As Extraordinárias Aventuras da Justiça Portuguesa

FaceBook  Twitter  

 

 


Subtítulo:
Histórias insólitas de juízes, advogados, procuradores e de todos nós
Autora: Sofia Pinto Coelho
Edição: 2009
Páginas: 230
ISBN: 9789896261863
Editora: Esfera dos Livros

 

As histórias que vai encontrar neste livro podem parecer insólitas, estranhas, até surreais, mas são verídicas. Da história da Juíza que resolveu um problema de barulho despejando água para casa dos vizinhos, ou do advogado que para obter cópia de um processo se viu obrigado a levar a fotocopiadora para o tribunal…  E muitas mais.

A jornalista Sofia Pinto Coelho, especialista em temas de justiça e Direito, acompanhou a maioria dos casos aqui relatados e traça um retrato real, divertido, mas rigoroso da justiça portuguesa. Há histórias que parecem quase anedotas, mas há outras que tiveram um efeito trágico na vida dos seus protagonistas.

Autora:

Sofia Pinto Coelho é jornalista. Nasceu em Lisboa, em 1963. Licenciada em Direito pela Universidade de Lisboa, trabalha na SIC desde 1992.  Autora, entre outros, dos programas televisivos O Último Corretor, Falar Direito, Perdidos e Achados, Condenados, A Prova, Cinco Destinos, Carta ao Meu Avô e Renegados.  Ganhou os prémios Especial do Júri (Festival de Cinema de Cartagena de las Índias, Colômbia), Justiça e Comunicação Social Dr. Francisco Sousa Tavares (Ordem dos Advogados), Melhor Uso de Arquivos (Federação Internacional dos Arquivos de Televisão) e Melhor Programa de Televisão (Sociedade Portuguesa de Autores). Publicou Jornalistas e Tribunais, As Extraordinárias Aventuras da Justiça Portuguesa e O Meu Avô Luís.

Comentários  

 
+1 #1 fernanda carvalho 2009-12-14 23:06
Esta foi uma leitura interessante! Eis um livro pejado de casos, alguns dos quais já ouvimos falar nas notícias, outros que se assemelham a anedotas e outros ainda que nos mostram o estado deplorável da justiça em Portugal. Li histórias que me fizeram rir, mas também li histórias que me deixaram triste e horrorizada.
Foi no entanto uma leitura que acho ter valido a pena, pois acabei por perceber que a culpa não pode recair apenas em cima desta ou daquela pessoa ou até mesmo de uma instituição.
Há muita coisa mal na Justiça portuguesa, e acredito que, mesmo com muito boa vontade, dificilmente irão conseguir encontrar o caminho certo. Há muitos, muitos anos de trabalho mal feito, não só por muitos juízes, mas também por muitos funcionários judiciais, advogados, políticos, etc... Já é o próprio sistema que está mal. Se não houver uma reforma de raiz, vai ser complicado mesmo.

No entanto, e como acho que devemos retirar essencialmente o que é bom, deixo aqui uma das histórias que me fez sorrir:
(...) conta-se a história de um homem do Norte que perguntou ao seu advogado se não deveria enviar um presunto ao juiz antes de ele ditar a sentença. O advogado desaconselhou-o vivamente, explicando-lhe que aquele juiz era impoluto e que isso até se poderia virar contra eles. No fim do julgamento, o homem ganhou o processo. O advogado disse então para o cliente:
Advogado: Está a ver… Queria você enviar um presunto ao juiz…!
Cliente: E mandei!
Advogado: Mandou…?!
Cliente: Sim, mas com um cartão a dizer que era da parte contrária!
(…)
 

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • Deixem Passar o Homem Invisível
    Dez anos depois de ter vencido o Grande Prémio de Romance e Novela APE/DGLB 2009, regressa em nova ...
  • 25.03.2020 23:36
  • O Caçador de Brinquedos
    Se gosta de ficção científica, não deixe de ler este livro! João Barreiros é considerado um dos ...
  • 12.03.2020 16:59
  • A Morte do Papa
    Depois de ter lido todos os livros anteriores de Nuno Nepomuceno, este foi o primeiro em que tive ...
  • 24.02.2020 00:22

Últimos Tópicos

    • Frecha
    • - Frecha, toda a magia tem um preço, sabes disso. Tens a certeza que queres...
    • há 1 semana 2 horas
    • Frecha (Saga "Os castros")
    • "- Frecha, toda a magia tem um preço, sabes disso. Tens a certeza que queres...
    • há 1 semana 2 horas
    • Espaço para livros
    • Uma maneira simples e barata é embrulhá-los em rolo autoaderente, daquele que...
    • há 2 meses 4 dias
    • Melhores Livros De Romance
    • Obrigado pela partilha! Diversos desses livros têm nomes diferentes na edição...
    • há 2 meses 5 dias

Uma Pequena Palavra...

"Os filmes dizem-nos o que pensar. Um bom livro deixa-nos escolher alguns pensamentos por nós próprios."
Karen Marie Moning in Anoitecer