O Homem da Carbonária

FaceBook  Twitter  

 

 

Autor: Carlos Ademar
Género: Romance histórico
Edição: Mai/2019
Páginas: 256
ISBN: 9789898760609
Editora: Parsifal

 

 

 

Um romance histórico pleno de suspense e ação que recupera o ambiente social e político ímpar da Primeira República
Nos anos finais da 1ª República, a instabilidade marcava o quotidiano do país. Certo dia, um ardina de O Século encontrou no Jardim da Estrela o corpo de Peres, segurança do presidente do Conselho. Quando o chefe Pratas assume a investigação do caso, apercebe-se de uma coincidência: quer Peres, quer o líder do Governo, eram membros da sociedade secreta Carbonária.

A investigação vai-se tornando mais perigosa quando se aproxima dos mais altos governantes. E, sobretudo, quando as razões para o crime confundem a investigação: a mulher do chefe de gabinete do presidente tinha uma relação extraconjugal? Eram os integralistas a vingar-se politicamente? Estariam ambições pessoais de camaradas na base do crime? Ou tudo não passava de uma simples tentativa de assalto com consequências imprevistas?
Recriação de uma cidade de outros tempos, de tabernas e carvoarias, de gente elegante a passear pelo recém-aberto Parque Mayer ou de greves e sublevações, O Homem da Carbonária é uma obra extraordinária que retrata fielmente o ambiente conturbado da 1ª República.

Deste autor no Segredo dos Livros:
Na Vertigem da Traição

Autor:

Carlos Ademar nasceu em Vinhais, em 1960. Em 1987 entrou para a Polícia Judiciária, onde exerce a atividade de investigador criminal na Secção de Homicídios. Colaborou na investigação de alguns dos mais célebres crimes ocorridos na Grande Lisboa, como os que ficaram conhecidos pelos nomes de "Skinheads" e "O Estripador". A licenciatura em História consuma uma paixão antiga. Resta ainda o sonho de uma viagem pelo Mediterrâneo para visitar as grandes cidades históricas por ele banhadas. O gosto pela escrita acompanha-o desde sempre. 
É autor dos romances O Caso da Rua DireitaO Homem da CarbonáriaEstranha Forma de VidaMemórias de Um Assassino RomânticoPrimavera AdiadaO Bairro e O Chalet das Cotovias. Integra ainda a obra Contos Capitais, coletânea de narrativas sobre cidades, com «As Últimas Chuvas do Ano em Bissau».

Saiba mais no blogue do autor.

Tem de iniciar sessão para submeter o seu comentário.

Últimas Opiniões

  • Crash
    Depois de ter lido "Arranha-Céus" de J. G. Ballard, um romance que me deixou a pensar seriamente nos ...
  • 10.07.2019 22:32
  • Amantes de Buenos Aires
    Amantes de Buenos Aires, o novo romance de Alberto S. Santos, baseia-se numa história real e segue a ...
  • 08.07.2019 16:24
  • 25 de Abril, Corte e Costura
    Este livro é exatamente o que eu esperava dele: uma sucessão de quadros em que se ridiculariza a ...
  • 28.04.2019 21:03

Últimos Tópicos

Uma Pequena Palavra...

 "A beleza é diferente para cada um de nós. É como a felicidade. Cada um tem o seu conceito de felicidade."
Fernando Sobral in O navio do Ópio