História da Madeira - Século XIX - O caminho do Liberalismo

FaceBook  Twitter  

 

 

Autor: Rui Carita
Género: História
Coleção: História da Madeira (Vol. V)
Edição: Dez/2019
Páginas: 316
ISBN: 9789895436163
Editora: Imprensa Académica

 


O século XIX representou uma etapa crucial da História da Madeira. Primeiro, com as ocupações britânicas, no quadro das Guerras Napoleónicas; depois, com a transferência da corte para o Brasil e as revoluções liberais que mudaram drasticamente o panorama político em Portugal e na Europa, encerrando o denominado Antigo Regime.
Este século também foi marcado por profundas alterações políticas e, no caso da Madeira, pelas crises económica e social advindas das pragas da vinha, até então a principal produção da Ilha, e pela progressiva adaptação das estruturas de apoio ao turismo terapêutico e, depois, de lazer.

O início do século XIX representa, ainda, a configuração e a consolidação de uma consciência política insular, de que se foram queixando sucessivamente os governadores, os prelados, os corregedores e os provedores.
A Madeira foi assim o primeiro local, fora do continente, a apoiar a revolução liberal do Porto e de Lisboa, logo enviando representantes às novas Cortes Constituintes e, em 1882, a eleger um deputado republicano, Manuel de Arriaga, que, quase 30 anos depois e implantada a República, seria o seu primeiro Presidente.

Autor:

Rui Carita é professor catedrático de Arte e Design da Universidade da Madeira, onde exerceu funções de vice-reitor e pró-reitor para a área de projetos científicos. Foi professor convidado da Universidade de Pisa, em Itália, e assessor para a recuperação de património na Universidade de Santa Catarina, no Brasil. Em 2013 editou, em parceria com a Associação Académica da Universidade da Madeira, a obra Colégio dos Jesuítas - Memória Histórica, o que constitui o primeiro passo para a abertura do antigo Colégio dos Jesuítas do Funchal ao público. Em 2012 foi convidado a integrar um projeto similar, no sultanato de Sarjah, nos Emirados Árabes Unidos, que envolveu trabalhos de arqueologia nas antigas fortalezas portuguesas do Golfo da Arábia. Tem orientado teses de mestrado e de doutoramento em universidades portuguesas, italianas, espanholas e marroquinas, onde também tem integrado júris, especialmente nas áreas do Património Edificado, da Arquitetura e Urbanismo, da Arqueologia e das Artes Decorativas. É autor de cerca de 50 livros e 200 catálogos, além de roteiros de comunicações editados em várias línguas. Em 2010, foi editado o seu Roteiro Republicano, referente à Madeira e, em 2008, vários trabalhos sobre a história da cidade do Funchal, pela comissão Funchal 500 anos, responsável pelas celebrações do 5.º centenário da elevação do Funchal a cidade, e pelos CTT - Correios de Portugal.

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • A Luz de Pequim
    Apesar de ter vários livros do autor na estante, ainda não tinha tido a oportunidade de ler qualquer ...
  • 15.01.2020 13:56
  • As Ideias Políticas e Sociais de Jesus Cristo
    Este "breve opúsculo", como o autor avisa na introdução, é um breve "mas claríssimo ensaio" sobre ...
  • 29.12.2019 19:47
  • A Noite em que o Verão Acabou
    Pedro Taborda era um adolescente cuja família, a exemplo de muitas famílias portuguesas, tinha uma ...
  • 10.12.2019 14:38

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"Árvores são poemas que a terra escreve para o céu. Nós as derrubamos e as transformamos em papel para registar todo o nosso vazio."
Khalil Gibran