Feitiços de Amor

Autora: Barbara Bretton
Edição: 2009
Páginas: 296
ISBN: 9789898228192
Editora: Quinta Essência

 

Parece uma vila bucólica igual a tantas outras, mas esconde um segredo antigo de todos os visitantes…
Sugar Maple é uma terra encantada habitada por feiticeiras, fadas, vampiros e outras criaturas mágicas. Chloe Hobbs é a única que não tem poderes especiais naquele lugar onde nada é o que parece.
Chloe é a proprietária da Sticks & Strings, uma popular loja de artigos de tricô. Mas é também a última descendente de uma longa dinastia de feiticeiras com o futuro de Sugar Maple nas mãos.

Chloe sabe que tem de se apaixonar para receber os poderes mágicos e continuar a proteger a sua terra natal. Mas, aos 30 anos, ainda sonha com o verdadeiro amor e as amigas decidem lançar feitiços para a ajudar a encontrar o homem dos seus sonhos. O que ninguém esperava era que Chloe se apaixonasse perdidamente por Luke MacKenzie, o polícia destacado para investigar o primeiro crime ocorrido em Sugar Maple e cem por cento humano. Se o amor abre finalmente a porta aos seus poderes mágicos, esses mesmos poderes impedem Chloe de sonhar com um futuro ao lado de Luke…
Feitiços de Amor é o primeiro livro de uma nova série da autora em que o amor, a magia e o mistério se combinam e penetram na vida dos habitantes de uma terra encantada…

Veja aqui o booktrailer da edição original.

Autor – Barbara Bretton

Autora:

Barbara Bretton nasceu em 1950, em Nova Iorque. É autora de cerca de quarenta romances, marcando regularmente presença na lista dos mais vendidos do USA Today. Os seus livros estão publicados em mais de vinte países, ultrapassando os dez milhões de exemplares vendidos em todo o mundo. Ao longo da sua carreira foi distinguida com vários prémios, designadamente o Reviewer’s Choice Award e o Career Achievement Award, atribuídos pela revista Romantic Times.
Bretton vive em Nova Jérsia, mas gosta de passar o máximo de tempo possível no Maine com o seu marido, a passear nas praias rochosas e a sonhar com enredos para novos livros.
Saiba mais em barbarabretton.com

15 comentários
0 likes
Anterior: Feitiços de Amor, um romance mágicoSeguinte: O Cônsul Desobediente

Comentários

  • Raquel

    Julho 5, 2011 às 10:39
    Responder

    Estando habituada a histórias em que as criaturas mágicas habitam no mundo humano e elas são as “diferentes”, nesta história Chloe é que é a humana numa terra mágica e completamente protegida da criminalidade. Por isso, esta terra não tem uma central policial, hospitais e nenhuma taxa de mortalidade.Filha de uma bruxa com um humano, Chloe é dona de uma loja muito conhecida pelos turistas de todo o mundo, onde fabrica e dá aulas de tricô.Livre de magia, Chloe tem de continuar o que os seus antepassados fizeram, proteger a terra com um feitiço que elimina a criminalidade, mas no […] Ler Mais...Estando habituada a histórias em que as criaturas mágicas habitam no mundo humano e elas são as “diferentes”, nesta história Chloe é que é a humana numa terra mágica e completamente protegida da criminalidade. Por isso, esta terra não tem uma central policial, hospitais e nenhuma taxa de mortalidade.Filha de uma bruxa com um humano, Chloe é dona de uma loja muito conhecida pelos turistas de todo o mundo, onde fabrica e dá aulas de tricô.Livre de magia, Chloe tem de continuar o que os seus antepassados fizeram, proteger a terra com um feitiço que elimina a criminalidade, mas no entanto, não tendo magia, não o pode renovar. E por isso mesmo, Suzane, uma visitante, é assassinada não se sabe bem porquê. Aí entra Luke, um polícia amigo da vítima que se muda para a terra de maneira a investigar a sua morte.Os habitantes tentam de tudo para esconder quem são verdadeiramente e recebem o humano contra a sua vontade, para não dar nas vistas e não revelar o segredo que tanto tentam esconder do resto do mundo.O que ninguém esperava é que Chloe recebesse os seus poderes mágicos quando se apaixonasse, muito menos por Luke, um simples humano.Um romance mágico e completamente cativante que eu adorei desde o início até ao fim. Read Less

