Feminino Singular

 

  

 

Autora: Sveva Casati Modignani
Edição: 2008
Páginas: 400
ISBN: 978-972-0-04184-5
Editora: Porto Editora

 

 

Martina: uma figura de mulher «singular». Amada por uns e criticada por outros, toda a sua vida esteve sob o olhar inquisidor das gentes de Vertova, incluindo o das próprias filhas…
No decurso da sua existência, dos anos quarenta aos nossos dias, através das mais complicadas vicissitudes, ela tentará encontrar o caminho para atingir a sua autêntica vocação de mulher – gerar a vida. Terá três filhas, de três homens diferentes, sem desposar nenhum deles.

A sua morte súbita, nas vésperas do Natal, provocará um tremendo choque no seio familiar, e será Vienna, a sua mãe, a desvendar os mais íntimos segredos dessa mulher tão enigmática. Através do seu relato, descobriremos que afinal elas têm mais em comum do que pensavam: todas são mulheres atraentes e independentes, que amaram e se deixaram amar, e que decidiram, sobretudo, enfrentar os cânones sociais em prol de um bem maior – a maternidade.

Autor – Sveva Casati Modignani

Autora:

Reconhecida como a signora do bestseller italiano, Sveva Casati Modignani é exímia em presentear os seus leitores com histórias repletas de enredos femininos e envolventes.
As suas obras estão traduzidas em 17 países e já venderam dez milhões de exemplares. Sveva é hoje uma das autoras mais lidas em Portugal.

Sveva Casati Modignani está no Facebook em www.facebook.com/SvevaCasatiModignani
Pode também consultar svevacasatimodignani.ormedilettura.com (em italiano)

2 comentários
0 likes
Anterior: Um Beijo na EscuridãoSeguinte: A Casa na Praia

Comentários

  • Sara Sousa

    Junho 20, 2010 às 19:04
    Responder

    Gostei, mas...Neste livro sabemos logo nas primeiras páginas a história da vida de Martina. Teve 3 filhas, cada uma de um dos homens que fizeram parte da sua vida e, no final, acaba casada com o amigo/amor de infância, Leandro. Ao longo do livro, vamos saltando entre o passado e presente, conhecendo mais pormenorizadamente a sua vida.Neste romance, unicamente dedicado às mulheres da família, os homens tomam um papel muito secundário e pouco sabemos deles, para além do essencial.Achei a história demasiadamente feminista e, a meu ver, faltou-lhe a crítica inerente de quem está nesta situação e vive numa aldeia!Achei […] Ler Mais...Gostei, mas...Neste livro sabemos logo nas primeiras páginas a história da vida de Martina. Teve 3 filhas, cada uma de um dos homens que fizeram parte da sua vida e, no final, acaba casada com o amigo/amor de infância, Leandro. Ao longo do livro, vamos saltando entre o passado e presente, conhecendo mais pormenorizadamente a sua vida.Neste romance, unicamente dedicado às mulheres da família, os homens tomam um papel muito secundário e pouco sabemos deles, para além do essencial.Achei a história demasiadamente feminista e, a meu ver, faltou-lhe a crítica inerente de quem está nesta situação e vive numa aldeia!Achei o final abrupto! As filhas de Martina assumem os seus amores antigos e pronto... Read Less

  • Lígia Teixeira

    Outubro 7, 2009 às 2:27
    Responder

    Muito bom...Desde 2007 que não pegava em nenhuma obra desta autora e nem eu fazia ideia das saudades que tinha de ler um livro assim, suave e aconchegante, como um cobertor macio onde nos enrolamos e esquecemos o mundo lá fora.Antes tinha lido, Baunilha e Chocolate, Qualquer Coisa de Bom e Uma Chuva de Diamantes, e gostei de todos, mas este suplantou-os nas minhas preferências. Li-o em duas noites.Nesta obra, deparei com uma história tão feminina e envolvente que mal me apercebi de ir virando as páginas. Quando dei por mim, o ciclo desta história familiar, de mulheres fortes, de […] Ler Mais...Muito bom...Desde 2007 que não pegava em nenhuma obra desta autora e nem eu fazia ideia das saudades que tinha de ler um livro assim, suave e aconchegante, como um cobertor macio onde nos enrolamos e esquecemos o mundo lá fora.Antes tinha lido, Baunilha e Chocolate, Qualquer Coisa de Bom e Uma Chuva de Diamantes, e gostei de todos, mas este suplantou-os nas minhas preferências. Li-o em duas noites.Nesta obra, deparei com uma história tão feminina e envolvente que mal me apercebi de ir virando as páginas. Quando dei por mim, o ciclo desta história familiar, de mulheres fortes, de mães e filhas, estava a fechar-se e eu com pena de ter de me "separar" daquelas personagens.Uma bela história da força feminina, do amor materno, de aceitação e união entre várias gerações de mulheres, todas com as suas singularidades, mas mais parecidas do que pensam, com uma história familiar muito mais rica do que algumas delas imaginam.Foi tempo a mais sem voltar a esta autora e sem dúvida que regressarei às suas obras em breve. Read Less

Comentar

Siga-nos no Facebook
Facebook Pagelike Widget
Últimos Livros Comentados
Tópicos recentes