Nunca Te Perdi

Autor: Linda Howard
Edição/reimpressão: 2009
Páginas: 288
Editor: Saída de Emergência
ISBN: 9789896371029

Leia aqui um excerto do livro

Milla Edge mudou-se recentemente para o México, onde o seu marido David, foi colocado como médico. A vida deles é um sonho. Acabaram de ter o primeiro filho, e estão tremendamente apaixonados. Ambos se deliciam com a nova vida, e Milla está no auge do seu brilho maternal quando lhe roubam o bebé Justin das suas próprias mãos. Uma década mais tarde, Milla é uma mulher diferente. O casamento há muito que terminou e a sua vida é totalmente dedicada à Organização Não Governamental que lidera: Finders.

 À caça de criminosos, ela percorre os lugares mais desoladores do mundo à procura de crianças raptadas (incluíndo o seu filho que nunca aceitou perder). Dois homens cruzam o seu caminho: True Gallagher, um dos grandes mecenas da sua instituição, e Diaz um perigoso mercenário, tão interessante como misterioso.
Quanto mais Milla se aproxima das respostas, maiores são os perigos que enfrenta. E ninguém brinca com os cabecilhas das redes de tráfico infantil.

7 comentários
0 likes
Anterior: Mil e Um FantasmasSeguinte: Fama Mortal

Comentários

  • Joana Caires

    Abril 4, 2010 às 23:27
    Responder

    Nunca te perdi é um livro emocionante!!! Não é o expoente máximo da escrita mas é cativante, estimulante e sobretudo, muito comovente. O poder desta história reside no amor de mãe de Milla que nunca desistiu de encontrar o filho, Justin, o recém-nascido que lhe foi arrancado dos braços. Sacrifica tudo na sua busca: o seu casamento e a sua família. Na sua caminhada, Milla cria a Finders, uma organização que procura pessoas desaparecidas. Após dez anos incansáveis, ela encontra finalmente, uma pista sólida. Um nome, Diaz. Ele é um homem enigmático e será o detonador de uma investigação sinuosa […] Ler Mais...Nunca te perdi é um livro emocionante!!! Não é o expoente máximo da escrita mas é cativante, estimulante e sobretudo, muito comovente. O poder desta história reside no amor de mãe de Milla que nunca desistiu de encontrar o filho, Justin, o recém-nascido que lhe foi arrancado dos braços. Sacrifica tudo na sua busca: o seu casamento e a sua família. Na sua caminhada, Milla cria a Finders, uma organização que procura pessoas desaparecidas. Após dez anos incansáveis, ela encontra finalmente, uma pista sólida. Um nome, Diaz. Ele é um homem enigmático e será o detonador de uma investigação sinuosa e perigosa. Apesar de o livro ser previsível, a história de Milla é suficiente para satisfazer o leitor. As dúvidas, a sensação de culpa, a angústia da mãe que perdeu o filho interrogou-me. O que eu faria se fosse Milla? O que faria se desaparecesse um ente querido? Continuaria a luta mesmo tendo perdido batalhas? Linda Howard é hábil a dominar os sentimentos das personagens e a conjugá-los com temáticas actuais como o tráfico infantil ou de órgãos. Uma leitura compulsiva que foge a alguns estereótipos da típica literatura light. As personagens, em particular Diaz,têm um carácter dúbio com regras e valores que podem chocar o leitor.Um livro que me emocionou porque demonstra quão grande é o amor de uma mãe. Read Less

  • Vera Mouta

    Janeiro 8, 2010 às 21:51
    Responder

    Acho que este deve ser o livro mais tocante dela (pelo menos dos publicados em português).Trata de um tema complicado que é o rapto de crianças.Esta é a história de Milla, uma mãe a quem lhe raptam o filho e que faz tudo para o encontrar. Ela nunca desiste e cria uma organização para procurar pessoas desaparecidas, inclusive ela que anda a procura do filho mesmo passado alguns anos. Pelo meio há romance com um mercenário que a vai ajudar a encontrar o filho.E claro que o final é simplesmente fabuloso. Acho que é uma lição de vida para muitos […] Ler Mais...Acho que este deve ser o livro mais tocante dela (pelo menos dos publicados em português).Trata de um tema complicado que é o rapto de crianças.Esta é a história de Milla, uma mãe a quem lhe raptam o filho e que faz tudo para o encontrar. Ela nunca desiste e cria uma organização para procurar pessoas desaparecidas, inclusive ela que anda a procura do filho mesmo passado alguns anos. Pelo meio há romance com um mercenário que a vai ajudar a encontrar o filho.E claro que o final é simplesmente fabuloso. Acho que é uma lição de vida para muitos pais e o altruísmo que ela demonstrou com aquela situação. Read Less