  • Inês Santos

    Março 22, 2011 às 22:59
    Responder

    Apesar da história de Chloe me ter contentado desde o início, não me entusiasmei particularmente com a sua paixão e talento no tricô.A este aspecto soma-se o facto da escrita de Barbara Bretton ser um pouco infantil, o que resulta numa linguagem para jovens, com um conteúdo para adultos. Claro que este conteúdo a que me refiro não se limita apenas à temática das lãs e outros tecidos, mas também a uma cena mais intima no segundo volume ou aos acontecimentos no geral da vida da personagem principal.Em contrapartida, gostei bastante das personagens e dos cenários. Mas mesmo estas estavam […] Ler Mais...Apesar da história de Chloe me ter contentado desde o início, não me entusiasmei particularmente com a sua paixão e talento no tricô.A este aspecto soma-se o facto da escrita de Barbara Bretton ser um pouco infantil, o que resulta numa linguagem para jovens, com um conteúdo para adultos. Claro que este conteúdo a que me refiro não se limita apenas à temática das lãs e outros tecidos, mas também a uma cena mais intima no segundo volume ou aos acontecimentos no geral da vida da personagem principal.Em contrapartida, gostei bastante das personagens e dos cenários. Mas mesmo estas estavam um pouco sub-desenvolvidas, incluindo as ruas, a vila e as habitações, e a fisionomia de algumas personagens, tanto principais como secundárias.Terminado o Feitiços de Amor, pensei que o livro seguinte fosse baseado em novas aventuras de Chloe. Por isso, ao ler A Magia do Amor e ao deparar-me com personagens como Isadora, Karen e Steffie, fiquei com a ideia de que estas foram criadas e inseridas na história de forma forçada.Estas trouxeram mais cenas mágicas, e isso foi um ponto positivo no início, mas que acabou por ser negativo, visto que estas mesmas cenas se tornaram muito abstractas e confusas.Tanto o final de um como do outro volume foram muito bem conseguidos; por isso, só me resta esperar que o próximo venha anular as opiniões negativas dos anteriores. Read Less

  • Júlia

    Março 6, 2011 às 23:09
    Responder

    Não posso dizer que tenha sido um grande livro, mas foi com toda a certeza um livro cheio de magia, delicioso e leve, para ler depois de alguma coisa mais complexa, e que me transportou para uma vila cheia de pessoas mágicas e ainda com um toque de romance ternurento e humor. Delicioso!!!Recomendo!!!Quero

  • Carla Faleiro

    Janeiro 12, 2011 às 10:59
    Responder

    Um ano começado em grande, em termos de leituras... Este livro delicioso que nos faz querer ler de uma assentada só toda a sua estória, faz com que passemos a adorar todos os seres estranhos que possam existir (ou não...).É o romantismo ao rubro!!

  • veronica silva

    Novembro 22, 2010 às 12:11
    Responder

    Este livro é fantástico. Uma vila aparentemente normal, mas que é habitada por vampiros, fadas, trolls e uma humana que é proprietária de uma loja de lãs e se apaixona por um polícia.Adorei imaginar estes cenários e houve pormenores que me encantaram, como, por exemplo, as fadas deixarem um pó brilhante à sua passagem, e o facto de que, quando Chloe e Luke se tocam, saltam faíscas. É um livro óptimo para puxar pela imaginação. Posso dizer que, durante algumas horas, vivi em Sugar Maple.

