Morte na Aldeia

FaceBook  Twitter  

 

 

 

Autora: Caroline Graham
Coleção: Crime à hora do Chá (1º vol.)
Edição: Abr/2013
Páginas: 312
ISBN: 9789892323107
Editora: ASA

 

 

Badger’s Drift é a típica aldeia inglesa onde todos se conhecem e, aparentemente, nada acontece. Tem um vigário, um médico desastrado, umas quantas figuras excêntricas e uma solteirona amorosa, famosa pelas suas bolachas caseiras. Mas quando a velhinha morre subitamente, a sua melhor amiga não se conforma. Ela sabe que aquela morte não foi natural.

O inspector-chefe Barnaby e o incansável sargento Troy não têm alternativa senão investigar. E o lado sombrio da pitoresca aldeia começa lentamente a ser revelado. Perante velhos ressentimentos e novas rivalidades, ódios intensos e paixões dissimuladas, Barnaby está cada vez mais alarmado. Infelizmente, um segundo e hediondo crime vai confirmar as suas piores suspeitas.
Morte na Aldeia, de Caroline Graham, foi considerado um dos 100 Melhores Policiais de Sempre pela Crime Writers’ Association.

Morte na Aldeia é o primeiro volume da nova coleção CRIME À HORA do CHÁ que a ASA dedica a todos os fãs do romance policial britânico.
O segundo volume da coleção Crime à Hora do Chá intitular-se-á O Estrangulador de Cater Street, de Anne Perry. O primeiro mistério do casal de detectives Charlotte e Thomas Pitt será lançado pela ASA em Junho.

Autora:

Caroline Graham nasceu em 1931, no Reino Unido. É autora de uma obra vasta e diversificada, que contempla peças de teatro, guiões para televisão e rádio, romances e livros infantis.
A sua carreira alcançou notoriedade internacional graças aos romances policiais protagonizados pelo inspetor-chefe Barnaby, que deram origem à série televisiva Midsomer Murders.

Comentários  

 
#5 sofia 2013-07-29 18:24
Morte na Aldeia podia ter sido escrito por Agatha Christie. Se tivesse lido o romance sem informação sobre o seu autor, diria que podia efectivamente ter sido uma obra escrita pela Rainha do Crime.

Um livro de mistério engenhoso que nos prende desde a primeira página e nos faz descobrir o que se esconde por detrás de uma pacata aldeia Inglesa.
 
 
#4 Lurdes Graça Pereira da Silva 2013-06-30 22:44
A história é fantástica, assim como a forma como as personagens são apresentadas e se desenrola toda a acção.

Tudo começa com a morte duma octogenária, a Miss Simpson. Aparentemente tudo indica uma morte natural. Mas a sua melhor amiga não se conforma e consegue captar a atenção do inspector-chefe Barnaby.

Afinal, como a própria autora diz, «uma aldeia inglesa nunca dorme». E Badger's Drift tem mais segredos do que pode parecer. Vamos caminhando através da história e nada é o parece ser.

Chegamos ao final muito surpreendidos, como é necessário num excelente policial.

Não conhecia a autora, mas vou passar a estar atenta aos seus próximos livros.
RECOMENDO.
 
 
#3 Ana Barbosa 2013-06-21 09:05
Morte na Aldeia é, quanto a mim, um policial escrito de uma forma tão envolvente que se chega mesmo a assemelhar aos escritos por uma das minhas autoras preferidas, Agatha Christie.
Nada melhor que iniciar um livro logo num momento de suspense e mistério... Mrs. Simpson encontrava-se na floresta em busca de uma flor rara, quando vê um jovem casal de amantes. Chocada com o que acaba de presenciar, corre para casa e pensa com quem poderá partilhar tamanha informação. No dia seguinte, é encontrada morta em casa.
Numa aldeia pequena, com cerca de 300 habitantes, tudo se sabe e, por vezes, veem-se coisas que podem levar a descobertas inesperadas. Mas a descoberta do assassino não será fácil para o Inspector-chefe Barnaby e para o Sargento Troy, pois as respostas estão nos sítios mais inesperados.
Um livro que aconselho, recheado de suspense, mistério e intriga.
 
 
#2 Liliana Patrícia Pereira Pinto 2013-05-31 14:17
Gostei muito deste livro!
Tenho de confessar que não sou grande fã de policiais, mas este livro cativou-me de uma forma muito particular.
Posso começar por falar da capa: chamativa, muito bem construída e aquela senhora ali é muito requintada (talvez um pouco anos 50, 60). Tenho de admitir que foi a capa que me chamou a atenção para a leitura deste livro. E quando li que foi considerado um dos 100 melhores policiais de sempre pela Crime Writers’ Association, ainda fiquei com mais vontade.

A história está muito bem construída, com diálogos e descrições em igual medida (o que tornou a leitura fácil). Existe um leque considerável de personagens e, claro, a personagem principal. O inspector Barnaby é um homem inteligente e metódico que pegou numa investigação em que poucos acreditavam. Gostei muito do inspector, mas também gostei do Sargento Troy e da sua enorme vontade de agradar.

É um livro muito bem conseguido e estou ansiosa pela publicação dos próximos volumes. É uma série a seguir, com certeza.

Recomendo.
 
 
#1 Joana Cardoso 2013-05-14 20:10
Morte na Aldeia é a primeira investigação do Inspector-chefe Barnaby que temos oportunidade de seguir. Não que seja, efectivamente, a sua primeira investigação.

Tudo se passa numa pequena aldeia, em que tudo e todos parecem pacatos e perfeitos. No entanto, ao longo de toda a história, apercebemo-nos de que cada personagem tem uma mente ligeiramente retorcida e cheia de segredos. Isto dá, definitivamente , outra cor ao livro.

A escrita da autora é simples, mas cativante. O livro lê-se de uma só assentada e a autora tem a capacidade de nos trocar as voltas de uma forma subtil.

Quanto às personagens, infelizmente não consigo ser muito específica, mas fiquei com a sensação de que faltava ali qualquer coisa. A personagem que mais me interessou foi a Miss Bellringer, e nem sequer é das mais desenvolvidas. Gostei também do Barnaby, mas a verdade é que não me convenceu por completo. E o seu ajudante, Troy, então esse não me disse mesmo nada.

No entanto, foi uma leitura agradável que me deixou suficientemente curiosa para ler os próximos livros. Esperemos que sejam melhores, pois penso que o Barnaby poderá crescer imenso enquanto personagem e vir a tornar-se uma das minhas preferidas.
 

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • A Recriação do Mundo
    Não é segredo que a Alemanha e a URSS correram contra o tempo e contra os Estados Unidos da América para ...
  • 22.09.2019 13:21
  • Hugo Chávez, o colapso da Venezuela
    Gosto de estar bem informado e não fazer juízos sem conhecimento de causa. O governo da Venezuela tem ...
  • 02.09.2019 14:09
  • Autobiografia
    "Autobiografia" , o novo romance de José Luís Peixoto, é o 3º livro que leio deste autor. Os anteriores ...
  • 18.08.2019 17:41

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"Quando lemos, conseguimos viajar para muitos lugares, encontrar muitas pessoas e conhecer o mundo. Também podemos aprender a lidar com os problemas que tenhamos, instruindo-nos com as lições do passado."
Nelson Mandela