Força do Desejo

FaceBook  Twitter  

 

 

 

Autora: Jess Michaels
Edição: Mar/2012
Páginas: 228
ISBN: 9789898228802
Editora: Quinta Essência

 

 

A noiva vai tentar libertar-se de todas as suas inibições…
Ao entrar na sua sétima temporada sem namorado, Beatrice Albright começa a entender que a sua beleza não compensa a sua personalidade irritável. Na qualidade de mulher desesperada que ninguém deseja, tem de procurar um homem com quem nenhuma outra pessoa casará: o desprezado e misterioso marquês Highcroft, Gareth Berenger. Correm boatos de que ele é um assassino, mas Beatrice tem mais receio de ficar uma velha solteirona na companhia da mãe, do que da obscura reputação de Berenger.

Contudo, embora se sinta intrigado pela sedutora proposta da jovem, também ele tem uma proposta a fazer. Dotado de gostos particulares, não casará com nenhuma mulher incapaz de os satisfazer. A sua noiva tem de ser aventureira, sem medo de nada e ansiosa por experimentar todas as paixões e prazeres imaginários, por mais chocantes e proibidos que possam parecer. Se Beatrice concordar em tentar a experiência – se conseguir eliminar todas as suas inibições – os dois casarão.
Por conseguinte, os dados estão lançados enquanto Beatrice e Gareth embarcam num percurso erótico onde o perigo os espreita a cada curva, rumo a um mundo de êxtase, onde nada é proibido… nada é negado.

Autora:

Jess Michaels escreve desde o dia fatídico em que o marido lhe disse: «Só és realmente feliz quando estás a escrever. Porque não fazes isso?» Em Novembro de 2003, o seu trabalho (e vários baldes de lágrimas) compensaram quando ela fez a sua primeira venda à editora Red Sage.
Jess tem sido apelidada de «estrela do romance sensual», e o seu trabalho foi descrita como «demasiado quente para largar». Também escreve romances históricos como Jenna Petersen.
É conhecida das leitoras pelo seu popular site para aspirantes a escritoras, The Passionate Pen.
Casada com o seu herói desde 1997, Jess vive no Midwest dos Estados Unidos.

Saiba mais em www.authorjessmichaels.com

Comentários  

 
#6 Sónia 2012-07-30 15:01
Um livro que, por muito que não se queira admitir, é igual a tantos outros com muitas seguidoras...

A estória é demasiado previsível. Uma irmã solteirona, que quer sair das garras da mãe, custe o que custar, encontra no casamento com alguém mal visto pela sociedade a oportunidade para tal, desde que cumpra um acordo prévio. De realçar que a protagonista é tida e descrita como arisca, mas nunca, em parte alguma, usa essa caraterística para negar as coisas ditas chocantes propostas pelo seu futuro marido...

O resto já podem adivinhar: pouco sumo e muito sexo, numa linguagem bastante acessível e quase tirada a papel químico de outras obras similares...
 
 
#5 Célia Loureiro 2012-07-05 08:45
Penso que a autora não tem imaginação alguma. Enganou-me durante o livro todo. Estava à espera de uma profundidade que nunca veio...

Portanto, Beatrice Albright é a terceira irmã, a que sempre se sentiu posta de lado pela mãe e irmãs. Gareth é o marquês de Highcroft e foi acusado de matar a primeira mulher. Beatrice mal pode esperar para se ver livre da mãe e atira-se de cabeça a outro tipo de domínio.

Gareth é terno, às vezes, e esse é o motivo pelo qual não dou 2 ao livro. Quanto a Beatrice diz-se que é arisca e determinada, e impossível de dobrar durante o livro todo, mas nunca a vi a resistir-lhe ou a recusar as coisas CHOCANTES que os dois fazem (chocantes para literatura, claro).

Basicamente, é outro romance igual a muitos, com a diferença de que a Jess é previsível e a sua vontade de chocar só foi bem-sucedida porque este é apenas o segundo livro dela que li - e ela, realmente, vai mais longe do que qualquer outro autor em cenários de cama. No entanto, senti-me envergonhada por ter comprado o livro e por tê-lo lido tão rapidamente. Acho que posso culpar as poucas páginas e a leveza geral. A verdade é que o livro é só sexo - tem muito pouco conteúdo. Não penso que volte a lê-lo.
 
