De Anne Frank a Hitler, de Darwin a Deus

Autor: José Jorge Letria
Género: Contos
Edição: Out/2020
Páginas: 160
ISBN: 9789897025822
Editora: Guerra & Paz

 

 

Cartas que nunca chegaram ao destino
O que teria escrito Anne Frank a Adolf Hitler, Darwin a Deus, Jesus Cristo a Maomé? Dezenas de protagonistas da História reencontram-se neste livro original, que dá corpo às palavras que ficaram por dizer.
José Jorge Letria, escritor com vasta obra publicada, traduzida e premiada, criou um conjunto de cartas imaginárias, baseadas em factos históricos, recuperando assim a tradição da ficção epistolar. Seria improvável que Groucho Marx decidisse escrever a Karl Marx, Pablo Neruda a Augusto Pinochet ou Humberto Delgado a Salazar. Mas o que teriam escrito se porventura tivessem tido ocasião de o fazer?
Vidas que se completaram ou se destruíram reencontram-se num exercício de reconciliação, despedida ou revelação, em que grandes homens e mulheres, heróis e vilões da História, falam de temas universais como o amor, a saudade e o arrependimento.

Deste autor no Segredo dos Livros (excepto juvenis):
Um Mundo Aflito – Memória de um Tempo de Ausência
Coração sem Abrigo
Fernando Tordo – Não Houve Geração Mais Rica do Que a Nossa
Os Vencidos da História
Mal por Mal, Antes Pombal
Entre Cães e Gatos – Os animais da minha vida
D. Dinis, Um Destino Português
A Volta ao Medo em Oitenta Dias
Um Amor Português
Refugiados – 50 Vidas sem Pátria e com História
Manuel Maria Carrilho: Ser Contemporâneo do Seu Tempo
Grandes Histórias de Amor
Quem Assim Falou – Grandes Frases de Todos os Tempos
A História Pelo Buraco da Fechadura

Autor – José Jorge Letria

Autor:

José Jorge Letria, nascido em 1951, autor de uma vasta obra literária que começou a ser publicada em livro em 1973, é um dos mais destacados criadores de livros para crianças e jovens em Portugal, com numerosos prémios recebidos. Traduzido para mais de dez idiomas, recebeu dois Grandes Prémios da Associação Portuguesa de Escritores, dois prémios Eça de Queirós – Município de Lisboa, o Prémio Internacional UNESCO, o Prémio Nacional «O Ambiente na Literatura Infantil» (três vezes), o Prémio Aula de Poesia de Barcelona, o Prémio da Associação Paulista de Críticos de Arte e ainda o Prémio da Fundação Nacional do Livro Infantil (Brasil).
Integrou, com José Afonso, Adriano Correia de Oliveira e Manuel Freire, entre outros, o movimento da canção de resistência, tendo sido agraciado em 1997 com a Ordem da Liberdade.
É presidente da Direção e do Conselho de Administração da Sociedade Portuguesa de Autores, presidente do Comité Europeu da Confederação Internacional de Sociedades de Autores e Compositores e membro da Direção do Grupo Europeu de Sociedades de Autores e do Comité Executivo do Writers and Directors Worldwide.

Saiba mais em www.josejorgeletria.net

0 comentários
0 likes
Anterior: Uma Adolescente à Beira de Um Ataque de NervosSeguinte: Dias e Dias

Comentar

Siga-nos no Facebook
Facebook Pagelike Widget
Últimos Livros Comentados
Tópicos recentes