  • Fátima Rodrigues

    Junho 20, 2010 às 23:38
    Responder

    Gostei imenso deste livro. Trata-se de um conto de fadas moderno. A escrita é simples e cativante, prendendo-nos da primeira à última página. Vive-se num mundo irreal, do fantástico, com fadas, trolls, vampiros e tudo o mais imaginável. Neste mundo, Chloe é como que a rainha que tem de assumir o seu lugar apaixonando-se para que passe de mortal a feiticeira e se mantenha o feitiço que protege a localidade onde vivem refugiados, localidade essa construída à semelhança de Salem, dos humanos, que assim são iludidos a verem o que esperam e não o que lá existe. Neste livro a […] Ler Mais...Gostei imenso deste livro. Trata-se de um conto de fadas moderno. A escrita é simples e cativante, prendendo-nos da primeira à última página. Vive-se num mundo irreal, do fantástico, com fadas, trolls, vampiros e tudo o mais imaginável. Neste mundo, Chloe é como que a rainha que tem de assumir o seu lugar apaixonando-se para que passe de mortal a feiticeira e se mantenha o feitiço que protege a localidade onde vivem refugiados, localidade essa construída à semelhança de Salem, dos humanos, que assim são iludidos a verem o que esperam e não o que lá existe. Neste livro a bruxa má é a fada Isadora e um dos seus filhos gémeos, enquanto que o outro é o grande apaixonado por Chloe e seu melhor amigo. Mas tudo se descompõe quando surge o polícia Luke, que vem investigar um crime, coisa rara e que todos atribuem à perda de poder do feitiço protector da localidade.Gostei! Read Less

  • Angelina Rosa Nogueira Santos Violante

    Abril 16, 2010 às 16:18
    Responder

    Um livro deveras delicioso deste o primeiro instante até à última página.Ao ler este livro, foi como se voltasse atrás no tempo e voltasse a ser criança novamente. Fez-me sentir bem e cheia de alegria, como as crianças.É uma linda história de amor, com muita magia e seres de outra dimensão, como fadas, trolls. Só senti falta de um dragão, mas nisso sou suspeita, pois adoro histórias com dragões.Quem gosta de sonhar deve ler este livro.

  • Lígia Teixeira

    Fevereiro 20, 2010 às 22:33
    Responder

    Este romance cheio de magia e momentos bem-humorados foi uma boa surpresa e superou as minhas expectativas.Não sou grande fã de fantasia e quando o livro saiu e li a sinopse, a parte da magia, feiticeiras, vampiros e esses personagens fantásticos em vez de me atrair, foi-me afastando, levando-me a adiar esta leitura. Fiquei desconfiada e achei que seria apenas mais um romance lamechas, cheio de criaturas fantásticas e surreais, sem uma história que se aguentasse por si só.Estava enganada... Sim, tem magia, tem criaturas surreais, a própria vila é surreal, tem romance, mas também tem uma escrita belíssima e […] Ler Mais...Este romance cheio de magia e momentos bem-humorados foi uma boa surpresa e superou as minhas expectativas.Não sou grande fã de fantasia e quando o livro saiu e li a sinopse, a parte da magia, feiticeiras, vampiros e esses personagens fantásticos em vez de me atrair, foi-me afastando, levando-me a adiar esta leitura. Fiquei desconfiada e achei que seria apenas mais um romance lamechas, cheio de criaturas fantásticas e surreais, sem uma história que se aguentasse por si só.Estava enganada... Sim, tem magia, tem criaturas surreais, a própria vila é surreal, tem romance, mas também tem uma escrita belíssima e tão límpida e natural que nos faz parecer que tudo o que é descrito seria perfeitamente possível... Elfos, gigantes das montanhas, fadas... porque não? Mergulhamos naquela vila sem dar por isso e até ficamos com pena de não vivermos lá... E a história está bem construída com um final que faz adivinhar "cenas dos próximos capítulos".É um livro leve e airoso para as leitoras românticas se deleitarem, sorrirem e ficarem expectantes. Tem todos os ingredientes bem doseados e misturados numa escrita que me agradou bastante e proporcionou umas excelentes horas de leitura. Read Less

  • Carla Alexandra Silva

    Fevereiro 18, 2010 às 22:31
    Responder

    Um livro simples e no entanto fascinante. A história é igual a tantas outras, rapaz conhece rapariga. No entanto, o leque de personagens é completamente espectacular, nunca vi tantas personagens fascinantes num livro só. Está repleto de magia do princípio ao fim e damos por nós a querer morar naquela terra e conviver com tudo aquilo. É um livro que, apesar de não surpreender, vale a pena ler. Vão passar, de certeza, umas horinhas bem dispostos.