  • Andreia Morgado

    Dezembro 25, 2009 às 1:26
    Responder

    Nunca Te PerdiMais um livro excelente desta autora, adorei.Uma história envolvente de Milla, uma mulher que nunca perde a fé de encontrar o seu filho e faz de tudo para o encontrar até mesmo envolvendo-se no mundo do tráfico de crianças e órgãos, onde conhece Diaz, um perigoso mercenário e a sua única esperança para encontrar o seu filho e para voltar a amar outra vez...Espero que continuem a publicar esta maravilhosa autora.

  • Roberta Gonçalves

    Julho 22, 2009 às 10:49
    Responder

    Este é o primeiro livro desta autora que eu li e simplesmente adorei!Milla tinha toda a felicidade do mundo, um casamento feliz e um filho recém nascido, mas tudo termina quando numa ida às compras o filho lhe é arrancado dos braços e ela fica gravemente ferida.O seu objectivo de vida passa a ser encontrar Justin a qualquer custo.Milla cria uma organização que procura pessoas desaparecidas, sobretudo crianças, o seu casamento acaba e todos acham que ela deveria segir com a sua vida e parar a busca incessante pelo filho já que é uma causa perdida.Um filho uma causa perdida???Milla […] Ler Mais...Este é o primeiro livro desta autora que eu li e simplesmente adorei!Milla tinha toda a felicidade do mundo, um casamento feliz e um filho recém nascido, mas tudo termina quando numa ida às compras o filho lhe é arrancado dos braços e ela fica gravemente ferida.O seu objectivo de vida passa a ser encontrar Justin a qualquer custo.Milla cria uma organização que procura pessoas desaparecidas, sobretudo crianças, o seu casamento acaba e todos acham que ela deveria segir com a sua vida e parar a busca incessante pelo filho já que é uma causa perdida.Um filho uma causa perdida???Milla não desiste e depois de muitas batalhas, algumas onde foi a perdedora, mostra a tudo e a todos o que é realmente ser Mãe.Fiquei verdadeiramente extasiada com esta MÃE, pois ser Mãe é Amor e foi isso mesmo que Milla demonstrou.Acho que muito boa gente deveria ler este livro e ver que uma criança não é um objecto que se disputa de forma fria e calculista, de forma egoista apenas pensando que "é a minha criança é comigo que deve ficar!".A nobreza dos actos de Milla encheram-me o coração.Para apresentação da Autora é um livro excelente! Read Less

  • Maria João

    Março 21, 2009 às 14:24
    Responder

    Gostei bastante deste livro, é sem dúvida Linda Howard no seu melhor.Quando o terminamos ficamos com uma sensação de paz, de dever cumprido. Tudo está bem quando acaba bem .

  • SUELI JANSEN ALONSO

    Fevereiro 26, 2009 às 15:08
    Responder

    Nunca Te PerdiEsse livro livro saiu no Brasil com o título de Reencontros.Adorei,assim como gosto de tudo que Linda Howard escreve,é uma autora de livros com argumentos fortes e neste, especialmente, denuncia o tráfico de crianças e órgãos, de uma maneira muito eficaz.Estou apaixonada por este site,sinto que estou próxima de pessoas que teem nos livros seu prazer maior.Grata, de coração.

  • Fátima Rodrigues

    Fevereiro 22, 2009 às 20:20
    Responder

    Adorei o livro. É tocante, cheio de acção e romance. É previsivel, mas sem deixar de nos cativar e entusiasmar. O final é de nos deixar com uma sensação de paz e satisfação, bem ao gosto das românticas. Fiquei com vontade de começar a ler o outro livro desta autora, publicado por cá pela SDE.

Comentar

Siga-nos no Facebook
Facebook Pagelike Widget
Últimos Livros Comentados
Tópicos recentes