Marta

FaceBook  Twitter  

 

 

Autor: PJ Vulter
Género: Romance
Edição: Jun/2017
Páginas: 172
ISBN: 9789897661280
Editora: Coolbooks

 

 


Peixelim, verão de 1972. Todos se preparam para as festas da Vila e Teresa aguarda, ansiosa, o reencontro com os primos, Maria Alva e Rodrigo.
Teresa sempre viveu sob a sombra de Marta, a irmã que nunca conheceu, falecida 20 anos antes. Ao completar 16 anos, tudo piora. De repente, Marta parece ressuscitar para a atormentar ainda mais. Ela era uma assombração para toda a família, mas, inexplicavelmente, nunca se falava dela.

Toda a esperança de Teresa estava naquele alento que os primos lhe davam, nas festividades. Mas, nesse ano, nem eles conseguirão valer-lhe; Marta, e tudo o que ela significa - seja la isso o que for -, está de regresso para atormentar a sua vida.
Marta leva-nos aos últimos tempos do Estado Novo e ao clima de suspeição e opressão reinantes. Este belíssimo romance retrata um modo de vida que para a maioria dos jovens de hoje nunca existiu, mas é parte da nossa História recente… E é bom lá voltar, de vez em quando, para sabermos dar valor à liberdade que temos.

Extrato disponível aqui.

Nota: Os livros da Coolbooks não estão à venda nas livrarias físicas. Pode comprar em Wook.pt, Bertrand.pt e Espaço Professor.

Autor:

PJ Vulter é o pseudónimo de um autor português. Nascido em 1973, cresceu entre o Alentejo e a Grande Lisboa, formou-se em Humanidades e, ainda que dedique o seu dia a dia às Finanças, é na escrita ficcional que se realiza.
Não é um escritor de género; não está vinculado a um estilo de história. O género surge no momento em que a história se começa a desenhar na sua mente - no mesmo momento em que a sua aventura começa. Para já, é assim que PJ Vulter se apresenta. Num próximo livro, mais se revelará.

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • A Profecia de João XXIII
    O mito da Atlântida tem apaixonado a humanidade desde o tempo de Platão, um filósofo grego que viveu ...
  • 18.06.2017 09:45
  • O Homem Domesticado
    E se os papéis se invertessem e passasse a ser a mulher a mandar? Se o homem fosse inferior à mulher ...
  • 06.06.2017 09:33
  • Convergente
    Convergente foi, até agora, um dos melhores livros que jamais li. O enredo é viciante e nada do ...
  • 26.05.2017 21:01

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"É preciso ter chorado para imortalizar o riso no livro, na estrofe, na sentença, na palavra."
Camilo Castelo Branco in A mulher fatal