O Deputado da Nação

FaceBook  Twitter  

 

 

Autores: Manuel da Silva Ramos, Miguel Real
Edição: Mar/2016
Páginas: 220
ISBN: 9789898760234
Editora: Parsifal

 

 

 

Umbelino Damião nasceu pobre. Ainda jovem, emigrou para Paris, onde viveu o Maio de 1968, andou pelo Brasil fugido de Faustina, uma compatriota por ele tomada de amores, e combateu em Moçambique, na Guerra Colonial. De regresso a Lisboa, sem trabalho, decide abrir um bordel, frequentado pela alta sociedade, onde conhece o futuro presidente do Partido. Por essa razão, decide entrar na política, sendo deputado durante várias legislaturas. Fora do Hemiciclo, faz negócios pouco transparentes com autarcas e chineses e inventa um creme de leite de burra que faz rejuvenescer as mulheres.

É um oportunista charmoso e um batoteiro simpático, os negócios prosperam, mas o seu grande sonho (ser porteiro do MoulinRouge) continua por cumprir. Um dia conhece o misterioso professor Souto e a sua vida mudará.
Idealizado por dois dos mais originais e consagrados escritores portugueses, O Deputado da Nação é uma maravilhosa mas implacável sátira à classe política e aos que em volta dela gravitam, sobrepondo os interesses pessoais aos da traumatroiquizada sociedade actual.

De Miguel Real no Segredo dos Livros:
A Cidade do Fim
A Ministra
Memórias de Branca Dias

Autor:

Manuel da Silva Ramos nasceu em 1947, na Covilhã, onde fez os seus estudos liceais.
Estudou Direito em Lisboa, mas, ao fim de quatro anos, abandonou a universidade e o país e exilou-se em França para fugir ao fascismo. Aos 21 anos, ganhou o Prémio de Novelística Almeida Garrett de 1968, instituído pela Editorial Inova e pela Portugália Editora, com Os Três Seios de Novélia. Na Dom Quixote estão publicados os seus livros Ambulância (2006), O Sol da Meia-Noite Seguido de Contos para a Juventude (2007), A Ponte Submersa (2007) e a reedição muito aguardada de Os Três Seios de Novélia (2008). Tem numerosos inéditos e a sua ficção, como disse um dia Ernesto Sampaio, é uma brisa fresca na literatura portuguesa.

Autor:

Miguel Real é o pseudónimo do professor e, também, escritor Luís Martins. Licenciado em Filosofia pela Universidade de Lisboa e Mestre em Estudos Portugueses pela Universidade Aberta, tem publicado ensaio, filosofia, teatro e romance, sendo ainda autor de vários manuais escolares e traduções de obras filosóficas de autores como Descartes ou Leibniz.
Recebeu o Prémio de Revelação nas áreas da Ficção e do Ensaio Literário da Associação Portuguesa de Escritores, o Prémio Ler/Círculo de Leitores e o Prémio Fernando Namora da Sociedade Estoril Sol, este último atribuído ao romance A Voz da Terra, também finalista do Prémio de Romance e Novela da APE.
Na área da ficção publicou, entre outros, os seguintes romances: A Verdadeira Apologia de Sócrates, A Visão de Túndalo por Eça de Queirós, Memórias de Branca Dias, A Voz da Terra, O Último Negreiro, O Sal da Terra, O Último Minuto na Vida de S., A Ministra, A Guerra dos Mascates, o Feitiço da Índia e A Cidade do Fim.
É colaborador permanente do JL, Jornal de Letras, Artes e Ideias, onde faz crítica literária.

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • A Morte do Papa
    Depois de ter lido todos os livros anteriores de Nuno Nepomuceno, este foi o primeiro em que tive ...
  • 24.02.2020 00:22
  • Pão de Açúcar
    Faz agora em fevereiro catorze anos que se deu um acontecimento que apaixonou o País e deixou os ...
  • 02.02.2020 22:44
  • Budapeste
    Este livro fala de uma profissão que muitos podem considerar ficção, mas é muito real e mais vulgar do ...
  • 18.01.2020 23:22

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

"O Homem e o escritor são a mesma pessoa. Mas este facto constitui a maior descoberta de um escritor. Precisei de muito tempo - e de quantas páginas escritas! - para chegar a essa síntese."
V.S.Naipaul, in O Enigma da Chegada.