  • Joana Dias

    Janeiro 29, 2010 às 21:54
    Responder

    É um livro de fantasia para um público mais adulto. Tem uma escrita simples e acessível. É interessante a forma como a autora consegue juntar uma realidade absolutamente normal e semelhante à nossa com todo um mundo de fantasia secreto, que está mesmo à frente dos olhos dos humanos mas oculto por um poderoso feitiço.Gostei do livro, é fácil de ler e tem uma história divertida. No entanto, parece que a parte da fantasia é quase secundária para história, servindo quase apenas de justificação para o elemento proibido do romance. Pareceu-me também que a autora deu demasiada importância ao tricot, […] Ler Mais...É um livro de fantasia para um público mais adulto. Tem uma escrita simples e acessível. É interessante a forma como a autora consegue juntar uma realidade absolutamente normal e semelhante à nossa com todo um mundo de fantasia secreto, que está mesmo à frente dos olhos dos humanos mas oculto por um poderoso feitiço.Gostei do livro, é fácil de ler e tem uma história divertida. No entanto, parece que a parte da fantasia é quase secundária para história, servindo quase apenas de justificação para o elemento proibido do romance. Pareceu-me também que a autora deu demasiada importância ao tricot, quando este não era muito relevante para a história, para tentar alcançar alguma originalidade na história, mas apenas conseguiu com isso criar alguns momentos aborrecidos no livro.Mesmo assim, é um livro que vale a pena ser lido por quem gosto de um bom romance e para quem ainda acredita no verdadeiro amor e na pitada de magia. Read Less

  • Roberta Gonçalves

    Janeiro 21, 2010 às 23:06
    Responder

    Feitiços, Amor e TricôHá alturas em que nos aprecem livros que são como uma lufada de ar fresco nas nossas leituras e este é, sem dúvida, um excelente exemplo disso :-)Numa altura em que as minha leituras andam meio encalhadas, pego neste maravilhoso livrinho e devoro-o num instante, fazendo com que a vontade de ler regresse em grande :PUma história recheada de personagens bastante peculiares, desde as feiticeiras aos lobisomens, há um pouco de tudo. Mas a personagem mais importante é, sem dúvida, Chloe, filha de uma feiticeira mas sem quaisquer poderes: o seu único dom é o de tricotar […] Ler Mais...Feitiços, Amor e TricôHá alturas em que nos aprecem livros que são como uma lufada de ar fresco nas nossas leituras e este é, sem dúvida, um excelente exemplo disso :-)Numa altura em que as minha leituras andam meio encalhadas, pego neste maravilhoso livrinho e devoro-o num instante, fazendo com que a vontade de ler regresse em grande :PUma história recheada de personagens bastante peculiares, desde as feiticeiras aos lobisomens, há um pouco de tudo. Mas a personagem mais importante é, sem dúvida, Chloe, filha de uma feiticeira mas sem quaisquer poderes: o seu único dom é o de tricotar maravilhosamente bem.Uma história com todos os ingredientes: amor, suspense e uma boa dose de humor.Adorei os truques do final e confesso que sinto uma certa inveja do grande cesto de lã de Chloe... aquele que nunca se esgota...Este é um livro que não devem perder :P Read Less

  • fernanda carvalho

    Dezembro 15, 2009 às 20:32
    Responder

    Adoro ler e quase tanto como isso, adoro ver filmes. Por essa razão não há que admirar que quando leio um livro acabo sempre por analizar o seu potencial para ser adaptado ao grande écran. Há livros que têm realmente um grande potencial, pela história em si ou pela forma como está contada, mas há outros, como este exactamente, que apesar de não possuírem uma história excepcional, pedem, gritam mesmo, para serem transformados em filme. Para vos falar deste livro tenho de perguntar se por acaso viram e se lembram do filme “Magia e Sedução” (com a Nicole Kidman e […] Ler Mais...Adoro ler e quase tanto como isso, adoro ver filmes. Por essa razão não há que admirar que quando leio um livro acabo sempre por analizar o seu potencial para ser adaptado ao grande écran. Há livros que têm realmente um grande potencial, pela história em si ou pela forma como está contada, mas há outros, como este exactamente, que apesar de não possuírem uma história excepcional, pedem, gritam mesmo, para serem transformados em filme. Para vos falar deste livro tenho de perguntar se por acaso viram e se lembram do filme “Magia e Sedução” (com a Nicole Kidman e a Sandra Bullock)?Pois bem, este livrinho aborda o mesmo tema – a magia.A história está pejada de fadas, bruxas, feiticeiras, trolls, duendes, vampiros, e todos os seres místicos que podem imaginar. Tem umas quantas lutas entre feiticeiras, autênticos combates, que quase nos fazem saltar da cadeira. E está escrita de uma forma muito engraçada, com um enorme sentido de humor.Chloe faz workshops de tricot e as lãs que vende na sua afamada loja, são certamente produto de uma qualquer magia. Mas Chloe já com trinta anos, é meia-humana, e o seu lado feiticeiro ainda não se revelou. Entretanto, e graças a essa demora, a vila onde mora e cuja verdadeira dimensão tem estado protegida do olhar humano através de um feitiço secular, começa a perder a sua protecção especial e algo tem de mudar quanto antes. Caso contrário certas forças ganharam poder e a pequena vila poderá desaparecer.É uma história incrivelmente mexida! Tem acção q.b. para nos deixar irrequietos até conseguirmos terminar o livro. Isto se a magia nos deixar, claro. ;-)Gostei imenso e diverti-me muitíssimo. Acho que é uma prenda engraçada para o Natal. Read Less

