De Lisboa a La Lys

Autor: Filipe Ribeiro de Meneses
Género: História de Portugal
Edição: Mar/2018
Páginas: 344
ISBN: 9789722064569
Editora: Dom Quixote

 

 

 

O corpo expedicionário Português na Primeira Guerra Mundial
9 de abril de 1918 foi um dos dias mais mortíferos na história militar de Portugal. Numa só manhã, perto de 400 portugueses morreram, muitos mais foram feridos e o número de prisioneiros rondou os 6600.
O Corpo Expedicionário Português (CEP), símbolo máximo do esforço de guerra nacional durante a Primeira Guerra Mundial, desapareceu dos campos de batalha franceses enquanto unidade organizada.

A jovem República apostara forte na constituição do CEP e seu envio para a Frente Ocidental, e perdera.
Neste volume Filipe Ribeiro de Meneses regressa ao tema da participação portuguesa na Primeira Guerra Mundial, propondo uma nova interpretação das causas e das consequências do desastre sofrido em La Lys.

Autor – Filipe Ribeiro de Meneses

Autor:

Filipe Ribeiro de Meneses (Lisboa, 1969) doutorou-se no Trinity College Dublin e leciona no Departamento de História da National University of Ireland, Maynooth. É o autor de, entre outras obras, União Sagrada e Sidonismo: Portugal em Guerra, 1916-1918 (2000), Franco and the Spanish Civil War (2001) e Afonso Costa (2010). Vive atualmente em Dublin com a sua mulher e dois filhos.

0 comentários
0 likes
Anterior: Cadáveres às CostasSeguinte: Uma Aventura no Palácio das Janelas Verdes

Comentar

Siga-nos no Facebook
Facebook Pagelike Widget
Últimos Livros Comentados
Tópicos recentes