Mal por Mal, Antes Pombal

FaceBook  Twitter  

 

 

Autor: José Jorge Letria
Género: História de Portugal
Edição: Jun/2019
Páginas: 176
ISBN: 9789897024597
Editora: Guerra & Paz

 

 


Poucas figuras da História de Portugal suscitam tanta controvérsia. Para alguns, foi um déspota cruel; para outros, um governante iluminado; para quase todos, o político determinado e pragmático que reconstruiu Lisboa depois do terramoto de 1755.

Este livro dá voz a Pombal e a uma boa parte daqueles que o amaram e odiaram, numa memória única. Uma história empolgante, que permite conhecer uma época de luzes e sombras, glórias e catástrofes, e os enigmas de uma figura polémica, viva, grande e contraditória.

Deste autor no Segredo dos Livros (excepto juvenis):
Entre Cães e Gatos - Os animais da minha vida
D. Dinis, Um Destino Português
A Volta ao Medo em Oitenta Dias
Um Amor Português
Refugiados - 50 Vidas sem Pátria e com História
Manuel Maria Carrilho: Ser Contemporâneo do Seu Tempo
Grandes Histórias de Amor
Quem Assim Falou - Grandes Frases de Todos os Tempos
A História Pelo Buraco da Fechadura

Autor:

José Jorge Letria, nascido em 1951, autor de uma vasta obra literária que começou a ser publicada em livro em 1973, é um dos mais destacados criadores de livros para crianças e jovens em Portugal, com numerosos prémios recebidos. Traduzido para mais de dez idiomas, recebeu dois Grandes Prémios da Associação Portuguesa de Escritores, dois prémios Eça de Queirós - Município de Lisboa, o Prémio Internacional UNESCO, o Prémio Nacional «O Ambiente na Literatura Infantil» (três vezes), o Prémio Aula de Poesia de Barcelona, o Prémio da Associação Paulista de Críticos de Arte e ainda o Prémio da Fundação Nacional do Livro Infantil (Brasil).
Integrou, com José Afonso, Adriano Correia de Oliveira e Manuel Freire, entre outros, o movimento da canção de resistência, tendo sido agraciado em 1997 com a Ordem da Liberdade.
É presidente da Direção e do Conselho de Administração da Sociedade Portuguesa de Autores, presidente do Comité Europeu da Confederação Internacional de Sociedades de Autores e Compositores e membro da Direção do Grupo Europeu de Sociedades de Autores e do Comité Executivo do Writers and Directors Worldwide.

Saiba mais em www.josejorgeletria.net

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • Crash
    Depois de ter lido "Arranha-Céus" de J. G. Ballard, um romance que me deixou a pensar seriamente nos ...
  • 10.07.2019 22:32
  • Amantes de Buenos Aires
    Amantes de Buenos Aires, o novo romance de Alberto S. Santos, baseia-se numa história real e segue a ...
  • 08.07.2019 16:24
  • 25 de Abril, Corte e Costura
    Este livro é exatamente o que eu esperava dele: uma sucessão de quadros em que se ridiculariza a ...
  • 28.04.2019 21:03

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"Algumas obras morrem porque nada valem; estas, por morrerem logo, são natimortas. Outras têm o dia breve que lhes confere a sua expressão de um estado de espírito passageiro ou de uma moda da sociedade; morrem na infância. Outras, de maior escopo, coexistem com uma época inteira do país, em cuja língua foram escritas, e, passada essa época, elas também passam; morrem na puberdade da fama e não alcançam mais do que a adolescência na vida perene da glória. Outras ainda, como exprimem coisas fundamentais da mentalidade do seu país, ou da civilização, a que ele pertence, duram tanto quanto dura aquela civilização; essas alcançam a idade adulta da glória universal. Mas outras duram além da civilização, cujos sentimentos expressam. Essas atingem aquela maturidade de vida que é tão mortal como os Deuses, que começam mas não acabam, como acontece com o Tempo."
Fernando Pessoa, in Heróstrato