  • Vera Mouta

    Novembro 7, 2009 às 19:15
    Responder

    Bem este livro seguramente tem os personagens mais excêntricos que eu já li: trolls, selkies, vampiros, fadas e também entram 2 humanos :-)Conta-nos a história de Chloe que tem uma loja de artigos de tricô e que vive em Sugar Maple, uma terra onde ela é a única humana. Dá-se um assassínio na vila e um policia é destacado para investigar o caso. Como podem esperar ninguém na vila quer lá a polícia a "meter o nariz" onde não é chamada.E assim começa este livro que realmente como diz na capa é mágico.O livro está recheado de humor, magia e […] Ler Mais...Bem este livro seguramente tem os personagens mais excêntricos que eu já li: trolls, selkies, vampiros, fadas e também entram 2 humanos :-)Conta-nos a história de Chloe que tem uma loja de artigos de tricô e que vive em Sugar Maple, uma terra onde ela é a única humana. Dá-se um assassínio na vila e um policia é destacado para investigar o caso. Como podem esperar ninguém na vila quer lá a polícia a "meter o nariz" onde não é chamada.E assim começa este livro que realmente como diz na capa é mágico.O livro está recheado de humor, magia e romance. E como já referiram noutra opinião, poderá ser comparada ao conto de fadas com a princesa, o principe e a bruxa má com o seu fiel ajudante.O final do livro deixa tudo em aberto para a continuação deste, que será com o novo livro desta autora chamado - Laced with magic (agora quando sairá cá...é que é dificil de prever).Uma dúvida me surgiu nesta leitura, não sei se terá sido erro ou não, mas a tradutora lá para meio do livro tanto escreve Gunnar como Goober, quando se está a referir ao amigo da Chloe do ponto de vista do Luke...Eu sei que o Luke era terrível com nomes, mas quando ele se esquecia estava bem explícito como nesta frase: «...- Tem o número do...- Goober.Gomer.Como diabo se chamava ele?-Gonner?-Gunnar- respondeu ele....» Read Less

  • Maria João

    Novembro 4, 2009 às 14:19
    Responder

    Um livro perfeito:-)Comprei-o na altura do dias das bruxas, mas de assustador não tem nada e cativou-me completamente. Uma autora a reter e a esperar ansiosamente que mais algum livro seja publicado. Não lhe falta nada, tem uma história de amor linda, com alguns reveses, a bruxa má, vampiros. Enfim, um encanto!

  • Helena

    Novembro 2, 2009 às 12:18
    Responder

    Conto de fadasUm conto de fadas em que apenas falta começar com Era uma vez... e terminar com E foram felizes para sempre. Tem todas as personagens da nossa infância como fadas, lobisomens, vampiros, espiritos e outros. A história gira em torno da "princesa" (Chloe Hobbs) que receberá todos os seus poderes como feiticeira quando se apaixonar pelo "principe" (Luke MacKenzie), mas tem que vencer a pérfida Isadora e o seu gélido filho Dane. Não me encantou mas lê-se despreocupadamente.

Comentar

Siga-nos no Facebook
Facebook Pagelike Widget
Últimos Livros Comentados
Tópicos recentes