Felicidade

Autor: João Tordo
Género: Romance
Edição: Out/2020
Páginas: 328
ISBN: 9789897840401
Editora: Companhia das Letras

 

 

Lisboa, 1973
Nas vésperas da revolução, um rapaz de dezassete anos, filho de um pai conservador e de uma mãe liberal, cai de amores por Felicidade, colega de escola e uma de três gémeas idênticas.
As irmãs Kopejka são a grande atracção do liceu: bonitas, seguras, determinadas, são fonte de desejos e fantasias inalcançáveis.
Respira-se mudança – a Europa a libertar-se das suas ditaduras e Portugal a despedir-se da velha ordem – e vive-se a promessa da liberdade, com todos os seus riscos e encantos. É neste tempo e neste mundo, indeciso entre tradição e modernidade, que o nosso narrador cai num abismo pessoal.
A primeira noite de amor com Felicidade acaba de forma trágica, e o jovem vê-se enredado na malha inescapável das trigémeas Kopejka, três Fúrias que não tem poderes para controlar. À semelhança de uma tragédia grega, o herói encontra-se subjugado por forças indomáveis, preso entre dois mundos.
Felicidade é uma história de amor e assombração nas décadas que transformaram Portugal. Um romance enfeitiçante, repleto de ironia e humor, de remorso e melancolia, em que João Tordo aborda os temas do amor e da morte, e das pulsões humanas que os unem.

Deste autor no Segredo dos Livros:
Manual de Sobrevivência de um Escritor ou O Pouco Que Sei Sobre Aquilo Que Faço
Língua Mátria (obra coletiva)
A Noite em que o Verão Acabou
Anatomia dos Mártires
A Mulher Que Correu Atrás do Vento
O Ano Sabático
As Três Vidas
Hotel Memória
Ensina-me a Voar sobre os Telhados
O Deslumbre de Cecilia Fluss
O Paraíso Segundo Lars D.
O luto de Elias Gro
Biografia Involuntária dos Amantes

Autor – João Tordo

Autor:

João Tordo nasceu em Lisboa em 1975. Formado em Filosofia pela Universidade Nova de Lisboa, trabalhou como jornalista freelancer em vários jornais. Viveu em Londres e nos Estados Unidos. Em 2001, venceu o Prémio Jovens Criadores na categoria de Literatura e, mais tarde, o Prémio Literário José Saramago 2009 com As Três Vidas (2008), tendo sido finalista, com o mesmo romance, do Prémo Portugal Telecom, em 2011. Com o romance O Bom Inverno, publicado em 2010, foi finalista do prémio Melhor Livro de Ficção Narrativa da Sociedade Portuguesa de Autores e do Prémio Literário Fernando Namora; a tradução francesa integrou os finalistas da 6.ª edição do Prémio Literário Europeu. Da sua obra publicada constam ainda os romances: O Livro dos Homens sem Luz (2004), Hotel Memória (2007), Anatomia dos Mártires (2011), finalista do Prémio Literário Fernando Namora, O Ano Sabático (2013) e Biografia Involuntária dos Amantes (2014). Os seus livros estão publicados em sete países, incluindo França, Itália e Brasil.

Visite o blogue do autor joaotordo.blogs.sapo.pt

0 comentários
0 likes
Anterior: Maria e Sophia, Confidências e Desabafos – Apresentação em LisboaSeguinte: Um Tempo a Fingir

Comentar

Siga-nos no Facebook
Facebook Pagelike Widget
Últimos Livros Comentados