Educação Siberiana


Autor: Nicolai Lilin
Edição: 2010
Páginas: 396
Editor: Objectiva

Nikilai Lilin tem apenas 30 anos, mas já tem para contar uma história de vida extraordinária. Herdeiro de uma linhagem ancestral de guerreiros, Nicolai dá a conhecer neste romance a sua juventude singular no seio de uma comunidade de criminosos siberianos que dão pelo nome de Ucra. Deportados por Estaline para a Transnistria, uma região remota na fronteira com a Moldávia, os Ucra regem-se por regras muito próprias, legadas de geração pelos mais velhos, sábios depositários das tradições da comunidade. Em aparente contradição com o seu estatuto marginal, os Ucra siberianos transmitem aos jovens o seu forte sistema moral, em que imperam valores como a seriedade, a coragem, a verdade, a determinação e, acima de tudo, a honestidade. O objectivo é ajudarem os herdeiros da tradição urca a tornarem- se “criminosos honestos”. É no seio desta comunidade que Nikolai, agora viver em Itália, cresce e recebe a sua “educação.”
Aos seis anos, é-lhe oferecida a primeira faca, aos doze é detido por tentativa de homicídio e, quando atinge a maturidade, é orgulhosamente nomeado tatuador pelo seu mestre – uma honra de que poucos são dignos.
Na comunidade dos Urca, a arte da tatuagem é uma tradição sagrada, é uma linguagem em código que grava na pele a história de vida que não se pode contar de outra forma.

Autor:
Nicolai Lilin. de origem siberiana, nasceu na região da Transnistria em 1980. Vive há alguns anos em Itália, onde trabalha como tatuador. Este é o seu primeiro livro.

1 comentários
0 likes
Anterior: O Viajante do SéculoSeguinte: Segunda Oportunidade

Comments

  • Carla Alexandra Silva

    Julho 7, 2010 at 15:17
    Reply

    Educação Siberiana é a história real e chocante sobre o crime numa comunidade russa. Nicolai, o autor, narra, baseando-se em factos verídicos, a sua infância, o mundo onde cresceu. Um mundo que se rege pelas suas próprias leis e costumes. Um mundo onde ser criminoso é algo que se aprende desde pequenino, que se aprende com a família, é profissão de respeito. Onde a lealdade, a família, o respeito aos mais velhos eram valores base e indiscutíveis. Onde ser preso numa instituição para menores era visto com orgulho e fazer a guerra e matar eram parte fundamental da educação de […] Ler Mais...Educação Siberiana é a história real e chocante sobre o crime numa comunidade russa. Nicolai, o autor, narra, baseando-se em factos verídicos, a sua infância, o mundo onde cresceu. Um mundo que se rege pelas suas próprias leis e costumes. Um mundo onde ser criminoso é algo que se aprende desde pequenino, que se aprende com a família, é profissão de respeito. Onde a lealdade, a família, o respeito aos mais velhos eram valores base e indiscutíveis. Onde ser preso numa instituição para menores era visto com orgulho e fazer a guerra e matar eram parte fundamental da educação de qualquer jovem. Aprendiam desde muito cedo o valor dado às armas e à liberdade. Seguimos a autor à medida que cresce em toda esta aprendizagem, num mundo de constante violência e de sobrevivência. Aprendemos que a tatuagem não é um marca na pele e que a palavra honesto também ela pode ter um significado completamente diferente. Um livro que nos faz pensar e compreender melhor outras realidades. A verdade é que nem tudo é tão linear como parece, quando falamos de escolhas de vida. Uma leitura muito interessante, especialmente quando pensamos que a pessoa que viveu tudo aquilo, escreveu este livro. Read Less

Comentar