte dos seus pais. Cal está cada vez mais maduro, ágil e perspicaz, tem sido muito agradável seguir o seu crescimento.
A escrita é fluída e contagiante, sempre com um ritmo vertiginoso.
A contagem decrescente continua e, nesta fase, o leitor fica cada vez mais curioso com o desfecho da série. Resta-me esperar pelo próximo mês de Outubro.
Recomendo.
 

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • Limões na Madrugada
    Carla M. Soares fez uma pausa nos romances históricos (que espero não passe de uma breve pausa) para ...
  • 02.12.2017 13:57
  • Ramalho Eanes: O Último General
    Para comentar este livro, tenho de distinguir o tema e a fidelidade à realidade histórica, da forma como ...
  • 28.11.2017 22:57
  • Bala Santa
    A nova edição foi o pretexto para, finalmente, conseguir arranjar tempo para ler este livro do saudoso ...
  • 24.11.2017 17:01

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"O livro, por aquilo que promete, não deixa de ser um conceito que ciclicamente surge como uma ameaça à harmonia pública, pelo conluio que estabelece com quem o lê."
João Paulo Borges Coelho, in Rainhas da Noite