 
#4 Lurdes Graça Pereira da Silva 2012-05-19 23:35
Beatrice e Gareth estão ambos excluídos da sociedade e precisam de casar.
Quando Beatrice lhe faz uma proposta de casamento, ele diz-lhe que apenas aceitará se forem sexualmente compatíveis.
Gareth aparece-nos como uma personagem depravada.
Mas o que Jess Michaels nos descreve é uma relação plena de satisfação entre um homem e uma mulher em sintonia, sem tabus, que desfrutam de uma sexualidade sem limites.
A sua descrição é fantástica.
Recomendo a leitura deste livro a toda gente. Pode ser muito útil.
 
 
+1 #3 Joana Cardoso 2012-05-18 20:10
Este é um livro para quem quer descontrair e ao mesmo tempo mergulhar em sensualidade.

É uma história simples, com uma linguagem simples. Beatrice precisa urgentemente de casar, para poder deixar de ser solteirona e viver com a mãe, e encontra em Highcroft uma oportunidade para que isso aconteça.

Apesar de o livro ser muito baseado no romance e nas cenas de sexo escaldante entre os dois protagonistas, a verdade é que a caracterização não foi deixada ao acaso e temos personagens bastante completas, com personalidades fortes, mas também com medos, como qualquer pessoa.

Um livro muito agradável para passar momentos descontraídos e sensuais. Gostei.
 
 
#2 Joana Nunes 2012-04-27 12:42
Beatrice Albright, considerada por muitos uma megera devido ao seu mau feitio, encontra-se na sua sétima temporada e completamente desesperada.
Ao ver todas as suas irmãs mais velhas casadas e, agora, a mais nova a iniciar-se na busca de um marido, Beatrice resolve tomar a seu cargo a escolha de um marido. Mas sendo renegada pela sociedade inglesa, que homem a quererá?
Eis que surge Gareth, de volta ao círculo inglês e em busca de uma nova esposa, como favor à sua falecida avó.
Gareth fora antes casado com Laurel, mas esta suicidou-se e todos atribuem as culpas a Gareth, até ele mesmo, devido aos seus gostos sexuais deveras alternativos.
Ciente da reputação de Gareth, Beatrice decide propor-lhe casamento. Mas Berenger não se limita a aceitá-la, decide testar a jovem e convida-a para passar uns dias com ele numa das suas propriedades, onde poderá pôr em prática todos os seus desvarios sexuais com a bela aristocrata, de forma a reconhecer se existe possibilidade de um futuro entre ambos.
Mas inimigos do passado aproveitam esta oportunidade para castigarem Gareth, usando Beatrice como objecto de vingança.
Irá Beatrice submeter-se aos caprichos de Gareth e, assim, demonstrar-lhe que poderá ser uma boa esposa para ele?
Conseguirá Gareth manter a sua relação com Beatrice estritamente física? Irão esses velhos inimigos levar a sua avante?
Quem leu "Tabu" cedo perceberá que este livro segue a mesma linha, ou seja, muita acção na cama e pouca estória.
Mas não é de todo desprovido de romantismo, embora, pelas poucas páginas, fosse impossível mais.
Para uma dimensão tão limitada, Jess Michaels porta-se muito bem, tal como no livro anterior. Cria personagens sólidas e cativantes, aliando-as a uma estória rica em pormenores estimulantes e romantismo q.b.
A linguagem, crua por vezes, contrasta com os floreados, mas até esse facto se torna uma benesse para a trama, criando momentos de maior entusiasmo para o leitor.
Embora não tenha nada de novo ou digno de ficar na memória, "Força do Desejo" é uma leitura leve e ideal para estes dias solarengos que se avizinham.
Recomendo aos mais atrevidos e sem tabus.
 

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • A Recriação do Mundo
    Não é segredo que a Alemanha e a URSS correram contra o tempo e contra os Estados Unidos da América para ...
  • 22.09.2019 13:21
  • Hugo Chávez, o colapso da Venezuela
    Gosto de estar bem informado e não fazer juízos sem conhecimento de causa. O governo da Venezuela tem ...
  • 02.09.2019 14:09
  • Autobiografia
    "Autobiografia" , o novo romance de José Luís Peixoto, é o 3º livro que leio deste autor. Os anteriores ...
  • 18.08.2019 17:41

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

“Um livro aberto é um cérebro que fala; fechado, um amigo que espera; esquecido, uma alma que perdoa; destruído, um coração que chora.”
Rabindranath Tagore