Fernando Pessoa – O Romance

Autora: Sónia Louro
Edição: Nov/2014
Páginas: 448
ISBN: 9789896376741
Editora: Saída de Emergência

 

 

 

O primeiro romance biográfico de Fernando Pessoa.
Este é o romance biográfico de Fernando Pessoa, o poeta que foi muitos poetas. Órfão de pai aos cinco anos de idade, cedo perde a atenção da mãe quando esta volta a casar. Forçado a partir para a distante África do Sul, onde o nascimento de irmãos o isolam ainda mais, refugia-se em si mesmo e aí cria novos mundos.
No fim da adolescência regressa a Lisboa, na vã tentativa de resgatar os poucos momentos da vida em que fora feliz.

Aí conhece personalidades do mundo das artes e da literatura, como Almada Negreiros, Mário de Sá-Carneiro ou Adolfo Casais Monteiro. É um dos fundadores da Orpheu, uma revista artística que foi recebida com escândalo pela crítica.
Correspondente comercial, inventor, tradutor, editor, publicitário e astrólogo, Fernando Pessoa procurou várias formas de ganhar a vida. E até o amor lhe bateu à porta quando conheceu Ophélia Queiroz.
Fernando Pessoa – O Romance é uma obra magnífica, fruto de uma pesquisa meticulosa, e uma verdadeira homenagem ao maior poeta da língua portuguesa. Um poeta que Sónia Louro consegue dissecar, desvendando os seus segredos, medos, sonhos e, mais importante, a sua humanidade.

Desta autora no Segredo dos Livros:
O Cônsul Desobediente
Amália – O Romance da Sua Vida

Autor – Sónia Louro

Autora:

Sónia Louro nasceu em 1976 em França. Desde cedo apaixonada pelas Ciências e pela Literatura, acabou por optar academicamente pela primeira, mas nunca abandonou a sua outra paixão. Licenciou-se em Biologia Marinha, mas não perdeu de vista a Literatura, à qual veio depois a aliar a um outro interesse: a História.
Fruto desse casamento, já publicou entre nós A Vida Secreta de Dom Sebastião, O Cônsul Desobediente, A Verdadeira Peregrinação, Amália – O Romance da Sua Vida, Fernando Pessoa – O Romance e Eusébio – O Romance e ainda participou em Pulp Fiction Portuguesa, com outros autores. Sofisticada e minuciosa, é apaixonada pelas obras que escreve.

1 comentários
1 like
Anterior: Tudo o que ficou para trásSeguinte: O paraíso são os outros – Lançamento na Fundação O Século

Comentários

  • Sebastião Barata

    Dezembro 1, 2014 às 22:02
    Responder

    Por uma feliz coincidência, acabei hoje de ler o livro [i]Fernando Pessoa - o Romance[/i]. Na verdade, faz hoje 80 anos que foi editado [i]Mensagem[/i], o único livro a sério que Fernando Pessoa conseguiu publicar. Toda a sua vasta obra tem estado a ser publicada ao longo das últimas décadas e há ainda muito material a ser estudado, com vista à sua publicação. Além disso, ocorreu ontem, dia 30 de novembro, o 79º aniversário da morte deste grande poeta, filósofo e ensaísta, hoje um dos maiores pilares da moderna literatura portuguesa.Sónia Louro construiu uma narrativa verdadeiramente inovadora, ao escrever um […] Ler Mais...Por uma feliz coincidência, acabei hoje de ler o livro [i]Fernando Pessoa - o Romance[/i]. Na verdade, faz hoje 80 anos que foi editado [i]Mensagem[/i], o único livro a sério que Fernando Pessoa conseguiu publicar. Toda a sua vasta obra tem estado a ser publicada ao longo das últimas décadas e há ainda muito material a ser estudado, com vista à sua publicação. Além disso, ocorreu ontem, dia 30 de novembro, o 79º aniversário da morte deste grande poeta, filósofo e ensaísta, hoje um dos maiores pilares da moderna literatura portuguesa.Sónia Louro construiu uma narrativa verdadeiramente inovadora, ao escrever um volume de mais de 400 páginas pela boca da própria personagem e quase integralmente composta por textos da autoria do próprio Fernando Pessoa. Mesmo quando não é texto escrito pela mão do poeta, bem que o podia ter sido, porque a autora soube muito bem meter-se na pele dele, escrever como ele o faria e construir uma trama com nexo e sequência. Soube muito bem contornar o risco que correu de estender uma manta de retalhos composta por centenas de citações. É "o romance" de Fernando Pessoa, mas quem de tal não estivesse informado, bem o consideraria uma autobiografia do poeta. Muito esóterica e filosófica, na verdade, mas este era um traço da personalidade da personagem que a autora bem soube captar.Poderão alguns ter receio de se abalançar à leitura deste livro, temendo que seja um monólogo comprido, enfadonho e cansativo. Garanto que não é. Para além da constante intromissão no monólogo dos heterónimos que acompanharam Fernando Pessoa ao longo da sua vida (uns durante mais anos, outros menos), a autora apresentou-nos passagens de diálogos e troca de ideias (até piropos) com os heterónimos, especialmente o Engenheiro Álvaro de Campos, que o acompanhou até à hora da morte e o ajudou a libertar-se do fardo da vida terrena.Através da prosa de Sónia Louro, ficamos a conhecer a personalidade de Fernando Pessoa: a sua timidez mórbida, a sua dificuldade de relacionamento com os outros e de amar, o seu racionalismo, os seus traumas, o seu receio constante de enlouquecer, a sua incapacidade de se dedicar a uma coisa de cada vez, o que o impossibilitou de terminar aquilo que começava e mostrar ao mundo a sua extraordinária produção literária. Sendo um desadaptado permanente, refugiou-se nas várias personalidades que criou para si próprio, nas quais sublimava as suas frustrações. Porém, tal não foi suficiente e, infelizmente, acabou refém do alcoolismo que apressou o fim dos seus dias. Tudo isto nos é relatado neste livro com uma tal nitidez, que nós, leitores, quase acabamos a sentir-nos na pele de Fernando Pessoa, a sofrer com ele e a querer levá-lo pela nossa mão, como criança que, no fundo, ele nunca deixou de ser até à morte.Podia salientar várias passagens que mais me marcaram, mas refiro somente a descrição da visita à Quinta da Regaleira, uma narrativa de grande lirismo, com esoterismo, suspense e erotismo à mistura. Verdadeiramente sublime.Depois do que fica dito, penso não ser necessário recomendar a leitura deste livro, que considero o melhor dos que li da autora. Read Less

Comentar

Siga-nos no Facebook
Facebook Pagelike Widget
Últimos Livros Comentados