O devir da lusofonia

Autora: Isabelle de Oliveira
Género: Sociologia
Edição: Fev/2020
Páginas: 144
ISBN: 9789720032737
Editora: Porto Editora

 

 

«Só partem para um país diferente para começar do zero as pessoas destemidas, que assumem o destino com as suas próprias mãos, orgulhosas e empreendedoras, sem implorar a ninguém o que quer que seja, nada exigindo e tudo construindo.» – José Rodrigues dos Santos, Prefácio
Respeitada pelo seu trabalho, pela sua dinâmica e pela sua integração exemplar nos tecidos sociais locais, a imagem da nossa diáspora está hoje bem longe da dos clichés do passado. Este livro abre-nos as portas da memória e da reflexão, é uma fonte de conhecimento, uma primeira tentativa de balanço, mas também uma obra contra o esquecimento – e esta é uma das suas maiores virtudes.

Esta nossa reflexão é também uma ferramenta essencial para instigar mentes inquietas, capazes de ir além na construção de um futuro que torne real uma verdadeira identidade lusófona renovada, moderna e progressista, da qual todos somos autores.
Assumamos a nossa quota-parte nessa reconfiguração do mundo. Podemos cimentar um espírito de solidariedade com base nos atos, que constitui a própria essência da Lusofonia, contribuindo para a afirmação e a difusão dos valores que a mesma veicula.

Autor – Isabelle de Oliveira

Autora:

Isabelle de Oliveira é professora efetiva de Ciências da Linguagem na Université de Paris-Sorbonne (Paris III), na qual tem exercido diversas funções de responsabilidade desde 2010 até ao presente.
Defendeu duas teses universitárias: uma primeira em Ciências da Linguagem, em 2005, na Université Lumière Lyon II, sob o título Nature et fonctions de la métaphore en science: l’exemple de la cardiologie, versando sobre a metáfora em ciência, nomeadamente no discurso médico e no Direito. Em 2014, defendeu uma segunda tese, também no domínio das Ciências da Linguagem, na Université de Paris-Sorbonne (Paris III), sob o título Discours scientifique et technique et figures de style, atingindo o mais alto grau de docência no sistema universitário francês, a Habilitation à diriger des recherches.
É orientadora de investigação (Ciências da Linguagem) na Université de Paris-Sorbonne (Paris III), na École Doctorale 268. É membro do Instituto de Ciências Cognitivas – o conceituado Centre National de Recherche Scientifique (CNRS) e tem criado redes internacionais de cooperação académica e científica na Europa, África, Ásia e América.
Organizou igualmente inúmeros seminários, colóquios e congressos, entre os quais se destaca o Congresso da Língua Portuguesa, em 2013. É autora de mais de 50 artigos sobre diversos domínios publicados em França, Portugal, Canadá, Brasil, Angola, Roménia, Itália, Egipto, Líbano, Dinamarca e Espanha, entre outros.
Apaixonada pela causa da promoção da língua portuguesa e das culturas lusófonas no mundo, as suas investigações e atividades giram em torno de quatro eixos: o mundo lusófono em toda a sua diversidade cultural e linguística; a sua democratização; a análise efetuada nas áreas geolinguísticas na qualidade de objetos da teoria das relações internacionais; e, por fim, a educação e a cooperação universitárias no mundo lusófono.

0 comentários
0 likes
Anterior: Gente Acenando Para Alguém Que Foge – LançamentoSeguinte: Eu, Cláudio

Comentar

Siga-nos no Facebook
Facebook Pagelike Widget
Últimos Livros Comentados
Tópicos recentes