Hei-de Amar-te Mais

Autor: Tiago Salazar
Edição:
Mai/2013
Páginas: 136
ISBN: 9789897410550
Editora: Oficina do Livro

 

 


Hei-de amar-te mais
é o diário íntimo de um escritor em viagem. Os destinatários são a sua mulher e os seus filhos e todos os que acreditam no amor como uma forma de atravessar a vida e o mundo. É também um livro de fragmentos, memórias, pensamentos, confissões, a par de diálogos com gente comum e grandes autores universais, como Pablo Neruda, Rabindranath Tagore ou Clarice Lispector, que lhe falam do amor em que se revê.

Uma escrita sensível e delicada onde se impõem emoções intensas e contraditórias na vida de um viajante tantas vezes solitário.

Autor – Tiago Salazar

Autor:

Tiago Salazar nasceu em Lisboa em 1972. Formou-se em Relações Internacionais e estudou Guionismo e Dramaturgia em Londres. É mestrando em Estudos Brasileiros, na Faculdade de Letras de Lisboa.
Trabalha como jornalista desde 1991, tendo publicado, entre outros títulos, no Diário de Notícias, Grande Reportagem, Vogue e na revista Egoísta.
Foi vencedor do prémio Jovem Repórter do Centro Nacional de Cultura, em 1995. Em 2010 foi bolseiro da Fundação Luso-Americana, em Washington, ao abrigo da Bolsa José Rodrigues Miguéis.
Actualmente é jornalista freelancer, guia de “Viagens Literárias” e formador na área da escrita e literatura de viagens. É ainda autor e apresentador do programa «Endereço Desconhecido», da RTP2.

Saiba mais em tiagosalazar.com
Siga a Página do autor no Facebook

2 comentários
0 likes
Anterior: Improváveis no SofáSeguinte: Desamor

Comentários

  • Helena

    Novembro 16, 2013 às 18:32
    Responder

    Um hino ao Amor. São cartas de um viajante que nunca deixa a mulher que ama, quando se afasta. Declarações de amor solto, como os pensamentos expressos que transbordam em exaltadas palavras. Belo e inspirado, um homem sem medo dos sentimentos. Profundamente honesto. Inspirado diário íntimo.

  • Sónia

    Julho 6, 2013 às 22:36
    Responder

    Difícil encontrar adjectivos para este livro... Não andarão muito longe de [b]ousado[/b], [b]corajoso[/b], [b]honesto[/b], [b]sentido[/b]....Mal o comecei, tive bastante dificuldade em largá-lo; o mesmo se pode dizer da dificuldade em retirar de lá frases que me inspirem (tenho esse hábito quando o livro vale a pena). Aqui, todo o livro serve de inspiração. Relatado em forma de diário, [i]Hei-de Amar-te Mais[/i] é uma declaração de Amor, não só pela Mulher, mas também pela Vida. É um exercício raro nos dias de hoje... Vivendo nós numa sociedade em que a palavra de ordem é [b]crise[/b], é maravilhosa (e porque não assombrosa...) […] Ler Mais...Difícil encontrar adjectivos para este livro... Não andarão muito longe de [b]ousado[/b], [b]corajoso[/b], [b]honesto[/b], [b]sentido[/b]....Mal o comecei, tive bastante dificuldade em largá-lo; o mesmo se pode dizer da dificuldade em retirar de lá frases que me inspirem (tenho esse hábito quando o livro vale a pena). Aqui, todo o livro serve de inspiração. Relatado em forma de diário, [i]Hei-de Amar-te Mais[/i] é uma declaração de Amor, não só pela Mulher, mas também pela Vida. É um exercício raro nos dias de hoje... Vivendo nós numa sociedade em que a palavra de ordem é [b]crise[/b], é maravilhosa (e porque não assombrosa...) esta declaração de Amor. Exercício também corajoso por revelar um lado mais íntimo, mais pessoal e que facilmente poderia resvalar para um lado "perigoso". Até nisso Tiago Salazar foi exímio. Conseguiu "anular" esse lado, dando uma estrutura muito própria a cada frase. Cada uma delas "respira" beleza, tanto no conteúdo como na forma como é apresentada. Não pense o leitor que esta é uma obra lamechas ou algo do género. É uma obra escrita com a Alma, em que cada palavra é vivida, sentida e transmitida duma forma absolutamente generosa. Há também espaço para o relato do lado mais "negro" da vida, no que diz respeito às preocupações diárias e que são comuns à maioria de nós. Sendo também este livro uma ode à Vida, pareceu-me bem que o seu lado menos "agradável" também estivesse presente. Porque a Vida é assim mesmo...Com excertos de textos de Clarice Lispector, Pablo Neruda e Rabindranath Tagore, [i]Hei-de Amar-te Mais[/i] é uma reflexão do autor, enquanto viajante, sobre o que sente e o que o inspira. Obra absolutamente inspiradora. Faz-nos acreditar que, afinal, Vinicius de Moraes estava errado e que, afinal, o Amor é mesmo eterno... Read Less

Comentar

Siga-nos no Facebook
Facebook Pagelike Widget
Últimos Livros Comentados